Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 5 de abril de 2012

GLORINHA AMADA



Faltam as palavras. Impera a tristeza. Mais um gol a favor dessa doença traiçoeira. Fico com o jogo, vividamente vivido por Glorinha, da vida eterna! Deixo aqui sua última postagem, em dezembro de 2011, quando ela diz do amor. Voa Glorinha... um dia a gente se Rê_encontra!


Hoje não quero falar da minha doença ou do que tenho passado ou sequer do que vem por aí...
Hoje quero falar de AMOR. Mas daquele AMOR no sentido mais amplo, mais abrangente, mais transformador.
Gostaria de dar um abraço muito apertado em cada um de vocês, meus amigos e amigas, que têm me mandado sua energia e pensamentos bons, na forma desse AMOR. Gostaria de acarinhar cada cabeça e encostar a minha em cada ombro, ser como um polvo de mil braços e abraçar apertado cada corpo, cada um/a que tem me deixado tão feliz e emocionada a cada vez que leio meus emails ou meu blog.
Passei aqui, rapidamente, para dizer que, apesar de tudo, não perdi a esperança. Que vou lutar, que vou enfrentar e que muito ainda terá que ser feito. Ou, quem sabe não? Quem sabe a cura será rápida e surpreendente?
Como já disse várias vezes, não tenho medo da morte em si, pois acho que a morte é um sono eterno (tomara que eu esteja enganada). Tenho medo e pena de ter que deixar a VIDA. Deixar meus filhos, meu marido, meus amigos, não conhecer meus netos, não fazer o que desejo...Mas enfim, isto não está nas minhas mãos. O que me cabe é ter esperança, enxergar um caminho que possa ser percorrido com a força que tenho em mim e mais o AMOR, ele de novo, que tenho recebido, como dádiva, de todos os meus amigos, amados, parentes.
Não sei como será meu Natal, pois estou impossibilitada de fazer qualquer coisa...o pessoal aqui de casa vai ter que se virar...fazer uma ceia, encomendar, sei lá eu o que eles farão. Nestas horas é que vejo como a dona da casa faz falta, seja para delegar ou fazer o que tem que ser feito. A mãe é a agregadora, como diz minha filha e sei, que estou fazendo falta...
Não vou pensar que este poderá ser o último Natal...vou imaginar sim, que todos vocês estarão ao meu lado neste dia 24/25 de dezembro. Que cada palavra, cada frase, cada mostra de amor por mim, estará aos pés da minha árvore iluminada ou entre seus galhos enfeitados, pendurados como prendas, alegrando o meu Natal.
Quero também, compartilhar um pouco da minha força e esperança, a quem, como eu, vem passando por momentos difíceis: NÃO DESISTAM! Enquanto há vida, há esperança. Olhem para a doença como um aprendizado e entreguem-se ao AMOR. Ao amor por si mesmos, principalmente, e deixem vir, entrar, tomar conta de todos os espaços, o amor dos outros. Ele é um bálsamo curativo, poderoso, que tudo pode.
E que o Natal de cada um de vocês, meus amigos, seja como o meu, cercado de AMOR verdadeiro, cheio de LUZ, celebrado com muita PAZ e UNIÃO.
Esse é o meu desejo. E que assim seja e esteja escrito nas estrelas.
Grande, enorme beijo a todos.

16 comentários:

  1. Rê,Boa Páscoa. Sem mais palavras desejo para sua amiga uma Boa Viagem e sinto que vai ser mesmo uma BOA VIAGEM. Abraço Grande, Grande Tê

    ResponderExcluir
  2. Regina, sinto muito! Aqui é Iza, do Diário. Não estou mais lá. Não a conhecia, mas tenho amigos que certamente estão muito abalados com a perda, assim como você.

    Que ela descanse em paz!

    ResponderExcluir
  3. Meus sentimentos e minha solidariedade na tua dor, apesar de não ter conhecido a amiga que se foi...

    ResponderExcluir
  4. Amadamiga iluminada... lindo!!!
    Estou aqui enviando a nossa Glorinha San as melhores e mais puras energias- preces de minhalma.
    Creio que partir deste plano é tão difícil como o renascer. Muito riamostra lá no meu blog ; eu reencarnacionista, ela - a mais espiritualizada atéia que conheci.
    Neste momento... que nossas preces, nossas emissões do mais puro amor a ajudem a transpor os portões do mistério!!!
    Tenho a certeza que, neste momento, repousa a garanta linda nos braços de seus ancestrais amador.E que Deus a ampara, fortalece e guia!!!
    Te amo, iluminada!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Regina!
    Meus sentimentos pela sua amiga, sei o quanto é difícil perder algém querido, mas espero e desejo que fique bem nessa Páscoa!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  6. Uma das coisas boas que me veio de ti, Rê, foi o ter conhecido pessoalmente a Glorinha. E sei que ela agora está bebendo na fonte desse amor que ela não sabia explicar... mas que sempre sentiu profundamente.
    Beijos comovidos.

    ResponderExcluir
  7. É Triste perder alguém querido minha amiga,,,que Deus te dê força pra superar...beijos e beijos.

    Uma excelente sexta feira santa e uma ótima Páscoa pra você e toda sua família, que o amor de Jesus esteja no coração de todos trazendo muita paz e muita serenidade...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  8. Regina, querida, deixo meus sinceros sentimentos.

    Eu lhe desejo uma Feliz Pascoa e seja envolvida pelo amor de Deus entre os que ama.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. FIQUEI TRISTE TAMBEM ...E SEI QUE VOCE ESTA TRISTE ..DA PRA SENTIR DAQUI SABIA?
    MAS COMO VOCE SABE ...DEUS ESTENDERA SEUS BRAÇOS A ELA A A COLOCARA NO SEU COLO ..NOS SABEMOS DISSO ... PENA PERDER UMA PESSOA QUE ESCREVIA DAS VIVENCIAS COMO ELA E QUE TINHA TANTO AINDA POR VIVER E NOS MOSTRAR .. QUE ELA ESTEJA BEM E QUE DEU ACALME SEU CORAÇÃO ANJA ..
    FIQUE BEM

    ELA JÁ ESTA ...

    MEUS SENTIMENTOS A FAMILIA


    BEIJOS

    OTILIA LINS

    ResponderExcluir
  10. ...Olá minha amada amiga!
    Venho trazer minha mensagem...
    Celebrar a Páscoa é celebrar nossa vida-em-Cristo:
    Saimos da escuridão para a liberdade...
    Aleluia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    F*E*L*I*Z***P*Á*S*C*O*A***C*O*M***A*M*O*R***!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Ontem eu vim ler sua postagem, mas voltei cabisbaixa, triste, sem conseguir escrever palavra. Não há muito o que dizer... Eu apenas lamento.

    Beijo, Rê.
    E meu abraço bem apertado.

    ResponderExcluir
  12. Cruzei bastante com ela pela blogosfera, e admirava seu jeito franco, fiquei triste quando passei aqui ontem...como a Mi, saí sem palavras, e voltei trazendo pra vc um abraço carinhoso - tocante tua homenagem, fica o registro de uma passagem marcante entre amigos, uma postura forte de quem não desistiu de sonhos e lutou pela vida. Uma lição para quem fica.

    ResponderExcluir
  13. Olá, RÊ!

    Não a conhecia; só agora li essa carta aberta, tocante, dessa senhora lutadora e corajosa.Que não merecia tal sorte - como ninguém merece.
    E é nestas alturas que ficamos a pensar porque há-de ser a vida tão injusta, tão cruel...

    Um abraço amigo; e não esmoreça.

    Ainda assim, desejo-lhe uma Boa Páscoa.

    Vitor

    ResponderExcluir
  14. Que descanse em paz.

    Para ti uma santa Páscoa.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Não sei o que dizer, a não ser, sinto muito.

    ResponderExcluir
  16. Olá, querida
    Só fiquei sabendo na Sexta e como entristeceu a minha Semana... o alívio foi estar em família...
    Vamos nos reencontrar e reviver nossos momentos bons e alegres aqui na net (eu a conheci pessoalmente também)...
    Bjm de paz e de pesar

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget