Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

MOMENTOS DE VIDA




Lá se vai agosto. O vento soprou forte provocando um bailado nas folhas e flores dos ipês. Pensei que chovia, pra lavar um cadim tanta poeira e secura. Que nada. Serviu mesmo foi pra que eu levantasse, sacudisse a dita e desse a volta por cima, como diz a música. É que a vida é assim mesmo, como ensinou Guimarães: esquenta, esfria, demandando da gente coragem! E no embrulho, coisas que chateiam a gente, aborrecem que só, mas também momentos vividos, partilhados com alegria e muita risada que fazem a gente até se distrair das chateações. Espiam só as fotos!
A horta tava uma belezura
Explosão de orquídeas por toda a fazenda
Couve salsa. Conhece? Eu até então nem fazia ideia!
Da horta pra mesa...tudo fresquinho e sem agrotóxicos.
Esse tutu não é engrossado com farinha...é no muque e com uma dose de cachaça! Segredo do Zé.
Bacalhoada...comi de joelhos!
Abaixo alguns detalhes de uma casa tipicamente mineira. Um sonho acalentado por anos e a alegria de sentir os amigos abrindo as portas para realidade.



E quando chegar setembro a gente segue vivendo... ah segue mesmo!

14 comentários:

  1. Que lindo tudo,Regina! Adorei as fotos, as verduras fresquinhas, flores, casa mineira! Coisa mais tão boa! Adorei! beijos,lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Regina!
    Eita boa vida mineira...
    Semana que vem será minha vez. Nosso sítio é o primo pobre se sua fazenda, mas tá valendo!
    Não vejo a hora de virar bicho do mato novamente.

    Beijin

    ResponderExcluir
  3. Ah, segue... eu amo a estação que logo chega (se Deus quiser, e Ele quer!!), sinto falta das cores, mas nada se iguala ao que a gente colhe da natureza, desde a brisa ao por do sol, da chuva às hostaliças...mineiro ou brasileiro, tudo é lindo de viver... ;)

    Bjos, irmiga... abraço arroxeado de sôdadis!

    ResponderExcluir
  4. Você começa postando as hortaliças todas, pra depois judiar, né? Ainnn... Nem digo nada dessa bacalhoada. Só penso e morro invejosa.

    Sempre fico contente quando te leio contente.

    Beijo, Rê.

    ResponderExcluir
  5. Que venha então setembro! Cheio de vida doce e pura, como esta horta.....ai, que delícia, tudo fresquinho! Acho que todos os prédios de cidade grande deviam ter uma hortinha na cobertura, comum a todos os moradores. Já pensou???

    Beijocas e um bom domingo!

    Bia

    ResponderExcluir
  6. Segue vivendo dizes ... pois!!!
    Não será mesmo ... sobrevivendo?!!
    Lindas essas fazendas, sempre adorei esse estilo de decoração e de vida.
    Bj.

    ResponderExcluir
  7. Amada_miga iluminada!!!

    Esse Brasil está muito esquisito. Que e um continente, disso temos noção. Mas como não chove em Belzonte???!!! Veio a chuva prá cima de mim?
    Aqui no Rio parece "que bebe", já disse que São Pedro é bipolar.
    Ou então, tem sempre uma nuvem que anda por riba de eu!!! Eu odeio chuva.
    Só gostava dela quando era criança, para pular e fazer barquinhos de papel. Agora, não tem mais graça.
    Nossa, adorei tudim que escrecveu. E as hortaliças já colhi. Aliás, ccomo todos os dias, nutricionista mudou nossos hábitos. Quando vejo uma horta, já me agacho e começo a comer.rsrsrs
    Eu e maridx estamos com cara de lagarta.
    Ahhhh, mas essa casa , esses moveis ...eu quero!!!! eu quero!!!
    Fico em êxtase. Adoro!
    Assim como te adoro muito também. Bem , te adoro mais!!!!
    Beijos, minha linda!!!!

    ResponderExcluir
  8. Tudo muito lindo.
    Imaginação completa com sons, aromas, sabores e texturas.
    Obrigada pela grata viagem.
    Bjs.
    Wilma

    ResponderExcluir
  9. Querida Rê,
    Você teve muitas razões para estar distante daqui, só no meio de coisas boas, lindas e gostosas.
    Que bacalhoada é esta: E me explica isso de fazer tutu no murro e com cachaça, deve ser uma diliça.
    Valeu a pena então!
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  10. Oi, Regina!!
    Como sou mineira, adorei tudo o que mostrou!!
    Aborrecimentos, quem não os tem?
    A minha mãe vivia dizendo: "Nessa vida a gente pode passar vontade de tudo, menos de comer aquilo que a gente gosta".
    Estou com ela!! Depois corremos atrás do prejuízo!!
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  11. Espiei as fotos e meus olhos se encheram da primavera que anuncia sua chegada. Setembro renova a natureza e a vida.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  12. Uma postagem muito significativa de momentos supremos de vida, Rê. Parabéns!

    Bjuzz :)

    ResponderExcluir
  13. Oi Regina!
    Fiquei aqui com água na boca ...cadê a receita da bacalhoada rsrsr?

    Abraço,uma semana maravilhosa pra voce.

    ResponderExcluir
  14. Muito bonito o teu blog!

    Agradeço, mais uma vez, pelo alerta sobre o uso indevido da imagem de capa. Já fiz a troca e peço desculpas pelo incômodo. Infelizmente a criadora da página não pode mais explicar pessoalmente porque estava usando aquela imagem, uma vez que faleceu cerca de dois meses atrás. Beijos alados!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget