Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 27 de abril de 2014

SANTA SEMANA EM SANTA

Deitada na rede era essa a visão presenteada!


É um luxo, cada vez mais, as pessoas se desligarem dos emails, telefones e aplicativos, horário espremido, comida a quilo, engarrafamento e outras coisas mais. Gostava que, cada um dos meus amados, tivessem um cantinho mágico para poderem usufruir da natureza, do silêncio, cheiros, falta de hora, conversas soltas...
Eu – de fato – não tenho. Usufruo da irmizade do Zé Renato e Syl que, generosamente, compartilham Santa Matilde comigo. Vocês já conhecem essa fazenda mágica, onde tudo é mais que especial: um luxo na simplicidade do bem viver! Adoro, e volto sempre reenergizada. Quando me perguntam se descansei, respondo como Silvana: Sim! Aqui na fazenda a gente descansa carregando pedras! Como não há doméstica, todo o serviço é dividido. Não precisa ninguém ficar mandando. Cada um colabora com seu melhor e tudo fica leve. Claro que o cozinhar fica a cargo da anfitriã, que faz com gosto. Mas uma pica, outro corta, alguém lava e assim... voilá tudo tranquilo, em meio aos melhores temperos do mundo que conheço: amor e generosidade!
No sábado de aleluia resolvi ir pela estrada a fora, literalmente, da fazenda até a cidade de São Brás de Suaçuí. Foram 6,5km de subidas e descidas, buzinadas dos caminhoneiros, motoristas de ônibus e carros também. Um desafio para meu reingresso à vida saudável. Confesso que não foi nada fácil, mas consegui! Minha amiga de caminhada, Júnia, depois de 2,5km me “abandonou” e queria me resgatar numa carona quando faltava somente 1 km. Que isso?! Faltando tão pouco iria desistir? Tá doida?! Segui em frente. Como creio que devemos fazer, sempre, diante das adversidades que a vida nos apresenta.
Antes da saída com minha amiga de caminhada(s)
Vermelha quiném uma perua, mas feliz com o desafio alcançado!
Do sistema de engorda deixo as fotos para vocês saborearem. Das brincadeiras, risadas, piadas, só mesmo a sua imaginação ou se não tiver: senta e chora... senta e chora!  
Sexta-feira da paixão? Bacalhoada of course!
Domingo de páscoa, comidinha mineira: tutu com linguiça, franguim caipira, quiabim e cerveja gelaaada!
Um mimo de jardim!
Carece de legenda naum diante dessas belezuras!
Nem só de comida vivi...Rummikub...a-do-ro!
Detalhe de um lavabo mineiro
Uma das lindezas floridas! Um perfume...
E mais essa.
Meu neto posando de "namoradeira" de Tiradentes!
As brumas de Santa...oito da manhã!

11 comentários:

  1. Que lugar especial esse,Regina! Santa Matilde te faz bem a cada ida! Revigora com o carinho e amizade que recebes por lá! Adorei! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, RÊ!

    Com tanta comidinha boa, só mesmo fazendo caminhada para não arranjar barriguinha...
    E que bom ter amigos assim: rodeada de tanta de amizade e num lugar bonito como esse.Só pode mesmo fazer bem!

    Beijinhos e boa semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  3. Olha ... esses teus cantinhos de sossego, fazem-me cá uma "invejaaaa" rsrsssss. Que bom ter bons amigos não é?!!
    Bj.

    ResponderExcluir
  4. As fotos dão conta de contar esses dias passados em contato com a natureza - lá de fora, e a humana, dos amigos... tudo lindo, saboroso, cheiroso, bem cuidado, compartilhando o melhor que a vida oferece: amor, amigos, alimentos (pra corpo e alma)...

    Coisa boa te ver animada, renovada, FELIZ!!!
    Bjãozão, irmiga_mada!

    ResponderExcluir
  5. Querida amig,

    adorei! voce tem um ar alegre, encantadora!

    Eu fiz um bacalhau que ficou delicioso, e fui elogiada por minha filha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Santa Maria Matilde, que delícia este lugar menina!
    Ai que eu adorei o cachorrinho de namoradeira, tá demais!
    Só faltava eu aí pra gente fazer estas caminhadas e depois encher a cara de gordices desavergonhadas. kkkkk
    Tudo maravilhoso por aí, inclusive o astral de vocês.
    Eu também andei dando uns rolezinhos em vários lugares e comendo delícias, inclusive mineiras e mexicanas.
    beijoquinhas cariocas


    ResponderExcluir
  7. Amada querida..... viajei no seu post numa profundidade infinita.... ai, que saudades do meu paraíso....
    Max é o máximo, lindo de viver!!! Você simplesmente divina, vermelha que nem uma perua, tudo de bom ser Pirua!!! Yesssssssssss!!!!!!!!!!
    Beijo no seu coração e obrigada pela caminhada de ontem!
    Paty Amada

    ResponderExcluir
  8. Como sempre, me deixando com inveja destes lugares de sonho que existem nesta tua "terra do nunca", escondida como um Shangri-Lá entre as alterosas...
    Pra não falar da bacalhoada, das comidas mineiras, do vinho e da cerveja...é melhor parar por aí!
    Grande reportagem! Muito melhor do que as tristezas que vejo na TV!
    Orquídeas, um joguinho que eu nunca vi, amanhecer...
    Que sempre possas ter e ver lugares assim!
    Bjs, Rê!

    ResponderExcluir
  9. Minha filha, devo proibi-la de postar fotos desse seu paraíso, a fim de que eu não morra de inveja? Nem vou falar do regime de engorda. Calei-me!
    Quando à minha postagem, tudo relax... Depois conversamos.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Que delícia de lugar Regina!
    Creio que todo mundo gostaria de dar uma escapada assim de vez em quando, não! Fui para Sampa, o oposto de seu pequeno paraíso, mas confesso que aproveitei bem aquela cidade um tanto desacelerada no feriadão, ufa! E olha que vem outro feriado por aí...........quem aguenta??????
    Bom descanso para você ou, quem sabe, mais uma bela caminhada por aí!!!!
    Beijocas

    Bia

    ResponderExcluir
  11. Concordo com você, amada Regina. Desligar. Sopesar o tempo do virtual e o tempo delicioso que se pode desfrutar fora dele. Tento conciliar embora tenha muitas solicitações "literárias" e os cantinhos que gosto de visitar...:)
    Grata por partilhar esses seus momentos, ilustrando-os com fotos magníficas que me dão a conhecer lugares, que são afinal culturais pela riqueza gastronómica e paisagística. Conviver é tão bom!
    (Adorei esse lavabo mineiro)
    Bjuzz de carinho :)

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget