Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

VOCÊ SE CANDIDATA? HOMENAGEM ÀS MÃES.



Que se regozijem aqueles que ainda as tem, ao seu lado, pois é benção. Às vezes, quando escuto, profissionalmente ou não, relatos de filhos sobre suas mães fico pasma. Alguns não se importam em saber como estão passando, se precisam de alguma coisa e seguem suas vidas como se elas não existissem. Já foram necessárias. Agora não mais. Outros relatam com frieza e distanciamento a relação. Parecem dois estranhos, nos raros desencontros cheio de formalidade. 

Não consigo compreender como se esquecem, com tanta facilidade, as noites insones, os ensinamentos, o buscar e levar a escola, aulas de balé, natação, inglês, casa de coleguinhas. Estudar junto para a prova, fazer pesquisa, banho morno de madrugada para baixar o febrão, segurar a testa para vomitar o 1º porre da vida. Vibrar no auditório com a apresentação seja lá do que for como se fossem os maiores artistas do mundo. E eram! Xingar juiz, técnico e a torcida adversária numa competição qualquer. Fazer mágica com o dinheiro do mês ou economia por meses, só para comprar o que tanto desejavam. Realmente não compreendo. Da minha PÃE tenho saudades disso tudo e muiiito mais. O vídeo abaixo (QUE VALE MUITO ASSISITIR) é minha homenagem a todas as mães amadas minhas. As de perto e àquelas que já estão longe do alcance de nossas mãos. AMO VOCÊ MÃE! Dia(s) Feliz (es) para vocês! 
P.S: Se não tiver, automaticamente, com legenda em português, do lado direito inferior é só clicar para ativá-la.

19 comentários:

  1. Oi Rê, bom dia!!!
    Olha, não sei como os filhos ignoram tanto assim as mães, como se fosse feita uma limpeza na mente para esquecer tudo o que uma mãe fez por ele.
    Lamentável.
    Tenho a minha aqui comigo. Tivemos nossas diferenças e ainda temos, mas é a mãe que cuidou com carinho de seus 5 filhos e fez muitas "ginásticas" para proporcionar o melhor pra nós.
    Uma pena para mim, esse vídeo, pois pouco entendo o inglês.
    Mesmo assim, o assisti até o fim pescando algumas palavras.
    kkkkkkkkkkkkkkk
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Oi, Regina!
    Olha, temos mesmo que começar a ensinar nossos filhos a cuidar de nós mesmos, fingir carênica o quanto antes, pois aparentemente não aprendem sozinhos a se doar...
    O meu "Fiotão" ainda vive conosco, todavia se um dia mudar-se de cidade, não sei como tudo transcorrerá. As filhas de minha avó que moram fora, são as que menos se (preocupam) ocupam dela.

    Tenha um domingo de mães tranquilo,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sabemos muito bem a falta que fazem! Só fico feliz nesse dia porque fui uma filha presente, amorosa e cuidadosa. Hoje tento seguir seu exemplo com meu filho. E quando alguém me diz "você se parece demais com sua mãe!" sinto um orgulho!... Fisicamente, nenhuma semelhança. É coisa de alma mesmo. Feliz Dia das Mães para você, Rêzinha querida, e para todas as mães do mundo! Beijinhos carinhosos. Litle Angel.

    ResponderExcluir
  4. Malvada, chorei no onibus ouvindo o vídeo!
    Bom, aceitei o cargo... já tem 13 anos e nem sei se sou a melhor profissional, mas topei!

    FELIZ DIA A TODAS AS MAES DE TODAS AS MANEIRAS MODERNAS.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu aceitei e fui por 4 vezes, adorei !! Feliz Dia das Mães pra todas nós!bjs,chica

    ResponderExcluir
  6. Chorei Re!
    Nem tinha como não chorar.
    Por tudo que a minha mãezinha representou e ainda representa na minha vida. Apesar dos 25 anos de sua partida, está presente na minha alma e no meu coração.
    Gratidão amadamiga
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Que lindo, Regina,não tem como não chorar.
    Obrigada porcompartilharrrrr
    Feliz Dia das Mães.
    Bjos,
    Sheyla.
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  8. Rê,
    Eu não chorei porque já tinha visto e me emocionado também, o vídeo é ótimo.
    Mas, é mesmo! Parece que alguns esquecem por completo esta simbiose que há por tanto tempo quando eles são pequenos, ao crescerem, donos de seus narizes, ficam meio distantes, mas dizem que voltam a dar valor quando viram pais, não é mesmo?
    Pra você, mãezona linda e querida, muitos anos de vida, saúde e alegrias junto aos seus!
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  9. Pois é, menina. Pra essa vaga eu não me candidatei não, e nem foi pela falta de remuneração... A simples ideia de que alguém dependeria de mim pro resto da vida foi, pra mim, deveras assustador. Mas eu as admiro tanto, todas elas.
    A minha Dona Lourdes é a coisinha mais amorosa dessa vida. Meu tesouro.

    Um beijo, galêga.

    ResponderExcluir
  10. Oi Regis darling....e eu q não pari, agora tenho mais de 80 e nasce mais um a cada semana...rss...bjos bjos proce e todas as mamães do planeta
    eidia
    http://www.oquevivipelomundo.blogspot.fr/2014/05/alguem-conhece-gloria-maria-e-amigo-dela.html

    ResponderExcluir
  11. Que belíssima homenagem, esse vídeo!!! Não conhecia mas era muito bom que todos os filhos o vissem para ver se, aqueles que se desligam das mães, acordem a tempo!
    Felizmente que posso ver e estar com a minha praticamente todos os dias. É a pessoa que mais presente está no meu pensamento, a par com o meu filho. Talvez até mais, pois sei que um dia terá de partir...
    (Desculpa não seguir as tuas postagens no seu tempo, mas há muito que não recebo no meu "menu" o que publicas. Não percebo a razão; mas cá venho ;) )
    Bjuzz, no teu doce coração :)

    ResponderExcluir
  12. Amazing!!!!
    Eu que não sou mãe sei como esta tarefa é das mais árduas e incompreendidas do mundo!
    Queria estar aqui para ver um dia que esta data não fosse mais TÃO comercial assim!

    Beijinhos Regina, e um belíssimo dia das mães para você!!!!!!

    Bia

    ResponderExcluir
  13. Olá, RÊ!

    A very clever video, and also so very true!
    Happy Mother`s Day !

    Beijinhos
    Vitor

    ResponderExcluir
  14. Oi, Regina!
    Vejo que outras pessoas conseguiram assistir ao vídeo e eu apenas vejo um espaço em branco. Deve ser problemas de conexão e depois volto para assistir.
    Também não compreendo como essas pessoas esquecem os carinhos que receberam das mães, mas talvez não receberam... Vai saber! Assim como existem filhos e filhos, existem mães e mães...
    Carinho para a mãe nunca é demais!
    Feliz dia das mães!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  15. De facto um vídeo muito interessante!! Olha ... partilhei no Face, como homenagem ... à minha.
    Fica bem.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Rê,
    Infelizmente não consegui ver o video. Triste quando os filhos esquecem as mães. Mas têm mães e mães; filhos e filhos. E a gente não sabe realmente o que se passa no coração de cada um. Mas o amor filial é uma coisa muito séria, por isso não consigo entender certas coisas... Bacana seu post. (pena que estou atrasadinha, ne? -- o dia das mãs já passou há muito, rsrsrs.
    Bjs
    Marli
    Blog da Marli

    ResponderExcluir
  17. Bela Homenagem! Parabéns a todas as Mães do Mundo!

    ResponderExcluir
  18. Tem gente que esquece de ser mãe....enfim mãe éa base de uma vida.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  19. Querida amiga

    Todas as palavras
    que falam de mãe,
    são para mim,
    sagradas...

    Que por onde passarmos,
    deixemos o desejo do reencontro...

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget