Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 26 de julho de 2014

CHÁ DE LENÇOS



“É mais importante conhecer a pessoa que tem a doença que conhecer a doença que a pessoa tem.” Hipócrates – 460 anos antes de Cristo.
Já tinha ido a vários tipos de chás: bebê, panelas, lingerie, casa nova, e até mesmo de divórcio. Esse foi o primeiro e vou contar: fantástico!
Quase duas décadas de atendimento em um hospital geral me possibilitou não só uma especialização em Psicologia Hospitalar, mas a certeza – na prática - que qualquer adoecimento é muito mais que sinais, sintomas e diagnóstico. Além disso, que a maneira como o sujeito lida com sua doença faz tooooda a diferença no processo de cura.
Patrícia, Pat amaaada, foi minha colega de colégio. Não por muitos anos, mas por tempo suficiente para que a amizade, carinho e amor vencessem a distância e décadas sem contato. Nosso reencontro aconteceu há alguns anos e a afinidade se fez como se não tivéssemos ficado separadas.
No início de 2014 ela recebeu o diagnóstico de câncer no útero. Desde o primeiro momento se fez guerreira com um sorriso escancarado – marca registrada – de quem “já está curada!”. Com sua maneira especial de ser fez-se uma corrente de amigas. Afinal, colhemos o que plantamos! Mesmo enfrentando os efeitos da quimio e das mudanças corporais arruma tempo para se ocupar de outras pacientes oncológicas que não tem essa mesma corrente de amorosidade. Assim, fez esse chá de lenços com o objetivo de doá-los às mulheres que enfrentam a doença no Hospital Mário Pena. Mais de 40 amigas atenderam seu chamado e se reuniram no CCBB nessa última quinta-feira. Todas de lenços na cabeça! Pude perceber como a “união faz a força”. Força para Patrícia e para todas que enfrentam esse caranguejo. Sem dúvida há leveza no amor!!! Patrícia, Pat amaaada, que seu gesto ecoe para além das cabeças, trazendo a beleza que habita as almas femininas. Você é YESSSSS!!!
"Porque uma mulher doente, só está doente".
O link acima é o slogan de uma loja francesa que descobri com minha amiga Ieda. Vale a pena conhecer meninas.


18 comentários:

  1. foi uma experiência para minha alma,ela é que nos da força para enfrentar a doença ,vamo que vamo Paty

    ResponderExcluir
  2. Que DEUS te abênçoe Rê!! Tu ... és muuuuuito grande!
    Bem hajas! Beijinho para todas essas meninas.
    Fica bem.

    ResponderExcluir
  3. Minha amada Ré!!!!!!!!!!! Não consigo escrever nada, tamanha a minha emoção......... não pude conter as lágrimas! Que lindo post! Muito obrigada amiga querida! Nós somos demaissssssss!!!!!! Beijo no seu coração! Te amo muito!!!

    ResponderExcluir
  4. Re,

    que encontro mais lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!! fiquei emocionada.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. "Amarração" perfeita foi esse encontro cujos lenços coloridos deram o tom de amor ao gesto maravilhoso destas mulheres-cabeça!

    Tocante, Rê!
    Bjãozão, amada!

    ResponderExcluir
  6. Ai Regis queria muito participar deste encontro...vou no próximo. Um beijo grande pra todas estas mulheres.
    passo mais uma vez os links da Rose pra todas...mesmo quem não lê frances tasca o Google pra traduzir...rss
    http://www.rosemagazine.fr/

    bjos bjos minha amiga...e fico triste por estar perdendo o q vc posta aqui por conta dos 60 filhotes que arrumei e me tomam muito ou todo meu tempo..r.ss...mas daqui a pouco eles começam a andar com as próprias pernas e vai melhorar.

    ResponderExcluir
  7. Adorei, muito legal a ideia!!!!
    Esse negócio de querer saber tudo sobre a doença quando se conhece alguém doente é quase automático. Mas perde-se um tempo enooooorme e acaba não conhecendo melhor a pessoa em si, que é muito, mas muito mais importante!!!

    Beijinhos Regina

    Bia

    ResponderExcluir
  8. Olá, RÊ!

    Que bom quando assim é: quando se não perde a coragem e se vai à luta, e se tem por perto o apoio e carinho dos amigos.Faz toda a diferença,é um aconchego para a alma...
    E tudo de bom para a Patrícia!

    Lindo post!
    Beijinhos
    Vitor

    ResponderExcluir
  9. Puxa Regina,que legal esse chá de lenços! É contagiante ver a força dessas mulheres,adorei! bjs,

    ResponderExcluir
  10. Isso é maravilhoso e o alto astral é meio caminho andado!Vale muito!ADOREI! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  11. Isso é maravilhoso e o alto astral é meio caminho andado!Vale muito!ADOREI! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  12. Amor estendido e amplamente compartilhado é força vital.Colorindo a vida vcs aumentam a beleza de cada dia.
    Um abração,
    Calu

    ResponderExcluir
  13. Regina que atitude grandiosa e cheia de amor.
    Linda essa entrosação de vocês.
    Força pra Paty!
    Xeros

    ResponderExcluir
  14. Este foi o chá "do Amor" sem dúvida! Emocionei-me! A força do querer e acima de tudo...a força da solidariedade!
    Beijo para todas.
    Graça

    ResponderExcluir
  15. Sequer supus que o título tinha a ver com essa lindeza e vim curiosa pra saber o que raios de Chá de Lenços era esse. Ando meio desligada, feito a música dos Mutantes, repare não.
    É dessas amostras grandiosas de amor que o mundo anda precisado. Coisa bonita!

    Beijo, Rê.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Rê!
    Que proposta bonita da sua amiga em transformar dor em amor!!
    E que bacana essa amizade que atravessou décadas à distância!
    Bom fim de semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  17. Oi sou uma blogueira que amo o que faz e venho navegando de blog em blog convidando os blogueiros sérios assim como vc a participar da nona pena de ouro que a Lindalva esta realizando. E gostaria muito de poder contar com a sua presença. Esse é o link:http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com.br/
    Precisamos apenas que vc dê o seu voto na poesia que melhor lhe tocou o seu coração.
    Mas não esqueça de deixar o link de seu blog para que seu voto seja validado.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Adorei o teu texto, a mensagem e as fotos revelando essa solidariedade com o uso de lenços. Por cá também já se fazem lenços muito bonitos para situações dessas.
    Que sua amiga continue com essa força!
    Bjuzz na tua alma linda! :)

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget