Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 4 de julho de 2015

RECEITA PARA UM DIA FRIORENTO




 
A receita é simples: pique em pedaços bem pequenos a lista de obrigações. Misture um cobertor aconchegante com um livro bom e sua disposição para ficar na cama. Cubra-se e curta o clima. Lá fora, o som é proposta de quietude. Cá dentro, é deleite. Se tiver ânimo, faça um chá. Às vezes, a paz é tempo. Às vezes, é um pensamento. Outras vezes, é uma escolha. Escolher ir com calma, escolher um banho mais curtido, escolher dar-se um tempo para sentir o aroma de um perfume e lembrar de outros tempos, escolher cuidar-se e pensar que a vida tem suas alegrias e que um momento de carinho vale muito. A vida pode ser efêmera, como uma fragrância, mas pode deixar as melhores lembranças. Mudanças na casa de tijolos refletem na outra casa. Isso também é paz. Bem vindo Julho!

11 comentários:

  1. Olá Rê ! ... Há quanto tempo não passava por aqui ! ... :(
    Quero deixar-te um beijo e um abraço bem forte !

    "Um momento de carinho vale muito" ! Este, é nosso ! :))
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Rui! Saudades de vc meu amigo. Que bom que veio pra esse momento...não dispenso nunca viu? Obriagada meu querido! Beijuuss

      Excluir
  2. Adorei essa receitinha,Regina! Aqui tá danado de frio! L9indo Julho e fim de semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Regina linda!
    Aqui em Recife/Olinda, eu já sinto um friozinho.
    Logo estarei em Garanhuns e essa receitinha é excelente.
    já anotei.
    Um xero grande

    ResponderExcluir
  4. Esqueci de dizer que lá em Garanhuns faz um frioooooooo!!!!

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    Um dia de frio
    nos faz pensar...
    E tão perfumado
    como um café ou chocolate,
    são as lembranças...
    As maravilhosas lembranças
    que a vida escreve em nossos corações
    e que nos fazem sorrir
    diante da chuva...

    Sua vida é preciosa para mim...

    ResponderExcluir
  6. Receita deveras convidativa, principalmente num dia (ou noite) típico de inverno...Nada melhor!
    Bjs, Rê!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Regina!
    Que venha Julho e se instale renovando o pensamento e trazendo ânimo para realizar sonhos. A paz é apenas um lugar... Aquele em que a nossa alma sente conforto e boaventura.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da análise!! A vida é mesmo uma fragrância ?!!!Acho que sim (enquanto poeta!). Como dizem os meus amigos Pink Floyd numa das suas músicas do albúm Dark side... (não te digo qual é tens de descobrir! rsrsrss) - ... tudo o que tocas, sentes ou vês, é tão só aquilo que importa e .... no final levarás!!
    Bj, fica bem.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Regina!
    Como sempre uma linda reflexão.
    Nesses últimos dez dias estamos vivendo um clima de verão em pleno inverno, seguindo a meteorologia essa noite entraremos no eixo, se é que ele existe.
    Um convite a introspecção. (um pouquinho mais).
    Beijos
    Wilma

    ResponderExcluir
  10. O texto é teu mas essa "receita" cozinho-a muitas vezes.
    No passado domingo, mesmo em pleno verão, tivemos as primeiras chuvas, por cá. Soube bem!
    BJO, querida RÊ :)

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget