Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 17 de março de 2012

RÊ_APARECENDO



Mimo que ganhei da Beth/Lilás

Não descobri, ainda, o porquê de em determinadas épocas de nossas vidas tudo toma dimensões gigantescas, ficando mais que pesado. Peso morto difícil de descarregar. Talvez a quantidade de acontecimentos, com ausência de colorido real, nos torne tão vulneráveis e frágeis que não percebemos, nem permitimos que a cor da qualidade impere.
Na ardência do nada crio mosaico com restos e cacos da dor! Na ardência do nada anuncio a infinda razão do viver!
Realmente, o tempo não para. A herança deixada põe o coração de pé para aplaudir seu feito. O tempo se ocupa de ensinar a solidão da falta. Transitoriedade da vida. A vida escapa. Escorre pelos dias. Passa, desfaz-se. Nem mesmo os momentos, se tornam. São apenas resquícios de uma lembrança, de algumas palavras. Nem mesmo o mais terno se torna eterno.
Se amorosidade tem cor, tenho um arco-íris plantado dentro de mim. E é com essas cores - de cada um de vocês - matizes lindas, que sigo... Só por hoje. AMO VOCÊS DE VIVERRR! (RR)
(Vou ali, visitar cada um de vocês... as saudades imperam.)

25 comentários:

  1. Olá, Regina!
    As andorinhas voltaram... que bom!!kkkk
    Bjs!
    Rike.



    P.s.: o título ficou ótimo!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Regina!
    Estou com um novo blog, caso queira dar uma passada por lá, será sempre um prazer!
    www.sozynho.blogspot.com.
    Bjs!
    Rike.


    P.s.: se quiser apagar este comentário, por favor fique à vontade.

    ResponderExcluir
  3. Ei Rê!
    Hoje estava justamente pensando em você! Que bom que reapareceu.
    Saudades
    Beijos flor!

    ResponderExcluir
  4. Rê_surgir, num eterno e constante Rê_nascer, Rê_virar para conhecer, tornar-se íntima destas questões vitais - vc faz isto como ninguém mais, Rê_amada minha....Rê_organize-se, sem Rê_lutar, volte Rê_luGente para ti mesma. para nós, para a vida...um Rê_torno sem alarde, sem ardências, cheio de bem querência!

    Amei de Rê_ver aqui...um bjãozão feliz!!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá; RÊ Amiga!

    Bem aparecida; ainda bem que o efeito desse chá já passou...

    Também a vida é composta de cores como o arco-íris. E às vezes, até parece que alguém que não sabemos quem é decide escolher por nós uma cor de que não gostamos...

    Mas o mau tempo já lá vai...e é bom tê-la de volta.

    Beijinhos amigos.
    Vitor

    ResponderExcluir
  6. Eita mulher pra escrever bem!
    Não pode ficar longe da gente, sentimos sua falta e seu modo especial de ser, forte, alegre e bem humorada.
    Força, amiga! Vai dar tudo certo.
    Hoje fiquei mais feliz ao sabê-la por aqui.
    um super abraço, carioca

    ResponderExcluir
  7. Te gosto como leoa
    Como gaivota também
    E enquanto estiveres boa
    Ficarei eu muito bem.

    Beijos, Regina querida.

    ResponderExcluir
  8. Regina, eu tambem preciso de algumas gotas de chás, tipo de efeitos, para que tudo me venha por encantamento.

    E para voce, chá de animo, ele ajuda, com acompanhamento de amigos, mesmo que virtuais, a elevar a coragem, a estima e abrir largos sorrisos.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Que bom te ver!Estava com saudades! E melhor, te ver BEM!!! ótimo fds!beijos,chica

    ResponderExcluir
  10. Rê, escreveste com a alma com o ... coração!
    Fiquei maravilhado, com essa "escritora".
    Adorei.
    Fica bem.

    ResponderExcluir
  11. Bom demais saber de você.
    Eu não sei se é compulsório, se a gente tem mesmo que mergulhar assim tão intensamente, mas alguém lá em cima, que sabe um pouquinho mais, diz baixinho que é necessário.
    Sendo assim, isso também passa, e a gente cresce.
    Beijos.
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Há o tempo certo para a volta... Bom estarmos vivenciando esse teu tempo certo, muito bom.

    Como diz Rodolfo: seja bem voltada, porque é aqui o teu lugar.

    Beijos, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Regina, que bom que você está de volta, trazendo tantas palavras lindas e significativas.
    Bom domingo,não desapareça.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Alvíssaras, ela voltou para a própria casa.
    Se for possível, não desapareça.
    Bjs n. c.

    ResponderExcluir
  15. "É na ausência que se conhece a falta"

    Beijo meu.

    ResponderExcluir
  16. Rê,
    Bem-vinda. Um passo de cada vez. O pensamento do primeiro passo é mais doloroso que o próprio passo. As cores do arco-íris estão bem no centro do nosso coração, mas por vezes é bem difícil de as conseguir entrever.
    Um abraço do tamanho do mundo, daqui, do outro lado do oceano. Abreijos Tê

    ResponderExcluir
  17. Amiga,

    Momentos difícieis todos nós passamos...temos que respeitar o teu!
    Que bom que hoje resolvestes nos dar um "oiiiii"!
    Estamos sempre aqui de braços abertos para te dar um carinho!
    Minha janela sente saudades dos teus passeios por lá!

    Beijinhos no coração!.......

    ResponderExcluir
  18. Mamãeee..qui bom qui voltou!!!!
    E as palavras sempre tão pertinentes, tão acertadas, tão...faltam-me palavras..o coração e a alma ficaram tocadas com elas...talvez por estar em total sintonia...
    Ele há fases da vida em que o arco-iris fica com cores desbotadas...mas o tempo, os amigos e a família vão-lhe devolver o brilho! Conte comigo, que eu conto consigo! Um beijão!!!

    ResponderExcluir
  19. Tenha um feliz e colorido retorno, querida Rê - loura classuda!

    Teu arco-íris brilha em nós.Faça dele tua ponte até sentirmos o abraço de teu reencontro.

    Bem vinda de volta!
    grande beijo

    Lu C.

    ResponderExcluir
  20. Meu coração se alegrou com a tua visita, e mais ainda com esta blogada, marco de tua volta!
    Seja bem vinda de volta a este refúgio, onde todos te gostam!
    Abraços, Rê!

    ResponderExcluir
  21. Regina, paciência, uma grande virtude!
    Como tu fala bem mulher...adoro!Lindo post, está voltando devargazinho e com tudo nos eixos, não é?
    Beijokas e boa semana!
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  22. kkkkkkk Rê, vc é uma figura! Eu coloquei o bloguinho que vc seguia pra dormir, por isso vc naum achou hehehe...

    Olha, se tiver a fim de conhecer meu bloguinho de variedades, venha. Aposto que vai gostar.
    http://lu-sweethome.blogspot.com

    vou deixar a porta encostada. Entre e venha pra copa que tem café e macarons. E... aproveita pra escolher uma pashimina. rs
    bjkas, lindeza e tenha uma noite de paz :)

    ResponderExcluir
  23. Rê, corrgindo o endereço afff PLOFT!! kkkkkk

    http://lu-sweethouse.blogspot.com
    desculpe!
    bacios

    :)

    ResponderExcluir
  24. Minha linda !
    Andava em busca de vc ...te achei de novo,kkkkkkkkkkkkk,muito bom!
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  25. Eba, eba, eba! Rê_tornando à blogosfera! Dia de festa. Be welcome, as always. Luv ya. Beijinhos, Angelinha
    http://noticiasdacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget