Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

92 anos


Sinto um privilégio, imensurável, de nesses noventa e dois anos fazer parte de, mais ou menos, trinta e cinco dessa história. Foi lá na década de 70 que conheci Vênica – a filha – e nos tornamos amigas. A convivência diária aproximou as famílias e assim conheci D.Vênica.
Vênica filha, a mãe e eu...tirando uma lasquinha
A admiração foi num crescente galopante. Chega a ser difícil contar para vocês a riqueza dessa senhora. Uma inteireza de fazer gosto! Mão habilidosa e prestativa ensina bordados e outras prendas, voluntariamente, a quem necessita de um ofício. Já ganhou prêmio, lá em São Paulo, pelo que faz – anos a fio - em obras sociais. Reciclagem? Aproveitamento de qualquer sobra? Lavoisier deve ter convivido com ela. Tudo, tudo se transforma através de suas mãos. Sai do seu cantinho em Sabará todas as quartas e por aqui espalha sua sabedoria e benevolência. Trabalha em silêncio como boa mineira que é. É antenada com o que acontece no universo. Dá notícia das importâncias desse mundão nosso com suas leituras diárias e audiência dos rádios. É no plural mesmo. Mantém espalhados pelos cômodos de sua casa, prá não perder a fala do locutor, enquanto transita incansável com seus afazeres. Um hábito desde sempre. De memória invejável me recebeu, para a comemoração dos seus 92 anos, com um abraço forte e amoroso e com a lembrança de minha mãe: Aprendi com D.Lucy a celebrar a vida! Saudade pouca é bobagem. A festa foi um primor nos detalhes. A alegria, escancarada, era o tom misturado aos bules florais e linhas de bordar. Foi tecido com amor e bênçãos mais um ano de vida de D.Vênica!  Abaixo vocês terão uma amostra grátis dessa senhora... Escrito por ela, e que me fez derramar umas tantas lágrimas de pura emoção. E eu? Bem, só posso me sentir uma privilegiada e dizer como ela: o essencial é viver!
Olha a delicadeza do bolo-bule
Cada bule floral mais lindo
Adorei esse roxo
Um charme de porta-guardanapo com novelo de linha
Claro...mesa do pecado dilííícia
Meu Aniversário – Agradecimento a Deus
Clara manhã, obrigado. O essencial é viver. Quero no dia de hoje agradecer a Deus por mais um ano de vida que ele me concede! Há 92 anos nascia Vênica, que depois se casou com Arthur, teve quatro filhos e hoje é avó de 13 netos e tem 10 bisnetos! Tudo passou muito rápido! Deus me deu saúde todos esses anos, sempre cuidou de mim, deu-me paz e harmonia.
Também passei por altos e baixos nesta vida, enfrentei algumas barreiras, quando ainda inexperiente, tive de amadurecer precocemente. Como todas as pessoas, me afrontaram desilusões, decepções e desamor.... Isto é a vida! Mas Deus nunca me abandonou, e me levanta a cada caída, e me ensina até hoje, sou dele uma filha querida, o amor de Deus que excede todo o entendimento, me alegra todos os dias! Deus deu uma nova roupagem a minha alma, ensinou-me como discernir situações, me fez aprender as coisas da vida, e prestar mais atenção... me ensinou a viver em comunhão.
Deus me ama muito, se agrada da minha dedicação, canto e louvo seu nome em qualquer situação...  Deu-me de presente paz do meu canto, a minha família maravilhosa, e muitos amigos dedicados que encontro aqui, é o carinho de vocês que me ajuda a prosseguir... Há pessoas que transformam o Sol numa simples mancha amarela, mas há aqueles que fazem de uma simples mancha amarela o próprio Sol. O meu maior desejo é poder transformar as manchas amarelas na vida daqueles a quem amo no Sol mais lindo que possa existir. Muito bom poder olhar para traz e sorrir! Clara manhã, obrigado! O essencial é viver! Amém!


20 comentários:

  1. Minha clara Regina, obrigado pela luz da claríssima Dona Vênica que nos trazes. A mancha amarela agora é luz.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Re,
    que privilegio!
    Adorei a lição:"Clara manhã, obrigado! O essencial é viver! Amém!"
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  3. Ai, também quero! Querida, dê um beijinho especial nesta senhorinha que você tanto ama e diga-lhe que ela é uma inspiração. Beijocas, Angelinha

    ResponderExcluir
  4. Que rico presente: conhecer alguém assim!
    Muito bom para o nosso crescimento.

    ResponderExcluir
  5. Muitas mensagens (e imagens) positivas neste texto!
    Parabéns à Dna. Vênica, pela longevidade e pelo prazer de criar coisas boas!
    E a você, por postar coisas boas!
    Bjs, Rê!

    ResponderExcluir
  6. O seu olhar amoroso sempre nos brinda com coisinhas assim, bem bacaninhas. Deve ser uma delícia estar a prosear com Dona Vênica e ouvir ricas histórias.

    Venha.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Lindo seu blog!
    Fazer chegar nessa idade com essa vitalidade é realmente magnifico. Difícil é não se encantar com essa história! bjs

    www.relacionamentoecotidiano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Que privilégio, cara amiga Regina!
    Lidar com pessoas assim faz um bem enorme às nossas almas, são elas que nos mostram o valor diário das nossas vidas e a renovação de espírito.
    Que dona Vênica possa chegar ao centenário com esta beleza de alma e você possa sempre usufruir de sua amizade sincera.
    Os bules são maravilhosos mesmo e vou lhe contar uma coisa, também sou colecionadora de bules antigos e isso me deu uma ideia maravilhosa para algum festejo próximo, vou colar esta ideia. hehe
    Ahh e você tá lindona com este modelito estampado, fashion!
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  9. Conhecer pessoas especiais e deixar com q façam parte de nossas vidas, hj vejo como um privilégio.

    Parabéns pelo blog, pelas palavras q irradiam como o sol, gostei daqui assim q entrei.

    beijos e lindo domingo!

    ResponderExcluir
  10. Lindo, lindo!
    Mas que bela idade!
    È uma inspiração, não é?!!
    Bjs, para as duas.

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo escrito, o seu, sempre com uma pitadinha de humor que me faz muito bem...Um hino à amizade que se cimenta...

    O texto da anciã de 92 anos, assim como sua história, são as jóias terrenas de um ser humano por excelência.

    Obg por poder ler-(te).

    (Fiquei com a leitura em dia, no teu blogue, vamos ver até quando!)

    Bjos, RÊ :)

    ResponderExcluir
  12. Existem pessoas que são anjos assim, e repartem o que têm de melhor, ensinam e aprendem, são jóias que brilham e refletem bondade, generosamente...D. Vênica é uma, e tu também!!!

    Beijos, irmiga minha!

    ResponderExcluir
  13. Oi Regina,

    me emocionei muito...
    lembrei me da minha vó que faleceu aos 94 anos e foi uma mulher incrível também.

    Saudades...

    À D. Vênica, um abraço fraterno e o meu carinho.

    Beijos

    Leila

    ResponderExcluir
  14. Regina
    Maravilhoso texto em homenagem a D. Vênica. É muita emoção ao ver com tanta disposição uma pessoa chegar aos 92 anos.
    Adorei tudo a decoração do bolo e as flores dos vasos de tanta delicadeza e requinte.

    Parabéns a vocês
    Um carinhoso abraço a D. Vênica.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Re, parabens para ela! D. Venica está otima na fotografia!

    Olha, ontem conheci uma senhora de 81 anos que é tao forte e vivaz, fiquei pasma com tanta vitalidade. Sem dizer que tinha poucas rugas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Loura, vim deitar-me um poquitito no divã, posso? Eu to precisada.

    Umas das postagens mais lindas e tocantes que mostrou.

    Boa semana

    Ah, Rê, se puder , leia Kepler a Lua Surreal de Pandora. Tá lá no Escritos. Talvez vc encontre os parafusos a menos dessa tua amiga doidivanas rs!
    bacios cara mia
    :D

    ResponderExcluir
  17. Olá Rê ! :))
    A "velhice" já não é o que era !
    Ontem fiquei surpreendido com a notícia de que nestes últimos 10 anos triplicou o nº de pessoas com mais de 100 anos, só em Portugal !!!
    Já há mais de 1000 !!!
    O curioso também é que, falando com essas pessoas se nota lucidez (relativa) !
    Não sei se conheces o nosso realizador cinematográfico Manuel de Oliveira, com 103 anos, ainda em plena actividade como realizador e premiado em Cannes ainda o ano passado, não pela idade ou carreira, mas sim por um dos seus recentes filmes.
    Esta semana foi internado com problemas respiratórios que causaram o pânico nos médicos e a primeira reacção dele foi de que "não podia ficar internado porque tem muitas coisas em andamento e não se pode dar a esse luxo" !
    Vai ter alta amanhã ou depois porque o problema está resolvido !
    :))))
    Há 2 anos ouvi uma palestra dum cardiologista, em que ele dizia que ia ser normal daqui a uns 10 ou 20 anos ouvir-se falar de gente com 120 anos !!!
    Prepara-te ! eheheheh
    .

    ResponderExcluir
  18. Olá Regina, quanto tempo...

    Esse divã continua inspirador, como sempre!

    Grande beijo para ti!

    http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Lindo bolo bule é pra comer ou pra beber?!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget