Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

MUSTACHE



Outubro, rosa, se foi e chegamos a novembro. Agora recém-batizado de novembro mustache. O Instituto Mário Penna, o mesmo do Doe Palavras aqui ao lado, promove o movimento MUSTACHE para combater o câncer de próstata. Pois é meninos amados. Importantíssimo tanto quanto nossas mamas! Na luta contra o câncer desde 1971, essa instituição bacanérrima, realiza esse movimento para a conscientização e prevenção da doença. Mal que atinge 60 mil homens, todos os anos, só no Brasil. De modo geral, os meninos devem começar as avaliações a partir dos 45 anos até os 75 anos. Para os homens com maior risco (negros, histórico familiar, principalmente se o diagnóstico foi feito antes dos 55 anos), a avaliação deve ser antecipada. Como esclarece o Dr.Walter Cabral, urologista do Mário Penna, o baixo nível de PSA não garante a ausência desse câncer! Então meninos, borá lá participar desse movimento. Também lançaram um manifesto contra as piadinhas sobre o exame de próstata. Para que homens acima de 45 anos não se sintam constrangidos, ficam estabelecidas 7 normas de conduta, deixando claro que não se deve:

  1.    Cantar músicas do gênero: “Já não tenho dedos pra contar...”
  2.   Substituir a vela no bolo de aniversário de 45 anos por objetos em formas de dedos.
  3.   Sugerir a um homem que leve vinho e flores para o seu primeiro exame de próstata.
  4.    Ver um homem maduro com um buquê de flores e perguntar se é presente para o urologista.
  5.   Insinuar uma relação afetiva só porque o sujeito tem o número do telefone do médico na agenda.
  6.    Perguntar ao amigo que acaba de fazer o exame se ele não acha melhor pedir uma segunda opinião.
  7.   Perguntar a um homem com mais de 45 se ele está bem vestido porque vai fazer exame de próstata.    
“Você pode fazer piada com o exame de próstata. Com o câncer, não!”

(Imagem: Google/Fonte: Jornal Metro)

11 comentários:

  1. Posso falar de cadeira! Vale muito! Cuidem-se!!!Belo alerta! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Ah tive que rir aqui das normas de conduta, são bem engraçadas mesmo. E como a homarada tem medo desse toque, não sabem de nada do que a gente passa. rssss
    Tem que fazer sim, porque só a mulher é que tem que se cuidar?
    Novembro azul pra todos os meninos que por aqui passam.
    beijinhos cariocas e bom fim de semana procê minina.


    ResponderExcluir
  3. Importantíssima campanha e nós homens temos mesmo que ficar atentos. Mas são engraçadas essas normas! rs bjs

    ResponderExcluir
  4. Independente das campanhas o importante é o despertar individual, não importa o mês a cor do laço ou o bigode.
    Fique esperto, vigilante, a doença é democrática, não acontece somente com o nosso vizinho.
    Se te incomoda o toque, não leve testemunhas no dia do exame, omita que o fez, mas FAÇA-O, isso é ser MACHO, tímido mas, MACHO.
    Auto exame e mamografia também.
    Depois... serão tantos dedos e toques que você irá se arrepender do dedinho amigo.
    Beijos
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Vou deixar crescer o bigode e depois passo por cá,rsrsrsr.Quantas saudades Ro.Beijo meu

    ResponderExcluir
  6. Olá, RÊ!
    Bons conselhos. Para que não haja "inveja entre sexos" ,cada um tem a sua "maleita de estimação"...

    E quanto a essa normas de conduta, com muitos dedos e "maldade" pelo meio ... acho mesmo que é uma boa forma de abordar a questão: nada melhor do que brincar com coisas sérias, para sobre elas chamar a atenção.

    Beijinhos amigos; bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  7. Antigamente, quando a gente via um amigo de terno e gravata, invariavelmente fazia a pergunta: "vai fazer exame de fezes?"
    Mas, o assunto é sério, quando se trata de próstata!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Meu pai faleceu por causa desse maldito e eu todos anos lá vou fazer os exames sem nenhum tipo de complexo.
    A vida é só uma e não vale a pena brincar com coisa séria.
    beijo

    ResponderExcluir
  9. o cara que fica fazendo piadinha esquece que também tem próstata e também terá 45 anos, né?
    É só ignorar os piadistas e cuidar, literalmente, da própria vida.

    Um beijo, galêga.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Regina!
    A mentalidade masculina está mudando, ainda bem! Tenho um tio que morreu com câncer de próstata, justamente porque não queria ser examinado. Olha que besteira!
    Que o novembro azul ganhe força!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  11. Muito legal esse movimento Mustache!
    Os homens tendem a ser mais relapsos com a própria saúde (um erro histórico), e quando resolver fazer alguma coisa, ficam cheios de medo. Ainda bem que hoje a medicina está bem avançada e as pessoas mais esclarecidas. É preciso enfrentar as adversidades, só assim podemos melhorar nossa qualidade de vida!

    Beijinhos

    Bia

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget