Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

MORADIA E MÚSICA DE PÁSSAROS!!!

Naquele feriado de 07 de setembro entre tantas coisas vivenciadas na fazenda e em Tiradentes, teve uma - no mínimo – bastante curiosa.
Zé Renato nos pergunta, se já tínhamos visto casa de João-de-Barro de dois andares.  Eu acreditei que era gozação de fazendeiro prá cima de gente da cidade grande. Ele ainda completou dizendo: “É a MRV na natureza!” Abro aqui um parêntesis explicativo.  MRV é uma construtora aqui de Beagá, que iniciou a construção de seus edifícios direcionada para a população de baixa, baixíssima renda. Os tais conjuntos habitacionais do governo, só que privado. Eu, particularmente, fico sempre muito feliz quando sei que algum trabalhador conseguiu adquirir sua casa própria. É uma grande conquista! Atualmente, a MRV cresceu tanto, que já constrói para outras camadas dessa nossa sociedade tão desigual. Fecho o parêntesis e retornemos à casa de dois andares do João de Barro.
Fomos todos lá prá fora e o Zé nos apontando lá longe, num dos postes, a tal moradia. Pois não é que era verdade mesmo! Munida de minha máquina fui tentar registrar tal construção, que sempre - por si só - me encantou. São verdadeiros engenheiros, construtores primorosos na natureza.
 
Esse João-de-Barro rendeu muitas risadas e até mesmo reflexão séria, quando o Nem/Álvaro ainda disse: "Até os pássaros estão preocupados com o crescimento populacional desgovernado! Não haverá espaço para todos, nem mesmo para os pássaros!" Haja sustentabilidade nesse planeta que não pára de crescer.
Quem me conhece há mais tempo sabe que sou apaixonada, esposa-amante das artes. Todas sem exceção!
Choro, rio, fico embasbacada, engasgada, abobada e até atrapalhada diante da grandeza da criatividade humana.
Ângela, amigamada aqui de Beagá, dona das Notícias da Cozinha sabe desse meu ladinho de ser, e me enviou o seguinte email: “Para gente com sensibilidade. Você vai amar, tenho certeza: adora criatividade e é sensível. Beijos (Msg segura, conheço o remetente)”.
E eu não só amei como babei! Nesse vídeo vocês assistirão o que pássaros pousados em fios, foram capazes de despertar num artista. É a natureza o tempo todo nos ensinando... Claro, é preciso ter olhos sensíveis para enxergar - muito além - do que poucos vêem. Além disso, ter a capacidade criativa de transformar o que já é belo - dádiva divina - em humana maravilha! (RR)





27 comentários:

  1. Mas que coisa mais linda Rê!!!!
    Hoje, literalmente, você me fez acordar com os pássaros..rs
    Adorei a casinha popular do João de Barro.
    E o vídeo então?
    Que percepção desse cara!!!
    Quanta sensibilidade e criatividade...
    Realmente de emocionar!
    Obrigada querida!!!!
    Beijão e ótimo dia pra vc ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá, Regina!
    Casa de dois andares, nunca tinha visto. Família grande kkk! "Invejo os Bichos", como diria uma canção!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  3. É interessante você ter fotografado a casa com 'puxadinho' do Joãozinho. Não sei onde, outro dia, vi uma foto de umas dez casinhas dessas, uma em cima da outra, no nicho de um poste de concreto. Fantástico! Agora, a música dos passarinhos na 'pauta' de energia elétrica é de chorar. A delicadeza das notas, como se os pássaros tivessem feito isso de propósito, é para ouvidos de fino trato. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Genial Rê!
    E diz o homem que é um ser ... inteligente??
    Talvez, mas a natureza é ainda um grande livro ... por ler.
    Bjs. :)

    ResponderExcluir
  5. Oi , Regina !


    Amigos e blogs em comum me trouxeram
    até aqui ...
    Adorei seu divã. :)


    Bjo e um Dia de Sorrisos.

    ResponderExcluir
  6. Olá querida e amada Rê.
    Criatividade é nascente que não esgota naqueles que têm a felicidade desse dom. Mas unir a criatividade à sensibilidade, dá resultados que tocam profundamente e nos emocionam. Este caso em particular, demonstra como o olhar de cada um de nós incidindo sobre a mesma imagem, consegue fazer leituras tão diferenciadas. Este foi um olhar muito sensível e com um resultado extremamente feliz.
    A mão do Homem, a natureza, e o criativo, fundiram-se e o resultado é a delicia que aqui partilhaste.

    Beijo enorme e meu kandando a atravessar tanto mar...

    ResponderExcluir
  7. É a natureza com seu arquiteto maios, beleza mesmo.
    Ah, a MRV, que eu conheci "Nas Alterosas", quando aí morei, já esta também aqui no Rio.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Viva a natureza!Viva o ser humano que consegue interpretar a natureza..Isso é coisa de Deus...


    Beijocas

    Loisane...

    P.S.: tem um trem pro cê lá no meu cantinho...rsrs

    ResponderExcluir
  9. Que sensibilidade divina desse cara!!!
    E como é admirável a habilidade com que esta ave constrói a sua casa.
    Nessas bandas de cá, dizem que o J.B. é fiél até o fim e por isso, quando percebe que a esposa Dona Joaninha de Barro,mudou de amor.
    Tampa a abertura da casa fechando-a para sempre...Ui

    Beijos um bom feriado para ti.

    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Lindo, Regina!
    Quando um artista olha para a natureza, vê coisas maravilhosas, além daquelas que são visíveis para todos.
    Muito bonita esta música escrita pela natureza, com os pássaros como notas.
    Quanto à casinha do joão-de-barro, quem dera que só houvesse superpopulação de passarinhos!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Querida amiga, tenha uma linda semana. Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Olá, Regina!

    Aqui conhecendo o seu espaço... adorei tudo por aqui!

    Sigo-te!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Amiga Regina!

    Estou mesmo emocionada!
    A ideia foi genial, mas só quem está atenta à natureza e vê nela algo fantástico, chega até aqui!

    Amiga, continue a carregar a sua câmara e registe tudo belo da natureza.
    Obrigada por esta partilha fantástica.
    Vou lá dar os parabéns ao artista. A esta hora ele já deve ter passado dos 100 milhões de visitantes.

    Parabéns pelo seu texto!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. adorei!! quanta imaginação e criatividade!
    quando era pequena, olhava para o ceú e fazia uma interpretação das nuvens também...era um concurso com mnha irmã...descobri que animal aquela nuvem parecia...
    agora esta dos pássaros nunca me passou pela cabeça...um artista!!!e brasileiro!

    ResponderExcluir
  15. "O fim da arte é quase divino: ressuscitar, se faz história; criar, se faz poesia."

    (Victor Hugo)

    Beijinho

    ResponderExcluir
  16. - Sem palavras, Rê... eu, que já tive um ninho de sebinhos (caga-sebo, para os íntimos) numa samambaia pendurada na varanda, tenho agora, no poste de madeira que alimenta minha casa, um ninho de bem-te-vis nas linhas de baixa tensão e um ninho de viuvinhas nos cabos de telefone... e todas as manhãs dou bom-dia aos vizinhos alados.
    - Belíssima idéia, a desse moço... vou ficar de olho na rede elétrica. Se pintar uma partitura, eu aviso. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. COISA MAIS LINDA DO MUNDO NÉ RE??BEM O ARTISTA COMO TODO ARTISTA OU A MAIORIA ...DE UMA SENCIBILIADAE IMPAR..PELO VIDEO E OLHAR DELE JA DA PRA SENTIR ...OS PASSAROS AS NOTAS FEITAS ATE EM MEIO AO PERIGO MAS...PERIGO DE QUE JEITO SE O MAESTRO ..MAIOR DEUS ESTAVA CUIDANDO DO ESPETACULO TODO NÃO É RE....SÓ PODERIA DAR NISSO UM GRANDE ESPETACULO DA MÃE NATUREZA QUE USOU UM ARTISTA REGIDO PELO MAETRO NOSSO DEUS ...QUE REGE TUDO QUE HA DE BELO EM NÓS
    AMEI..COMO TUDO QUE VEJO AQUI...

    ResponderExcluir
  18. Olá, estou aqui conhecendo seu blog, adorei tudo, muito legal... a casinha do João-de-Barro é um fato mto curioso, eu adoro animais!
    Abraços

    http://cely-umanovavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Só você para me surpreender a uma hora destas. Arte? Talvez, mas certamente imaginação e criação num post que me agradou bastante. Deixei uma lembrança no Lado B. Bjs, amiga.

    ResponderExcluir
  20. Hola Regina,

    que lindo!
    Emociona de verdad!

    Gracias por compartir.

    Te dejo saludos argentinos,

    Sergio.

    ResponderExcluir
  21. Rê quem não se emociona?
    Gente eu estou aqui de boca aberta, com tamanha sensibilidade, lindo, singelo, e simples, um encanto, e que imaginação, né pra criar uma beleza como esta e tirar música, e que linda música, Regina, qto a casinha de João de barro, só tenho a dizer que a natureza é perfeita, e aí esta a mão de Deus...bjss de muita alegria minha amiga, bom feriado!!!

    ResponderExcluir
  22. Olá, RÊ!
    Feliz encontro, este de alguém com enorme sensibilidade e capacidade imaginativa para converter fios de electricidade e passarinhos em pauta com notas de música.Há gente assim, dotada, que consegue ver muito para além daquilo que está à vista, e o resultado, neste caso, é lindíssimo.Feliz escolha!

    Beijinhos amigos.
    vitor

    ResponderExcluir
  23. Muito lindo Rê!
    Já conhecia,mas é sempre bom assistir novamente.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Regina,
    A criatividade e a sensibilidade humana sempre nos emociona.

    O conjunto habitacional JB nos mostra a consequencia do desmatamento desordenado
    É o outro lado, a insensibilidade humana.

    Nos dois,a sigela manifestação da natureza.

    Obrigado por compartilhar estas duas maravilhas

    bjo

    ResponderExcluir
  25. Regina,

    Agradeço te sempre, por dividir comigo, conosco, estas belíssimas manifestações artísticas. Gostei muito do texto e do vídeo, e particularmente do seguinte dizer seu: "é preciso ter olhos sensíveis para enxergar - muito além - do que poucos vêem. Além disso, ter a capacidade criativa de transformar o que já é belo - dádiva divina - em humana maravilha"

    Pleno e certo. Como sempre

    Um beijo grande em teu coração

    Carla

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget