Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 15 de março de 2013

ESPIÃS DE D'US







Então o dia clareou e a semana, vida, seguiu seu rumo.  Semana passada, também numa sexta-feira, comemorou-se o Dia da Mulher. Os antigos de Divã sabem que sou avessa a esses dias de... Sei que muitos têm funções importantes: alertar, conscientizar, homenagear e até mesmo evitar. Mas, mesmo assim, não agrado dessa “necessidade” que deveria – para mim – ser todos os dias. De qualquer maneira recebi uma mensagem do filhote que me emocionou com sua lembrança: “Ser verdadeiramente mulher é tão difícil quanto definir saudade. Pra mim, saudade é o encontro do belo com o que foi sentido. E ser mulher é sentir todo esse pulsar!” Lembrei-me assim de todas as mulheres que passaram e ainda transitam pela minha vida. Mulheres possíveis com suas missões quase impossíveis. Essas que não arredam pé diante das múltiplas tarefas e desafios diários. Junto a isso recebi também uma crônica do meu amaaado Luis Fernando Veríssimo que não conhecia e partilho abaixo com vocês. Espiãs de D’us é muito bom, né mesmo?! Feliz todos os dias procês amaaadas e amaaados também. Afinal, há sempre (Graças a D'us) o feminino dentro de cada um de vocês! 
“Certo dia parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. São espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
Pare para refletir sobre o sexto-sentido. Alguém duvida de que ele exista? E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?
E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de voo. Ela fala pra você levar um casaco, porque “vai fazer frio”. Você não leva. O que acontece? Antes de decolar, depois que você já entrou no avião, ele fica parado em terra, por quase duas horas, devido ao tráfego aéreo. O ar condicionado chega a pingar gelo, de tanto frio que faz lá dentro!
“Leve um sapato extra na mala, querido. Vai que você pisa numa poça…”
Se você não levar o “sapato extra”, meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu, sem dúvida,  estará molhado…
O sexto-sentido não faz sentido!É a comunicação direta com Deus!
Assim é muito fácil… As mulheres são mães! E preparam, literalmente, gente dentro de si. Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?
E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em “praga de mãe”, “amor de mãe”, “coração de mãe”… Tudo isso é meio mágico…
Talvez Deus tenha instalado o dispositivo “coração de mãe” nos “anjos da guarda” de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravazam? Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê, que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens… É choro feminino. É choro de mulher…
Já viram como as mulheres conversam com os olhos? Elas conseguem pedir umas às outras para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar. E apontam uma terceira pessoa com outro olhar. Quantos tipos de olhar existem? Elas conhecem todos…
Parece que frequentam escolas diferentes das que frequentam os homens!
E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
EN-FEI-TI-ÇAM!
E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas? Para estudar os homens, é claro! Embora algumas disfarcem e estudem Exatas…
Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era “um continente obscuro”.
Quer evidência maior do que essa? Qualquer um que ama se aproxima de Deus. E com as mulheres também é assim. O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor. Por isso dizem “estar nas nuvens”, quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor. E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida. Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado.
Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres, a maior parte do tempo.
Mas elas são anjos depois do sexo-amor. É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos. E levitam. Algumas até voam.
Mas os homens não sabem disso. E nem poderiam. Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora.” (Luiz Fernando Veríssimo)
Imagem: Karin Izumi

17 comentários:

  1. Uau, que beleza de texto! E na data apropriada: hoje é o seu dia de... ou D! Que dia de mulher é todo dia, ora! Mesmo que nos ofereçam uma homenagem - bem merecida! - no 8 de março. O que importa mesmo é celebrar, porque, cá entre nós, eu acho que quem reencarna mulher já evoluiu um cadim. Concorda? Beijos, amadinha, da Litle Angel (mais um nomezinho carinhoso...)

    ResponderExcluir
  2. Regina, que maravilha de texto trouxeste. E agradeço , desejando pra ti também um lindo e feliz nosso dia, todos os dias,rs... beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Estávamos uma na "casa" da outra. Ri do teu comentário agora... Também, nem moooorta faço cirurgias desnecessárias, ou melhor, pra futilidades. Já fiz tantas graves e importantes que não brinco com isso!

    beijos,chicxa

    ResponderExcluir
  4. Olá, Regina!
    Feliz dia comum para todas nós (segundo Veríssimo - exagerado - nada comuns).

    ResponderExcluir
  5. Muié... no maximo eu fazi uma varicocele ou até meRmo uma circuncisão involuntária... Qquer outa seria herege... kkkkkk Deusssssssssssssssssssssssssskiajude

    ResponderExcluir
  6. Regina, não estive aqui no dia da mulher então te desejo tudo de bom atrasado. Também acho que todo dia é dia da mulher. E que belo texto vc postou. Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Ah! Mulheres ... são tão anjos que há momentos em que se esquecem e levitam sem dar maior importância à gravidade da Terra. E alçam voo pela vida. Acompanhá-las ......


    Beijinhos amadinha
    Feliz todos os dias de tua vida.

    ResponderExcluir
  8. Amei do inicio ao fim...e me orgulhei ainda mais em ser mulher!!!!

    BJOS

    ResponderExcluir
  9. Tenho quase certeza que somos espiãs de Deus! Lindo texto LFV, sempre sensível.
    Eu também não gosto muito de dia disso e daquilo, mas acho uma boa pauta para o blog, então eu comemoro algumas delas.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  10. Mais do que nunca, eu sei que vocês são anjos enviados para nos proteger do mal!
    Todos os dias desta vida...
    Bjs, Rê!

    ResponderExcluir
  11. Ahh muito bonita mesmo esta crônica do Veríssimo! Este entende verdadeiramente o sexo oposto.
    Mas, a imagem com os dizeres acima, veio ao encontro do que escrevi no meu último post, assim acho também, que 'optei por ser motivada e não manipulada', como vi nestas duas últimas semanas. E as outras colocações também me falaram alto, pois é assim que gosto de viver, tanto faz no dia das mulheres como todos os outros da minha vida.
    um super abraço carioca e ótimo domingo, queridona!


    ResponderExcluir
  12. Excelente!!
    Parabéns a esse amigo, e a ti Rê pela habitual sensibilidade, e já agora ... PARABÉNS MULHERES!!!
    Bj.

    ResponderExcluir
  13. Não me importo de ser espionado por anjas. Sei que elas gostam de mim. Só não sei porque...
    (Você não leu este comentário. Pluf!)

    ResponderExcluir
  14. Querida amiga,
    Façamos como as árvores
    nesta nova estação de outono,
    que se despem das folhas
    mortas.
    Temos que nos despir de
    todas as mágoas, tristezas,
    incertezas, desamor.
    Vamos abrir nosso coração
    enchê-lo de amor, amizade,
    solidariedade.
    Quando a primavera chegar
    estaremos prontos a
    encher nossos jardins de
    flores de esperança.
    Beijokas

    ResponderExcluir
  15. Ai, Rê, fiquei emocionada!!! Textos de beijar a alma!

    Bjuzzz, querida :) :)

    ResponderExcluir
  16. Parabéns a todas vocês mulheres.
    Sem vocês o mundo seria horrível, sinceramente.
    Vocês são uma das provas que Deus existe.

    Uma boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Então eu tenho essa força toda? Sou espiã de Deus? Que massa! Adorei essa informação, agora ninguém me segura.

    Pro seu governo, que não gosta das datas disso e daquilo, Denise escarafunchou que hoje, dezoito de março, é dia do fã... Que belezinha!

    Isto dito, repito o que tu já sabe:

    Sou tua fã!

    Beijo, galêga.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget