Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 5 de abril de 2011

INCONSCIENTE RIMA COM...

O imperativo que se aponta no começo de uma análise é para se falar livremente e sem amarras. E eis que o pobre falante esbarra no branco da sua fragmentária história e cala por nada mais ter a dizer.
Independente, incessantemente e dificilmente transparente, tantas vezes indignamente incoerente, vem publicamente de maneira efervescente desvelar o novelo corrente. Inconsciente - interiormente inconveniente e impertinente - precisamente diz de quem fala!
E durma-se ou desperte-se com uma história dessa. (RR)
(Imagem: Karin Izumi) 

27 comentários:

  1. ÁmeuDeuses...

    Mecunfundiu-me tudin.... AVACAGÁ!!!!!
    Tásquêuparius... rsrsrsrs

    Deussssssssskiajude
    Beijo
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. AVACAGAAAAAAAAA RÊ!!!
    Da procê ser mais simplizinha???
    rsrsrs
    BOM DIA MINHA LINDAAAAAAAAAA
    BEIJOSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  3. Tá brava? Eu costumo virar o iceberg de cabeça pra baixo, como pede Rubem Alves, de quem você tanto gosta. De repente ajuda a gente, assim simplesmente, inadvertidamente. kkkkkkkkk Beijinhos, Angelinha

    ResponderExcluir
  4. Que saudades eu estava de vc
    de sentar aqui no divã e encontrar repouso para a loucura do dia dia
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. ENLOIRECIIII DE VEIZ...ENTENDI NADA NAUM... ANJA AMORE..ACHO QUE É SO PRO CE E PRA QUEM FOI O TEXTO ENTENDER NÉ??MESMO ASSIM TA BONITO DEMAIS RSRS BEIJOS QUERIDA

    OTILIA

    ResponderExcluir
  6. O meu é cheio de cores e bem consciente, não esbarro em nada e falo o que desejo.

    Bj.

    ResponderExcluir
  7. Eita nóis, assim tá díficil pra essa cabeção entender, que nó é esse?
    Pare de comer banana com casca urgênte!!!
    Bjs.
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Rsss...não dá nem pra dormir nem despertar!rsrs beijos,chica

    ResponderExcluir
  9. - Que que houve com o comentário que deixei aqui?
    - Dizendo que a melhor rima é "gente"?
    - E dando o endereço da sua "Dama da Noite"?
    - Que é:
    - (Clique aqui)
    - Abraços.

    ResponderExcluir
  10. E se o pensamento é recorrente, fica tudo deprimente e tudo parece que sufoca a gente...mas eita que tem tb uma quentura incandescente que brota no peito, proveniente do que é belo e indecente, vindo da alma pura, inocente...vem cá, viver então é apenas comportamento conseqüente???

    Me vou depois deste coment eloqüente a esta pergunta inteligente, nesta passagem impertinente mas pra lá de transparente...rsrs

    Bjãozão, Rê!!!

    ResponderExcluir
  11. Querida Re
    É imperioso, forçoso, e também harmonioso, visitar este lar que tem tanto para dar.
    Beber nesta fonte alarga nosso horizonte.
    Por isso baixo minha fronte, e, (de amizade) a ponte estendo até ao horizonte.
    Que toda esta semana seja, p’ra ti, soberana.
    Beijinhos (não rima mas é doce…)

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto, se colocar uma batida vira até um rap com certeza.

    ResponderExcluir
  13. Regina, amiga, conforme rima podia não rimar :))))

    Há muita gente, até importante, que fala de forma nada transparente, propositadamente e independentemente de quem os escuta.
    Fala sem dizer rigorosamente nada.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Como assim? rsrs
    Ai amada minha fala menos difícir...
    rsrs então deixo beijo meu linda minha...

    ResponderExcluir
  15. impertinente precisamente indignamente dificilmente intermitente independente transparente publicamente efervescente adstringente presentemente coerente interiormente incoerente incessantemente conveniente corrente previamente

    e outras coisas mais terminadas em ais.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Eu, por natureza consciente, jamais poderia ser coerente se comentasse de forma inconsistente um texto assim tão pertinente.
    Melhor ser paciente, admitir o presente, deixar de ser ausente, e de se repetir continuamente!
    Decididamente, tentei ser eficiente!
    Amigavelmente!

    ResponderExcluir
  17. Nem sempre, tão inconsciente assim... e é só a ponta do ice- berg...

    ResponderExcluir
  18. Miga to confundida...kkkkBeijos achocolatados

    ResponderExcluir
  19. Poxa, que legal que ficou o texto que você fez, usando o sufixo "ente". Achei fantástica a ideia e o texto. Gostei da brincadeira com as pelavras, Rê!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir


  20. deixei pra vir só agora

    senão iam pensar que a loira sou eu...

    gostei das palavras..das rimas..mas num entendi nadica...

    pra não ficar tão feio preu,me explica depois na panelinha???rsrs

    beijocas

    amo ocê

    Loisane

    ResponderExcluir
  21. Querida amiga, absolutamente incrível. Beijocas

    ResponderExcluir
  22. Ai meu Deus, ri muito agora com o comentário da Loisane. Eu devia ter combinado antes com ela pra nós duas bancarmos a inteligentes aqui, mas se antecipou a maluca. Rsrs... Eu vim logo cedo e saí caladinha também.

    Menina, cê aprofundou demais, heim? Nem quero imaginar quando surgir o restante do ice berg.

    Cheiro.
    Não some!

    ResponderExcluir
  23. Esse nosso inconsciente... Essse meu inconscinte... Esses medos inconscientes... Como me dá trabalho entender o que fica ali... Sempre uma descoberta...

    Um beijão e um otimo dia!

    ResponderExcluir
  24. Quando a gente tem direito de falar livremente , sem amarras...pra que então amarrar os dentes? A força que vem da boca, numa fervorosa novena debulhada de efervescentes assuntos, mesmo que nos queime a língua,kkkk...o importante então é falar.
    Soltar o verbo, ou a mente.
    Vamos que vamos rimando não é Rê?
    Complicado tudo isso.
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget