Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 22 de janeiro de 2012

O DIVÃ DA REGINA

Em qualquer tempo quando escolhemos um nome - filhos, loja, empresa, bar, restaurante, etc. - revestimos com nossas crenças, significados, desejos e intenções. Sempre as melhores. Lembrei-me de uma conversa com o então presidente do hospital que trabalhei por 16 anos. Dizia-me ele como, com o crescimento e modificações ocorridas na instituição, o nome estava aprisionando e dificultando a apreensão, pelos outros, dessas transformações. Não foi mudado, mas acrescido de “hospital geral” para libertá-lo de seu batismo inicial. Conto isso para partilhar com vocês da mudança ocorrida aqui. Não que o divã tenha crescido sobremaneira, mas por um questionamento que me fizeram – com a melhor das intenções e pela 1ª vez nesses 03 aninhos de vida – e que muito me incomodou!  Não foram inquietudes para modernizá-lo ou coisa parecida. O Divã nosso de cada dia continua com as intenções iniciais dos tempos de seu nascimento e que estão registradas abaixo (escrito em janeiro de 2009). A cada postagem continuarão... todentro ou tofora. Agradeço a todos vocês e a cada um por acolherem o novo nome, compreenderem e continuarem aqui, me ajudando a cuidar e criar - amorosamente - desse nosso divã. OBRIAGADA sempre! 
"Um tempo atrás estava me deliciando com a companhia de uma amiga, quando em função da pergunta feita, ela respondeu: eu? Anota aí www.tofora.com.br! Adorei e adotei para mim. Era a união, bem humorada, entre os tempos modernos e a sabedoria de vida que adquirimos com a maturidade.
Não sei se vocês se lembram, mas nas brincadeiras de infância (da minha época) alguém fazia o convite, levantava uma das mãos com a palma virada para baixo e todos colocavam, rapidamente, um dedo nela dizendo: dentro, dentro. Ninguém queria ficar de fora e naquele bololô, de gritos excitados, nem se sentir excluído. Como as brincadeiras, as roupas da moda, cadernos ou qualquer outra coisa, que mesmo não gostando tínhamos que possuir para nos sentirmos dentro, incluídos. A gente sabe que tem fases que isso é importante. Nos tempos de adolescência ficávamos indóceis se não arrumávamos um programa de fim de semana. Ficar em casa, no sábado à noite era sinônimo de ser esquecida pelo mundo. Todos iguais, que nem leite pasteurizado. Momento de grupo, de falar a mesma língua. E se não se encaixar a regra é impiedosa: está fora, vai procurar sua turma!
Com o tempo, aprendemos a cultuar nossos espaços externos e internos. É maravilhoso olhar para seu apartamento, mesmo que ele não seja próprio, e sentir que ele é uma extensão de você. Que à sua volta estão as suas escolhas, as coisas que você ama, um pouco da sua alma. Que você não só pode como deseja ficar em casa num sábado à noite, absolutamente incluída, com seu livro, filme, fotos, música, vinho.
Não precisamos mais que o outro nos diga que somos o melhor. Não precisamos mais de aplausos, nem nos sentirmos tão amados e muito menos buscar essa segurança que vem de fora. A cada dia ficamos mais assim tôdentro. Aprendemos o pulo-do-gato.
Este blog recebeu assim esse nome para sublinhar as nossas escolhas, o nosso desejo, a nossa singularidade e capacidade de dizermos a qualquer um, em qualquer idade, "tô fora ou tô dentro". A escolha é sempre nossa!"(RR)

19 comentários:

  1. Querida Rê !:)) Só te posso dizer que de uma maneira ou de outra é sempre um prazer muito grande repousar diariamente "dentro" do teu "Divã" !
    És uma delícia e sai-se sempre daqui com um belo dum sorriso no rosto !
    Claro que estarei "dentro" ! :)))

    Beijiiiim querida Amiga ! :)))
    .

    ResponderExcluir
  2. Regina,
    Independente do nome, seu cantinho é muito fofo e será sempre uma parada obrigatória na blogosfera!O nosso divã.
    Sempre grata pela visita.
    Bom domingo, bjos
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  3. E se fossem inquietudes para modernizar, não seria um direito teu, oxente?

    A essência não mudou, aqui a gente se sente em casa, numa prosa gostosa com um amigo de verdade, daqueles com quem a gente rir de montão, chora junto, ou simplesmente desanda a conversar besteirol, porque ninguém é de ferro.

    Seja lá qual for o nome, daqui não saio, daqui ninguém me tira!

    Amote!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana a origem do blog explicada em ensinamentos.
    Gostei bastante, e voltarei mais vezes.

    Desejo um ótimo final de semana.
    Estou seguindo aqui, e lhe convido a conhecer o Clube dos Novos autores, segue a gente?

    Vote no livro Revelação dos novos autores, estamos precisando de seu apoio
    http://clubnovosautores.blogspot.com/p/promocao-livro-revelacao.html
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. roubei um excerto do seu post e usei no meu, não pedi...mas não fica zangada tá?

    ResponderExcluir
  6. Que delícia ler esse texto, nessa fase da minha vida em que "Não preciso mais que o outro me diga que sou a melhor. Não preciso mais de aplausos, nem de me sentir tão amada e muito menos buscar essa segurança que vem de fora. A cada dia fico mais assim tôdentro. Aprendi o pulo-do-gato.
    Beijos minha queridona !!
    Si.

    ResponderExcluir
  7. Rêzinha querida, seu blog pode mudar de nome, você pode mudar de blog que eu sempre TÔDENTRO. O que conta é o que você partilha: como na canção, até 'raspas e restos me interessam'. Eu ainda acrescento: tudo teve uma razão de ser; ou não? Sempre tem, né? Beijinhos, Angelinha, fiel seguidora.

    ResponderExcluir
  8. Que coisa bonita Rê!

    Talvez a mudança de nome de teu blog precisasse mesmo mudar de roupa, porém a essência estaria lá no "tôdentro" - e tua explanação nesta blogada ensinou a muitos como é importante saber o momento da inclusão e exclusão.

    Rê, vc é um presente que ganhei do papai noel no natal passado!

    momento feliz este :)
    "Obriagada" rs

    ResponderExcluir
  9. RELINDAMIGA,

    CLARO que tô de férias....

    mas por todo o sempre:

    TÔÔÔÔÔÔ DEEEEENTRO!!!!
    Mudi agorinha mesmo lá no meu Cantinho.

    Interessante que nunca me havia aprofundado sobre o sentido deste teu Tô dentro Tô Fora.
    E na verdade, confesso que me atrapalhava , ai di mim, pois claro sempre te cito no meu Memórias e ficava eu atrapalhada. é prá fora ou prá dentro, ou é prá dentro ou prá fora!!!
    E lá vinha eu abrir teu blog para me certificar.
    E contando que ando mal das vistas( a idade é bem vinda, gosto dela e muiiiiito... mas a vista fica cansaaaada rsrsrs
    CONFESSO QUE AMEI
    "O DIVA NOSSO DE CADA DIA"!!!!
    E relembrei, que delícia aquela brincadeira de criança, era muito boa!
    Linda a sua exposição do nome do blog.
    COMO ÉS MARAVILHOSA,AMIGA!!!
    Sempre nos acrescenta e surpreende pelo conteúdo do seu "frasco de perfume"!
    BEIJOS, iluminadamada!

    ResponderExcluir
  10. Minha linda eu tbm ;

    TODENTRO!

    bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  11. Rê, fora ou dentro , te acompanharei.
    MUDAR ...... tema em voga. bjos

    ResponderExcluir
  12. Eu tô sempre dentro...Sempre feliz de estar aqui...beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  13. Esse espaço aqui para mim é tão especial que talvez nem a sua criadora saiba.
    Para descrevê-lo somente na poesia de Cáh Morandi
    Já não quero ser grande, forte, inatingível.
    Quero ser, por hora, de um tamanho que
    eu ainda me reconheça,
    que ainda saiba me encontrar no passado
    ou um dia no futuro.
    Quero ser humana,
    quero ser carne e osso,
    quero sentir, quero tocar...
    quero poder ser isso que sou na medida qualquer do tempo,
    estar sempre pronta a me recompor das tempestades;
    Não devo estar tão errada...
    Há tanta água no oceano que se deixa evaporar
    pelo único prazer de voltar a ser uma gota de chuva.
    Um grande beijo um grande obrigada!
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Muitas vezes um simples nome carrega um imenso significado,,,tem em si uma força imensa....grande beijo de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  15. Bom dia amada!
    Nesse divã encontramos sempre razões para uma troca de conversa...e conversa de hj é que quero que vc vá conhecer o blog do amigo Daniel,pois é um blogueiro muito atencioso com seus seguidores,do qual tem um valor estimável para nós que fazemos acontecer nossa legião de amigos...
    bjs minha linda!
    Sabia que toudentro,kkkkkkkkkkkkk


    http://danielmilagre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Estou dentro Regina!
    E gosto daqui desde o primeiro momentinho que passei acanhada, lendo e sem deixar comentários. Até que um dia resolvi falar/escrever e senti o acolhimento de imediato.
    Por isso estou dentro desse divã.
    Xeros

    ResponderExcluir
  17. Eu e a Lady tamos dentro e na janelinha !

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget