Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O Ciclo do ANO 5 (Parte II/Final)



Depois da parte íntima da casa estar um brinco e eu um caco, reuno as forças restantes para a área social, cozinha e serviço. Se aparecesse alguém, um serzinho qualquer, na minha frente, era bem provável que istapiaria sem motivos(?). Depois nos perguntam o porquê de estarmos cansadas, nervosas e não querermos fazer sexo selvagem amor à noite. Vai entender! Foi quando após um silêncio prolongado, que até me permitia ouvir "todo dia ela faz tudo sempre igual", que escuto a voz calma e mansamente com seus sábios conselhos:
- Permaneça o tempo todo atenta à realidade da sua vida como um todo. É na sua realidade que você deve basear as suas escolhas e fazer as mudanças adequadas. Avalie os aspectos que a seu ver a estão retardando. Você vai descobrir que a maioria deles tem a ver com suas próprias crenças e com os raciocínios limitantes nos quais você insiste porque não aceita que existem alternativas.
- Alternativas??? Deixar o trabalho doméstico pra quem fazer? Fechar os olhos pra sujeira, poeira, roupas pra lavar e aguardar até a próxima sexta?
- Quando se libertar emocional e mentalmente, você verá que não são as pessoas que a prendem. As situações que você acha que estão além do seu controle não a impedem de avançar. A verdade é que é você quem está causando a sua estagnação, por não mudar o que precisa ser mudado dentro de si.
- Mudar mais e mais? Então tenho que marcar umas sessões de análise. Você banca os cu$to$ preu?!
- Fique longe das velhas rotinas e faça algo diferente. Procure novos caminhos. Não se desconcentre nem se limite, pulando de uma coisa para outra sem concluir nada de verdade. Concentre-se no que você quer. A sua curiosidade poderá levá-la as maiores possibilidades ou à decepção.
- Concentrar? O que eu quero? Uma fa-xi-nei-ra (cozinheira,lavadeira e passadeira também) materializada aqui e agora!!!
- A energia do 5 é muito sexual e física. Preocupe-se especialmente com o seu corpo. Cuide bem dele. Respeite-o. Fortaleça-o. Preste mais atenção aos seus sentidos físicos e às suas habilidades. Use seus sentidos de maneira criativa. Descanse e relaxe como se deve. Ame o seu corpo e aumente se conforto físico.
- Hum...sexual é?! Criativamente meus sentidos me dizem que se colocar umas gotas de vinagre misturadas em água + meio limão e esfregão vou conseguir uma bancada de cozinha bem branquinha. Descansar e relaxar? Ah então vou abusar de Xipán... AVACAGÁ sô!
- Este é um ano para realizações, diversão, viagens, expansão e contraste. Seus horizontes estão muito mais amplos agora: portanto, fique livre de rotinas, crenças e atitudes tediosas e corriqueiras.
- Você nem faz ideia como estou me divertindo nesse exato momento. O contraste entre o que já está limpo para o que ainda necessita de limpeza é de uma extensão gigantesca!
- O 5 tem todos os elementos para quem está na “pista da velocidade”. Se partir de maneira confiante, com uma meta bem definida em mente, você poderá relaxar e aproveitar os momentos de muita ação. Os seus sentimentos mais comuns serão de amor, de paz, de alegria e de confiança em si mesma, e não de medo, confusão, perda e esgotamento. Enxergue longe e aproveite este ano de mudança, variedade, aventura, oportunidade e, acima de tudo, LIBERDADE!
- Taquiospariuuu!!! Lá vem você insistindo com esse trem de meta bem definida. Pois lhe informo que a de hoje acabo de realizar. Casa todinha limpa, arrumada pra que na “variedade aventureira” da rotina nossa de cada dia me aguarde - novamente - o amanhã! Agora de-sa-pa-re-ce. Antes que eu lhe afunde na máquina de lavar roupas e posso assegurar: vai ser uma alegria só!!!(RR)
 
-

16 comentários:

  1. Rê querida irmã siamesa, tu aí de volta da esfregona e do balde e eu dos trabalhos do mestrado. 14h, digo bem 14h, agarrada ao portátil, sentada no sofá (fiquei com um calo no rabo igual ao de macaco). Mas querida tal como terminaste as tuas limpezas, também eu terminei a minha parte do trabalho (este é de grupo e só estará finalizado hoje, tem que estar, até à meia-noite e já deu para nos desentendermos). Mas enfim, fica a sensação agradável de ter levado até ao fim um trabalho que no início parecia impossível de realizar. Fica o cansaço. E fica o "orgulho" de sermos capazes de nos superarmos a nós mesmas. Ano 5? Que é isso de Ano 5? Se tens um ano 5 eu também tenho. Vamos aproveitar então esse ano 5. Ele que nos aguarde, a nós, mulheres lindas de morrer, por dentro, e também por fora. Cinquentenárias? E daí? Somos lindas, sem artifícios, sem silicone, apenas valorizando, por dentro e por fora, o que de melhor há em nós. Rir de nós mesmas, brincar com nossas canseiras, buscar energia em qualquer local dentro de nós, quando parecia que já toda se tinha esgotado, e, acima de tudo, termos essa capacidade imensa de amar e voltar a amar, e voltar novamente, nesse ciclo ou círculo interminável. Essa sim é a nossa verdadeira beleza que nos faz, VERDADEIRAMENTE, belas por dentro e por fora. Auto-elogio à parte, sinto que a vida nos sorri, porque também nós lhe sorrimos a ela. Bem ainda tenho que terminar este trabalho com o grupo e fazer mais outro individual até dia 25. Depois.... Depois é pegar em 1ª, ou pegar de empurrão e começar a minha tese, aí vou arrancar os cabelos, mas para esse novo (re)início, ainda faltam 15 dias e até lá vou deixando os meus cabelos sossegados. Voltarei para mais uma conversa, lá para o final do mês. Entretanto irei colocando pequenos posts no blog. Não há mesmo tempo para mais. Abreijões Tê

    ResponderExcluir
  2. E na mineira faxina,
    Na limpeza leonina,
    Venceu a nossa Regina,
    Perdeu a outra menina...

    Abração, Rê!

    ResponderExcluir
  3. aVaCaGá MeRmo!!!! kkkkk

    Mulé, esse cunversamento "chinquexênto" tá ligada? De passa o pano aqui, o rodo ali, a escova lá.. É por hora terapia, mas é remédio paliativo e "sem-sense".
    Gárra os gonócios materiális e pinxa num canto, dispois gárra os "PISCOLÓGIS" e bota eles no "FRÍZZO" da geladeira... Busca as energias diárias desse amor/amigo desconhecido de nóis, junta cos amor conhecido que tens e vamu vivê o JÁ...

    Esse verdadeiramente sem AVACAGÁS RUÍNS .. Só aVaCaGás Desintelectutívos... rss

    Amocêpracarái
    Deusssssssssssskiajude
    Beijo
    Tatto/Xipan

    ResponderExcluir
  4. Valorizo muito tudo que consegui por acréscimo com o blog, sua amizade preciosa aí incluída, da Wilma, da Cris, da Virna, do Luis, do Guma Kimbanda (que anda meio sumido), e tantas outras pessoas, algumas anônimas, que me seguiram fielmente nestes dois anos. Mas, como diz você, é ano 5 e eu estou precisando agir na mudança, pois tenho andado só no discurso e a frustração bateu forte. As notícias da cozinha continuarão, menos frequentes, e a missão parece ter sido cumprida, porque a informação contida lá, em todas as postagens, é suficiente para as pessoas fazerem também suas mudanças. Vou colocar os blogs que eu visito, todos, na minha lista de favoritos e não deixarei de fazer minhas visitas diárias, para ver o que há de novo. Se sentir vontade de retomar, retomo, sem constrangimento, porque tudo isso eu faço por prazer e não pesa. O que anda pesando é o que eu preciso de mudar, com urgência, mas isso é comigo. Vou que vou, sigo que sigo e vamos ver no que dá. Quem sabe um blog novo? Não é good bye, é see you tomorrow, ok? Beijinhos, Angelinha, amiga para além de.

    ResponderExcluir
  5. ahahaha as respostas são ótimas! mas realmente, tem horas que dá vontade de xingar os autores desses conselhos simplistas, pq na prática é outra coisa rs

    boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Oi Flor!
    Voltei e agora vou colocar a leitura em dia!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Rê, voltei só para dizer que o meu é, segundo a informação que encontrei para 05-08-2012) isto corresponde ao ANO 9 e reza assim: Período de partilhar conhecimentos, de ajudar os outros, de dar à humanidade a sabedoria que acumulou nos anos anteriores. Amor universal. Dedicar-se a causas humanitárias ou trabalhar como voluntário pode lhe trazer uma terna e profunda satisfação. Propício à expansão da consciência. Bom também para terminar o que ficou inacabado.
    Bem, não podia ser tudo igual, mas já agora confirme se isto está certo, a forma de contar, Abreijão Tê

    ResponderExcluir
  8. ahahahhahahhah
    você tá com tudo para escrever uma comédia...
    adorei os desabafos da dona de casa sem vocação,hehehehhe
    beijinho

    ResponderExcluir
  9. Ei Rê,
    Também estou nessa vida, num lelê lelê danado!
    Força na sua faxina!
    Boa semana para você.
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  10. Adorei amiga...`´E engraçado como esse povo tem solução pra tudo na nossa vida neh?
    Será que a vida deles é perfeita?
    Vai saber neh?
    Bjos achocolatados e morri de rir aqui... Ah amiga vim te convidar a conhecer o chocolate quente.
    vai lá me visitar tá?
    http://sanchocolatequente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Valeu a pena a viagem, ri com vontade.
    É bem assim, não é mesmo? Mulher sofre, ahahah!

    ♥…

    ResponderExcluir
  12. Rê,
    Vou me expressar como meus filhos aqui na net: "dei trela de rir", mas afinal, a velha tese de que a prática tem longevidade da teoria se aplica nesses conselhos não é? Para quem estipula parece ser bem fácil, mas vai seguir prá ver...
    Concordo com um comentário acima, tens que investir no humor viu?
    Bjus
    Cris

    ResponderExcluir
  13. Melhor nem falar que é tudo uma questão de manter a mente quieta a espinha ereta e o coração tranquilo!

    ResponderExcluir
  14. Eu bem queria estar aí, só na prosa, rindo da tua braveza engraçada. O tempo ia passar rapidão com nós duas bobageando. Bem melhor do que esse papo autoajudativo aí, né não?

    Beijo, amorezinha.

    ResponderExcluir
  15. Adorei esta II parte...
    Leio. sorrindo e que bem me faz!!!
    Obrigada pela boa disposição!
    Bjo :)

    ResponderExcluir
  16. kkkkkk
    Muito bom ler isso agora!
    Ri aqui sozinha e me vi também na mesma situação. Tem horas que dá vontade de mandar tudo prosinfernu!
    bjs cariocas

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget