Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

DIÁRIO


Diário senão novidade de um novo dia? Pois é.
Estou à disposição da vida. Coloco todo o meu talento e as minhas habilidades para cumprí-la.
Bom dia Beagá.
Bom dia Regina.
Bom dia Vida!
O dia se abriu como se abrem meus caminhos. Quem trocou carinhos por enganos não viu este dia clarear. Que pena!
Faço ligações que nem o verbo, só sendo.
Não permaneço, nem fico.
Concedo-me esta alegria solta de ser quem sou. Posso ser lida por qualquer pessoa, mesmo fora do contexto.
Sou o quero dizer sem dicionário, intérprete, dúvida ou pontuação.
Sou a palavra escrita. Além da leitura, registro e assino embaixo.
Autenticação é coisa de cartório. Burocracia.
Eu não. A autenticidade me confere identidade e diferença. É este meu passaporte.
A validade não me importa. Viajo e vivo enquanto eu der valor às pessoas.
Ah! Estas têm valor demais para mim. E sou-lhes gratidão.
(Imagem: http://galacta.org/literatura/blog-diario-certo-errado/)

18 comentários:

  1. Por isso vc é tão especial!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Gostei dessa!
    Você se jogando na vida como quem se joga numa piscina!
    Pronta para mergulhar, sentir o frio, e depois suavemente vir à tona!
    Bela e molhada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. AMEI...AMEI...ameeeeiiiiii...irmigamada, que força transbordou de ti!

    Bjãozão, aplaudindo!

    ResponderExcluir
  4. Poxa...Heim? Lindo de viver isso aí, como diria uma amiga lá de Beagá, a qual ando um tanto saudosa. Só vim deixar meu abraço, daqueles mega-apertados.

    Bom ler tuas palavras de confiança.

    Beijos, galêga.

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto realmente, gostei do final, porque penso igualmente, beijão Regina :-)

    ResponderExcluir
  6. Mas a vida é mesmo assim. Todos vivem do mesmo modo. Enquanto alguns são bons actores outros não o são do mesmo modo.
    É preciso saber viver e saber estar neste palco que é a vida e que Deus nos oferece gratuitamente.

    ResponderExcluir
  7. - E você preenche os vazios do universo. E o dia transborda de você, e você descansa fora do tempo. E foge da minha saudade. E sorri. E reluz. E ama.
    - Beijo, Rê.

    ResponderExcluir
  8. Como um vulcão explode em emoção!!!

    Beijo do Tatto

    ResponderExcluir
  9. Suspirei !
    A emoção brotou .
    E senti tua força teu querer
    teu desejo de viver...
    Vamos que a vida\o mundo é nosso...

    um beijo nesse Zóio lindo de viver...

    ResponderExcluir
  10. Olá, Regina!
    E será sempre e sempre lida por mim!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  11. só sendo, mesmo...
    Que coisa mais linda de se ler...Parece um eco do seu coração.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Que texto maravilhoso. Pleno de sentimento e de sua inconfundível generosidade. Você é 'nós'. E 'nós' somos você. Bom dia, Regina! Boa tarde , Regina! Boa noite, Regina! Que o seu dia seja só bênçãos. Beijinhos, Angelinha

    ResponderExcluir
  13. Uma deliciosa leitura!
    Bom fim de semana.
    gd beijo

    ResponderExcluir
  14. e assim vamos escrevendo a nossa história, do jeito que dá, contudo, com o compromisso de ser feliz e fazer quem amamos feliz tb, senão nada tem sentido. bjos

    ResponderExcluir
  15. Senti um quê de Dafne por aí...hehehe que delícia, ser, apenas ser...acho que esse diário pode virar livro um dia, aliás amiga, vc tem o dom da escrita e de também, derramar pelos dedos, a alma...beijos e ternurinhas,

    ResponderExcluir
  16. Viver assim é saber aproveitar, maravilhosamente, cada instante!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Regina..adoro te ler!!
    Verdade!
    Vc escreve leve e lindamente.. e sinto sinceridade em tudo que escreves.
    Vc escreve com coração..não racionaliza..escreve emoção.
    Por isso te admiro tanto!
    bj

    MA

    ResponderExcluir
  18. Olá, Regina, amiga!

    Diário que dá gosto ler, este, escrito pela mão de quem se sente feliz e de bem com a vida.

    Bom domingo.
    Beijinhos amigos.
    Vitor

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget