Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

AQUILO QUE NOS CATIVA: IN ARS


Papel em branco aguardando a escrita, prazer de sentir as palavras brotarem dos nossos dedos, enchendo de cor espaços outrora vazios...abstração...libertas inspiração...
Um livro a ser desvendado...mergulho...
Nos cativa a poesia
Seja com rima ou sem ela 
Drummond, Adélia, Clarice, Fernando, Quintana com sua poesia imortal...
As artes e o gosto pela paleta e pincéis, colorido na vida quando fica em tons cinzentos...
Música, vaguear no tempo e no espaço, visitando memórias, viajando ao encontro dos sonhos, aninhados num abraço...
Dançar, entregues à leveza, lentamente... 
Cantar, desafinar, entrelaçar os dedos no barro...
Fotografia, luz contraste da sombra, captura de momento único, expressão de sentimento, revivência no depois...
Arquitetar artes nos cativa, ser livre de acreditar no inacreditável, fantasiar o presente, sonhar o futuro doce e colorido.
A vida, ars, nos cativa. 

10 comentários:

  1. Arte e vida, vida e arte... poesia: mais que cativante!
    beijinho

    PS: quanto ao seu comentário sobre meu post em francês: gente "chic" é outra coisa...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!
    grosses bisous!

    ResponderExcluir
  2. Olá Rê, Amiga.
    A mais bela das artes, o saber moldar o que se nos depara no dia a dia, na vida que vamos levando, de forma a retirar-mos alguma da felicidade que nos cabe.
    Faz-me feliz e encanta-me escrever os meus estados de alma embora não tenha a pretensão de ser escritor ou poeta.
    Olho-me nos quadros que pinto e vejo-me como ao espelho, e ele diz-me pelas cores que uso se estou feliz ou melancólico.
    Fotografo instantes que não envelhecem como eu e quando mais tarde para eles olho de novo, fico encantado por ter vivido tal momento, ter estado atento e sensível ao que me rodeia.
    Quando canto e desafino, valorizo o encanto de quem bem canta e me faz sonhar.
    Me encanta a criatividade, porque recria a vida!
    Kandando amigo a atravessar tanto mar.

    ResponderExcluir
  3. Ô Zé, cê num pressssta mas eu ti amu!!!! Aguarda o troco...vem a galope rsrs.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  4. Kimbanda Amado
    Fico aqui só imaginando seus quadros...Sua escrita me cativa todos os dias, os quadros então? Olha que já vou pedirrrr rsrs.Mostra alguns deles prá gente, mostra!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  5. "A arte é longa, a vida é breve ."

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Vida " in natura " Vs " in ARS "

    Nooooooooooooossa, digo eu agora. Que trabalhão que deu resumir tudo isto, não?
    Mas ficou monstruosamente fantástico, meus parabéns querida Regina.

    É sempre deliciosa a viagem que aqui faço, muito me fascina e prende o seu blog. J'adore.
    Ajudar neste desafio, para mim, foi mais do que um desafio, foi um prazer, foi significativo e, divertido á brava.
    Ouve momentos, enquanto escrevia que, até o cheiro da terra molhada eu cheirei, os sons da floresta eu ouvi, as lindas cores eu vi passearem á minha volta, no mar salgado me banhei, no quente sol de verão eu me dourei, cantei ou desafinei, credo...que pesadelo, loool, dancei até me faltarem as forças...nos óleos fortes que conheço desde muito criança, eu mexi, nas cores misturei e num mural eu pintei, entrelacei os dedos no barro, como gosto de o moldar...que doces sensações eu revivi,....fantástica experiência. Ameeeeeeeiiiiiii de paixão.
    Obrigado querida Regina por me ter dado esta oportunidade de participar. Foi tão especial.
    Foi uma honra poder partilhar o que me cativa, consigo, com todos os que presentes, porque afinal de contas, relendo tudo isto, o que mais me cativa é esta união de sentimentos, amizade e a partilha do mais lindo que temos.
    Que vida bela esta XD.

    Xinhos n.c.,
    Eyala

    ResponderExcluir
  7. É amigo Manuel, a vida é curta...mas tento artisticamente, tooooodos os dias fazê-la longa com as cores que se apresentam disponíveis. No final do dia tenho "obras" maravilhosas...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  8. Eyala Deusa da Lua, menina linda de viver!!! Você não faz idéia do prazer e com que carinho fiz o NOSSO me cativa!!! Poder sentir um cadinho de cada um de vocês em cada palavra me cativou eternamente...estreitou ainda mais esse maravilhoso fio invisível que nos liga. Eu, moça, que digo obrigada por você estar aqui, sempre com palavras tão carinhosas, tão cheias de energia!!!
    Beijuuss n.c + Xinhos + Kandandos

    ResponderExcluir
  9. Na verdade, o que nos cativa é a possibilidade de... Que belo post! Bjs

    ResponderExcluir
  10. YESSSSS Ângela amada!!! A(s)possibilidade(s)sempre nos move....
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget