Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 6 de fevereiro de 2010

MOTEL





Mirtes não se aguentou e contou para uma Lurdes:
- Viram teu marido entrando num motel.
A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.
- Quando? Onde? Com quem?
- Ontem. No Discretíssimu's.
- Com quem? Com quem?
- Isso eu não sei.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?
- Não sei, Lu.
- Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.
Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes?  Você sabe quem era a mulher que estava comigo no motel. Era você!
- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir.
-Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não Identificaram-me.
- Pois então?
- Pois então, que eu tenho que deixar você. Não vê?
É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não REAGIR.
- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!
- Mas elas não sabem disso!
- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso? Por uma convenção?
- Vou!
Mais tarde, quando uma Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto interceptou um ..
Estava sombrio:
- Acabo de Receber um telefonema - disse ..
- Era o Dico.
- O que ele queria?
- Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.
- O quê?
- Você foi vista saindo do motel Discretíssimu de ontem, com um homem.
- Mas você era o homem!
- Eu sei, mas eu não fui identificado.
- Você não disse que era você?
- O que? Para que os meus amigos pensem que eu vou a um motel com minha própria mulher?
- E então?
- Mas Desculpe, Lurdes, ...
- Mas o quê?
- Vou ter que te dar uma surra ...
(Luiz Fernando Veríssimo que eu amoooo de viver rsrsrs)
MORAL DA HISTÓRIA: DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE, POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA ...
E como hoje é sábado e amanhã é domingo...vamos rir!!! 








6 comentários:

  1. Olá querida e amada Rê.
    Vejo a continuação de uma disposição óptima que nos passas com a alegria de nos ver com um sorriso estampado.
    A tua conclusão (moral da história) diz tudo.
    Vamos rir sim... Porque rir é o melhor remédio!
    Kandandos a atravessar tanto mar para ti amiga.

    P.S.: Gosto muito do novo visual do teu cantinho. Está um mimo e mais apelativo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Kimbanda Amaaado
    Que delícia ter um retorno seu, ainda mais de um ser criativo assim, do novo "visu" do blog!!!
    Brigadim amiiiiiigo!!!! Como vc já sabe, a BIOS aqui depende dos amigos prá melhorá-lo...Tudo está dentro da minha imaginação, mas colocar aqui é difícil dimaaaiiiisss prá mim rsrsrs. Um dia, esse cantinho fica com a minha cara (espero que não espante os amigos rsrs)!
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico sem escalas

    ResponderExcluir
  3. RE ,estou rindo sozinha sobre o motel.mas a moral da historia esta certissima.inclusive comprei uma camisa em vila velha que diz:falar de mim è facil,mas quero ver quem paga minhas contas.e o mesmo caso,as pessoas amam cuidar da vida de outras pessoas,sentem prazer.mas esquecem de cuidar das delas proprias.
    nao sei se me expliquei direito,mas deu para entender,ne?srsrsrsrsbeijao marysexy

    ResponderExcluir
  4. Luiz Fernando Verissimo, quanto mais eu leio a sua obra mais eu o admiro por toda a sua boa disposição contagiante. Já conhecia alguma da sua obra pela televisão, mas estou inquieto para ler os seus livros. Um bom fim de semana para você, sempre com o astral em alta.

    ResponderExcluir
  5. MarySexy Amada Santinha
    Explicou tuuuuudo direitinho sim. Todo mundo "cuida" do mundo todo...já imaginou se cuidassem só de si??? Que espetááááculo???
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  6. Miguelito Amado
    Realmente L.F.V. é ótimo! Um senso de humor UNIQUE do jeitim que eu gosto. Vc vai amar "degustá-lo".
    Beijuss n.c e um ótimo fds procê tb!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget