Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 7 de fevereiro de 2010

PENSÃO ALIMENTÍCIA

Quem me conhece, um cadinho, sabe que amooooo de viver todas as manifestações artísticas. Se fosse possível, tinha uma vontade de "dissecar" as mentes que criam todas essas maravilhas... Como serão as sinapses neuronais desse povo? Agora cá entre nós: imaginação, criatividade, move e remove o mundo!!! Esse é para terminar o final de semana rindo... e começar a semana com as pilhas recarregadas. YESSSSSSSS!!!


4 comentários:

  1. "O que destrói a criatividade é o senso do ridículo ."
    Boa semana de trabalho querida amiga.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Manuel Amigo
    Finalmente consegui me "conectar"...num sei o que aconteceu nesse domingo com a net!!! É...senso de ridículo mata qualquer coisa viva messssmo. Uma semana fantástica prá vc tb...eu começo a esquentar os tamborins pró carná...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  3. Eiii Luz
    Seja muito bem vinda!!!! Gostou de tanta criatividade, né? Eu também adoooooro rsrs.
    Volte sempre,viu?
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget