Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

POEMA DA MENTE

Poema DA MENTE  (Affonso Romano de Sant'Anna)

Há um presidente que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele, mente sincera/mente,
Mais que mente, sobretudo, impune/mente...
Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que mentindo história afora,
Vai nos enganar eterna/mente.















14 comentários:

  1. Regina, genial o poema. Não é à toa que ele é quem é. Grande poeta.
    Abraço do Amorim

    ResponderExcluir
  2. Com radical e sufixo podemos mudar para "felizmente" logo o povo vai saber voltar.
    Temos pessoas que estão abertas para mudanças.
    Não precisa se incomodar com a lagoa de peixes - só a sua visita aqui (Joinville)nosco) já seria como se fosse uma lagoa repleta de saberes. Abraços criativos.

    ResponderExcluir
  3. Muda-se de continent...muda-se de país e político é tudo igl...mente impune/mente...

    ResponderExcluir
  4. Amorim Amadoooo
    Não creio que vc está aqui me visitando?! Um escritor, poeta, cronista, como vc... é honra dimaaiiss prá essa mineira, sô! Sou suspeita prá falar de Afonso...amooooo ele de viver!!! Marina tem até ciúmes rsrs. Ele foi prof. de uma das minhas irmãs no antigo Colégio Estadual daqui e aí já viu né? Fiquei íntima rsrs.
    Beijuuss n.c. e brigadim pela visita

    ResponderExcluir
  5. Ah Mariza Amada, não mudo de jeito nenhum e de nenhum jeito prá felizmente!!!! Não entendi seu comentário...mas respeito. Eu tôfora amiga!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  6. Isabel Diva Amada
    Pois não é? Tudo farinha do mesmo saco!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  7. Ângela Amada
    Mente como de Afonso...rara/mente!!! Quero meus vinagres, hein?rsrs
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  8. Oie, amiga linda!
    Pois é...lá no congresso é assim ó:
    O sujo falando do mal lavado!
    Tudo farinha do mesmo saco, viu?

    Já, o ARRUDA...com certeza...será eleito (ou reeleito) na próxima candidatura!

    E o povo reclama de quê?????

    Beijos mil..."sinceramente"....rsssss

    ♥Lia♥

    ResponderExcluir
  9. Oi Rê, querida.
    ...e você conhece algum político que não mente?
    Infeliz(mente) há uns que mente(m) mais que outros, mas ment(ir) é a sua característica verdadeira(mente) de base. Está-lhes na mente !
    Nós por cá também temos muito disso, (infelizmente) !

    Um Beijão muito grande !
    .

    ResponderExcluir
  10. Olá querida Rê.
    Profissão de politico é de alto risco.
    A qualquer momento são apanhados com a boca na botija.
    O problema é universal, após ganharem o poleiro, afastam-se anos luz do país real e das promessas feitas a quem os elegeu.
    É uma excelente profissão, porque podem exercer em qualquer parte do mundo. As suas estratégias adaptam-se bem, seja onde for. Emprego certo e bolso repleto!
    Bjs e kandandos a atravessar tanto mar

    ResponderExcluir
  11. Uauuuu...perfeito.
    Regina vc foi muito feliz com as palvras, descreveu fielmente o que acontece.
    As vezes eles mentem tão perfeitamente que acreditamos que nunca mentem.
    Perfeito.
    Bjos querida

    ResponderExcluir
  12. Lia,Rui,Kimbanda e Sandra Amados
    Não fui eu que escrevi nãããooo!!!! É do Afonso e só ele mesmo (genial escritor, poeta, cronista) para conseguir, com tão poucas palavras, expressar tuuuuudo que acontence nesse mundo político. A minha parte foi só um desabafo messssmo!!!!
    Beijuuss ns.cs. de vocês

    ResponderExcluir
  13. Confesso que o "seu" Presidente até me cativou de início, com medidas revolucionárias e uma proximidade e preocupações com o povo que era impossível ficar indiferente. Afinal é como já aqui disseram e os políticos são mesmo iguais em todo o lado. Basta tomarem o poder e pronto lá se vai a memória das promessas feitas levadas impunemente pelo vento do esquecimento e da ambição desmedidas. Não conhecia o poema nem o seu autor. Muito bom. Bjs.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget