Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 20 de fevereiro de 2010

PORTUGAL ME ENSINANDO


Quando estive em Portugal fiquei encantada com a beleza das cidades que conheci, os prazeres da boa mesa, e principalmente com o bom humor e simpatia do povo lusitano. Quando retornei, saí perguntando para os amigos, bem mais viajados que eu, o porquê de não incluírem Portugal nos seus roteiros de viagens. Obtive muitas respostas e a mais ouvida foi que," Portugal melhorou muiiito depois que entrou para a comunidade européia". Me disseram que Lisboa era suja, sem infra-estrutura para o turismo etc e tal. Não sei dizer se era assim... A.C.E e D.C.E. (antes da comunidade européia e depois). Sei que assim que vi essa placa, saquei a máquina da bolsa e corri para tirar uma foto, pois além de achá-la bacanérrima, concordava plenamente. Uma cidade é feita das pessoas que nela habitam, de seus costumes, tradições, artes, boas maneiras, simpatia. Como anfitriões que nos recebem em suas casas, assim também o povo de qualquer lugar do mundo! E isso, a meu ver, não está ligado a uma entidade. Ou está? Confesso que se fosse pelos funcionários do aeroporto de Lisboa - que carecem de algumas aulas de educação, calma, bom humor - não teria passado um dia sequer em Portugal. Mas imaginei que eles eram somente o porteiro, segurança, mal remunerados, da casa que estava a adentrar e que meus anfitriões verdadeiros, o povo, estavam me aguardando. Valeu a pena! Tanto que quero conhecer, ainda mais agora com meus novos amigos portugueses aqui cativados - amados meus -  outras  cidades e lugarejos. Enquanto andava pelas ruelas, lindas, de Sintra, encontrei um muro com esse escrito:

Não precisei de mais nada! Com a cabeça deitada nos "travesseiros e queijadas" continuei meu sonho... Entre uma conversa aqui, um golinho de Ginjinha dali, só acordei quando Seu Simão - o motorista que nos levou a sonhar - me pergunta:
-Oh Dona Regina, a Sra. sabe a diferença entre Padre e Mercedes?
- Não, nem faço idéia!
_ Padre reza e Mercedes Benzi.
Acordar rindo, de qualquer sonho, é bom demais, vocês não acham?
"Tenho em mim todos os sonhos do mundo." (F. Pessoa)
"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso." (F.Pessoa)

35 comentários:

  1. Olá Rê Querida.
    E você ainda não conhece o Norte de Portugal (não ? ). Aí reside o verdadeiro Portugal, gente simpática, acolhedora, prestável, amiga sincera, ... só visto !
    Quando vieres a Portugal não deixes de ir ao Norte: Porto, Região do vale do Douro (Vinho do Porto), Braga, Guimarães (berço de Portugal) Viana do castelo, o litoral Norte,...
    ...mas principalmente, AS PESSOAS !

    Beijão !
    .

    ResponderExcluir
  2. Olá Rê querida amiga,
    As pessoas serão sempre o seu coração, podem dar voltas e mais voltas mas seu coração é que vai ditar o que realmente valem.
    O sonho comanda a vida. Realmente ninguém o pode fazer por nós.

    Bjs e um kandando a atravessar tanto mar.

    P.S.- Sintra = Monte da Lua.
    Tenho a felicidade de viver mesmo aí! Sitio mágico que dá lugar ao sonho, fantasia e inspiração!

    O Rui esqueceu o Minho e o vinho verde, coisa única!

    ResponderExcluir
  3. Feliz quem pode ter o privilégio de conhecer Portugal. Lá com aqui no Brasil ,quem merece crédito é o POVO. A hospitalidade é universal e não caiu de moda ainda( graças a Deus).

    Quando eu crescer -quero ser como a Regina e...oconhecer Portugal.

    abraços portugueses e brasileiros para vc.

    ResponderExcluir
  4. Olá querida Rê
    O amigo Rui não esqueceu (propriamente dizendo) o Minho, refiro-me ao Minho interior Arcos / Ponte Lima e por aí. Paisagens maravilhosas e uma gente muito genuína.
    Está emendado!
    Excelente fim de semana. Kanadandos

    ResponderExcluir
  5. Rui Amado
    Valeu as dicas e estão anotadas...Tenho ainda uma Portugal gigantesca prá conhecer...demanda tempo e dimdim rsrs enquanto isso vou trabalhando e economizando prá poder voltar e conhecer mais e mais. Ah! Detalhe: quero conhecer toooooodos vocês também!!!! Meus amados amigos portugueses!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  6. Kimbanda Amado Amigo MEUUUUUUUUU!!!!
    Vives em Sintra??? Essa cidade mais lindinha, com seus castelos maravilhosos e ai meu D'US, com TRAVESSEIROS que faz minha alma sonharrrrrr e minha gula saltitar? Não creio!!! Vives muito malrsrs. Agora descobri de onde vem tanta inspiração e ternura! Monte da Lua...que linduuu.
    Pois trate de fazer alguns posts para nós contando e mostrando tudo tudo daí e claro com vocês dentro!
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico sem escalas

    ResponderExcluir
  7. Mariza Amada
    Você já é G R A N D E amiga!!! Viajar é meu sonho de consumo rsrs trabalho para concretizá-lo um cadim sempre...seja aqui nesse nosso país MARAVILHOSO e ENOOOOOOOOORME ou no exterior (que muitas vezes sai muiito mais barato que viajar aqui dentro - coisas do nosso país!).
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  8. Pois é, Regina, meu sonho também era o de conhecer outros lugares diferentes, mas enquanto não posso vou sonhando e vou aprendendo sempre um pouco mais visitando outros blogues e conversando com pessoas como a Regina. Não creio que as pessoas em Portugal sejam mais alegres do que os brasileiros - é difícil, vocês nasceram com o samba nas veias e nós temos a nostalgia do fado -, mas uma das nossas características principais é o saber e gostar de receber. Não esqueça de prevenir o pessoal aqui quando decidir regressar, viu? Beijos deste cantinho lusitano.

    ResponderExcluir
  9. Como português sinto-me honrado com tantos elogios. Outros amigos brasileiros também passaram por cá e gostaram.
    Sei que Portugal é lindo e muito acolhedor. As nossas gentes são hospitaleiras.
    Conheço um pouquito do centro e do Norte, mas muito pouco do sul e Alem Tejo.
    Espero que volte e que aproveite tudo quanto podemos oferecer. Depois diga se valeu a pena.

    ResponderExcluir
  10. Realmente, sem os sonhos o que seríamos, não é, Regina?
    Vim para agradecer a boa referência que fez ao meu comentário na casa do Ricardo Viver é Pura Magia.
    Você não sabe que ponto me tocou.
    Não gosto de falar, mas já que estou no embalo: sou praticamente cega e estou na sobrevida. Tudo o que faço é pra ajudar a mim e ao outro. E sempre posts de exaltação à vida, pois para mim Viver = cada por 1 dia. Motivo: Amor pela vida, Viver por Amor Sempre************************
    Você me tocou nos olhos e eu choro.
    Muito obrigada.
    Comentei a citação do Grande Poeta F. Pessoa. Foi o que consegui ler com os dedos.
    Beijos no seu lindo coração.
    Renata

    ResponderExcluir
  11. Miguelito, duplo anjo, amado
    O tempo do sonho é sempre o presente... Não há como comparar as alegrias dos povos...cada um a sua maneira mas, que vocês são acolhedores, simpáticos, bem humorados ah isso são!!!
    Nem precisava lembrar, quando eu voltar a Portugal para conhecer mais ainda, VOCÊS TOOODOS são minha prioridade! Vai ser meu prazer maior!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  12. Coelho Amado
    Deixa comigo, amigo... não elogio de graça não!!! O que sinto, no meu coração, eu falo, recomendo...E vocês são GENTE bacana demaissss!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  13. Eiii Renata moça linda de viver!!!
    Obrigada por vir aqui me conhecer... Agora sou eu que me emociono com suas palavras, sua vida...OBRIGADA! Vou lá te conhecer melhor.
    Beijuuss no seu coração e na sua alma

    ResponderExcluir
  14. Vivemos da razão e sobrevivemos de sonhos...



    beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá Rê querida amiga,
    A tua dica é interessante.
    Já tinha pensado em pequenas colocações, mas não tem feito o meu género. Vou ver se encaixo a ideia e é provável que consiga fazer algo nesse tema que possa ir tendo algum interesse.
    Ah) e não quero fazer concorrência aos meus amigos do blog vagamundos. - brincadeira--- como conseguiria? eles são bons demais!
    Bjs e o meu kandando a atravessar tanto mar

    ResponderExcluir
  16. Amiga!

    Sou Portuguesa e senti-me muito feliz com os elogios. Obrigada.
    Conheço o meu país de lés a lés, como a palma da minha mão.
    Em contrapartida nada sei do seu in loco.

    Se quer conhecer melhor ou relembrar, visite Na Casa do Rau ou Só Imagens.

    ResponderExcluir
  17. Manuel Amado
    Você e sua sabedoria sempre... Imagina se não sonhássemos???
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  18. Fernanda seja muiiito bem vinda!!! Pode deixar que vou lá na Casa do Rau te conhecer melhor e matar um cadim da sôdade rsrs. Volte sempre!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  19. Kimbanda Amaaado
    Eu não sei qual o gênero do seu blog, nem mesmo o meu rsrs Pessoalmente, vou utilizando esse espaço para dar saída a tudo que me habita...Questões profissionais, emocionais, cotidianas, sei lá! Não tenho, como muitos blogs que leio, a intenção de algo... a não ser (pelo menos até hoje) essa troca maravilhosa e a colheita de novos amigos.
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico sem escalas

    ResponderExcluir
  20. Eu sonho em conhecer Portugal, terra de meu avô!Quem sabe um dia.


    Beijinhos pra vc Regina....tudibom!

    ResponderExcluir
  21. Sintra é fortemente verdejante, históricamente rica, tem cheiros e recantos próprios, micro-clima único, casitas de mil e uma cores, tem árvores e flores de todo este mundo. Aí as queijadas da "SAPA"...uiuiuiiii...que saudades, até me dá água na boca, e os travesseiros da "PIRIQUITA", quentinhos saídos do forno...inigualável.
    Minha terra, sítio onde prazerosamente trabalhava. Pequena e pacata vila, de gente afavél, graciosa e hospedeira, e que Castelos e Palácios lindos.
    Um pedacinho de Portugal, que é tão lindo e que a amiga Renata pôde apreciar, que bom sabê-lo.
    Xinhos enormes amiga Renata, eu fui lá em Dezembro passar o Natal com a família e rever os amigos.... estava tão linda a minha vila, bem decorada, cheia de luzes... parece fazer já uma eternidade, que saudades.

    ResponderExcluir
  22. BOM DIA.
    Desculpe a demora em responder, mas estou com meus filhos e genro aqui em casa desde terça-feira e tenho de entrar na fila para usar o computador (rs). Logo voltarei com mais calma.
    Obrigada pela visita.Eles vão embora amanhã cedinho e a minha filha está querendo sentar aqui para digitar uma prova.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  23. Eu sou apenas mais uma lusitana a frequentar este blog tão carinhoso para o povo português!;)
    Portugal é um país pequeno na sua dimensão, mas grande na diversidade e no coração das suas gentes.de facto, tem que visitar o norte de POrtugal!! é lindo!!
    Entre o verde do Minho onde resido, e a neve que se faz sentir hoje em Trás os MOntes (estou cá de fim de semana), tem, de facto, muita variedade em poucos kms!

    A população do interior é simples e genúina, pessoas que nos tocam pela simpatia e autenticidade.

    características que também tem o povo português..tanto o que reside cá como os que pude conhecer aí na sua terra..
    Vocês têm mais samba no pé, mas boa disposição é o que não falta aos portugueses também...vocÊs o que têm é uma grande vantagem...o sol!! o calor!!! e isso joga muito ;)

    até qualquer dia, aqui ao vivo por terras lusitanas!!
    ah, tambem partilho essa sede de viagens e descobertas....haverá algo melhor??? nãoooooooo
    bjs

    ResponderExcluir
  24. ah, queria dizer que essas são também as caraterísticas do povo brasileiro... e enganei me...gosto do seu povo...o de cá e o daí!

    ResponderExcluir
  25. Felina Amada
    Planeje, sonhe e concretize...vá que você vai adoooorar.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  26. Eyala Moça linda de viverrrr!
    Já estava com saudades de vc aqui!!!! Pois então...ameiiii ter conhecido esse cantinho seu e de toda a família. Agora já tenho outros lugares indicados por vocês, para quando eu voltar.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  27. Isabel Amada
    Então mora aí no norte onde vou ter que ir...que obrigação essa, horrível rss!!! Realmente esse país TROPICAL, abençoado por D'US e bonito por natureza, mas que beleza... tem essa pequena vantagem em relação a Portugal rsrs! Já imaginou euzinha aí ao vivo e a cores (preto e branco não rsrs)conhecendo todos vocês? Êita sonho bão dimaaiiss prá sonhar!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  28. Sil Amiga
    ISQUENTA NÃÃÃOOO! Curta sua família que é o bem mais precioso que temos.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  29. quem sabe um dia a gente não se encontre mesmo! grande ideia..passar do virtual para o real!até jáaaaaaa

    ResponderExcluir
  30. Olá Regina!
    Já vi que este seu post tocou de perto o sentimento de muitos portugueses... e lhe está a dar "muito trabalho" mas certamente bastante mais prazer em responder a quem a ele reagiu. E eu vou fazer aumentar esse número ... e o seu trabalho; aguente-se!

    Olhe! Eu acho, com os aninhos que já tenho por cá, que a paisagem, no seu essencial, não mudou muito: é aquela que a Natureza nos deu, só que mais bem cuidada, com uns dinheirinhos que cá foram chegando, assim como que caidos do céu ...
    E as pessoas também não; nós gostamos de receber, de tentar que as pessoas se sintam bem, sendo verdade-digo eu- que as pessoas mais autênticas se encontram fora dos grandes centros, nos lugares que ainda conservam a sua identidade própria, as suas raízes.
    Sintra - a parte velha - é de facto um sítio encantador, com um ar meio decadente nalguns lugares, e de que eu gosto muito: já Lord Byron também gostava, e ali se inspirava.
    E, depois, tem todo o o resto - como o Alentejo, ou o Minho - com gente muito bonita - tal como a paisagem e a belíssima gatronomia, e um imenso sossego, onde nos sentimos muito bem - connosco e com os outros.
    Quanto aos funcionários do aeroporto, eles, no fundo, não representam ninguém a não ser eles próprios; estão ali, desenraizados - imigrados de outro lado, quando, no fundo, gostariam certamente de estar no lugar de onde vieram.
    E por aqui me quedo, por hoje.

    Beijinhos.
    Bom domingo.
    Vitor

    ResponderExcluir
  31. Pois é... Também já ouvi o mesmo comentário acerca da União Europeia e seus efeitos na terra de Camões. Sinceramente, não entendo o porque de tanto "abalo", mas quem sou para entender disso... Da primeira vez, foi engraçadíssima a conversa com o funcionário que cuidava dos passaportes no aeroporto de Lisboa. Era 98, ano da EXPO, pode ser que isso tenha dado um chá de "paratiquieto" nos que trabalham naquele labirinto... Mas o gajo era estudante de letras e gostava de Agustina Bessa-Luis, uma escritora muito boa, mas difícil de gostar! Imagina só... Ruim foi a receptividade, quando de passagem por Lisboa, para ir ao Brasil, no ano passado. Tinha direito a um pernoite, dado que o voo para BH só saía no dia seguinte ao da minha chegada de Zagreb. Quase hora e meia andando de um lado para o outro, à procura do motorista que me levaria ao hotel. Ninguém sabia dele. E ele estava na porta do desembarque, a lixar as unhas, mas não tinha o "mico" com o meu nome... Para minha surpresa, também esse cachopo era simpático e agradável de conversar... Nada como estar vivo para experimentar as diferenças!
    beijinho

    ResponderExcluir
  32. Olá Renata,

    Sem pessoas, nada mais faz sentido na vida. E quem tiver a oportunidade de conhecer o mundo, acabará por descobrir que para caracterizar todos os outros povos terá de escrever o mesmo que aqui se escreveu sobre os portugueses e os brasileiros. Seja onde for, encontramos gente boa e gente má, gente interessante e gente desinteressante, limpa e suja, educada e mal educada, simpática e arrogante. Os povos do norte, que passam meses a fio sem luz solar, são realmente mais fechados e até um pouco tristes que os do sul, que vivem a olhar o sol todos os dias, mesmo quando as nuvens o tapam por completo e o céu parece cair sobre nós, num chuveiro frio e forte. E quem viajar pelo mundo, também acabará por descobrir as rivalidades absurdas entre países vizinhos ou "irmãos", como as que há entre portugueses e espanhóis, e entre portugueses e brasileiros. Ou entre franceses e belgas, holandeses e alemães, argentinos e chilenos...
    No caso concreto do momento actual entre Portugal e o Brasil, há que entender que os reflexos de fenómenos como a imigração brasileira para Portugal, que desde há década e meia desceu muito nível, com vagas e vagas de trabalhadores não qualificados que vieram ocupar-se dos trabalhos mais básicos, como em tempos mais distantes sucedeu com os portugueses que foram para o Brasil; de tal modo que ainda hoje os portugueses são vistos no Brasil assim como europeus de segunda. O tráfico de mulheres, usadas e abusadas na prostituição, também manchou em Portugal a imagem dos brasileiros, tal como o recente surto de criminalidade violenta que está a afectar Portugal é associado a estrangeiros, provenientes dos países do leste europeu, mas também do Brasil. Aliás, quem ao pensar no Brasil não vislumbra desde logo a insegurança como o maior problema do país? Mas não me sinto propriamente um privilegiado ou sortudo por já conhecer cerca de um terço do território brasileiro sem nunca ter sido assaltado. É que lá, como cá, há lugares bons e maus para ir. Eu procuro os primeiros e evito os segundos. Pensem nisso antes de mais julgamentos...

    Abraços,

    Alexandre Correia

    ResponderExcluir
  33. Vitor Amado
    Já estava sentindo sua falta aqui!!! Anotei as dicas tooodas e me aguarde...como já disse, agora tenho muitos motivos para retornar a Portugal! O maior e melhor: conhecer tooodos vocês...já imaginou que farra?
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  34. Zé Amado
    Quem sou eu para comparar minhas experiências de viagens com você!!! E é isso, amigo, cada vez que viajamos novas experiências vão marcando nossa alma.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  35. Alexandre Mininu Sumiduuuu, jornalista Amado
    TÔ com saudades...inda bem que apareceu! Só trabalhando, trabalhando? Tudo que escreveu é fato e não tenho, infelizmente, nada a acrescentar a não ser constatar e lastimar...
    Não some tanto assim não... seus comentários são prá lá de aguardados!
    Beijuuss n.c onde quer que esteja nesse mundão de D'US

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget