Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 6 de abril de 2010

QUEM SOU EU???

Nesta altura da vida já não sei mais quem sou.... Vejam só que dilema!!!
Na ficha da loja sou CLIENTE, no restaurante FREGUÊS, quando alugo uma casa INQUILINO, na condução PASSAGEIRO, nos correios REMETENTE, no supermercado CONSUMIDOR.
Para a Receita Federal CONTRIBUINTE, se vendo algo importado CONTRABANDISTA.
Se revendo algo MUAMBEIRO, se o carnê tá com o prazo vencido INADIMPLENTE, se não pago imposto SONEGADOR.
Para votar ELEITOR, mas em comícios MASSA, em viagens TURISTA, na rua caminhando PEDESTRE, se sou atropelado ACIDENTADO, no hospital PACIENTE.
Nos jornais viro VÍTIMA, se compro um livro LEITOR, se ouço rádio OUVINTE.
Para o Ibope ESPECTADOR, para um apresentador de televisão sou TELESPECTADOR, no campo de futebol TORCEDOR.
Se sou PALMEIRENSE , SOFREDOR.
Agora, já virei GALERA. (se trabalho na ANATEL , sou COLABORADOR ) e, quando morrer... uns dirão... FINADO, outros .... DEFUNTO, para outros ... EXTINTO, para o povão .... PRESUNTO.
Em certos círculos espiritualistas serei ... DESENCARNADO, evangélicos dirão que fui .....ARREBATADO.
E o pior de tudo é que para todo governante sou apenas um IMBECIL !!! Como brasileiro, ... se me passo por PATRIOTA, na verdade sou ....IDIOTA !!!
E pensar que um dia já fui mais EU.
(Mais uma crônica, fantástica, atribuída ao meu amado Luiz Fernando Veríssimo...sei não)

17 comentários:

  1. Luís Fernando sempre aproximando as pessoas e as divertindo adoro ele de montão também,beijos;**

    ResponderExcluir
  2. Que fantástica reflexão! Por isso é que eu não voto, 'nunquinhas', jamais! Faço a minha parte e tá bom demais! Ops! uma rima! Marco minha posição anulando e não compactuando, certo? Que país é esse?... Se souber, me responda. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Rê,
    Muito bom humor que se adapta perfeitamente ao meu país.
    De resto, o hábito de rotular tudo é terrível e em vez de personalizar, generaliza.
    Tudo de bom e muita alegria no teu coração, (obrigatório).
    Kandandos a atravessar tanto mar.

    ResponderExcluir
  4. Bom humor nunca é demais e este até dá que pensar!
    beijinho

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Regina.
    nossa, é dfe confundir a cabeça mesmo.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana para você.
    Beijo grande.
    Saudações Educacionais !

    ResponderExcluir
  6. Quem sou eu para mim? Só uma sensação minha ...

    (Fernando Pessoa.)

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga.
    Lamento dizer-te que ficou incomplecto :

    Faltou dizer que prós Amigos és ... "FABULOSA" !!!

    ... e isso é o que realmente conta !

    Um Beijão fabuloso, procê !
    .

    ResponderExcluir
  8. Olá Regina!

    De facto, é caso para perguntar: "como pode um só homem carregar com tantos adjectivos" ?

    Beijinhos, alegria, e viva a boa disposição!
    Vitor

    ResponderExcluir
  9. O importante é re-encontrar sempre o EU no meio de tanto qualificativo...
    bj

    ResponderExcluir
  10. Thais, amada!
    É isso...ele aproxima as pessoas! Com você e mais meio mundo, divido o Luis rsrs.
    Beijuuss n.c.

    Ângela, amada!
    Esse homem né brinquedo naummm...Como vc mesma já escreveu aqui: também filho de quem é...(edição melhorada e revisada rsrs) O que mais gosto e me identifico muiiito, é com seu humor refinado e muitas vezes escrachado!!! Quanto à sua questão...tenho resposta nauuuuummm.
    Beijuuss n.c.

    Kimbanda, amado!
    Só muda o cenário, o figurino, o resto é tudo igualzinho em qq lugar do mundo!!!! E a tal da PADRONIZAÇÃO para obtenção do certificado de qualidade??? Nem te conto...deixa prá lá!
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico, sem escalas.

    Isa, amada!
    Me lembrei de Freud... Ele sabia que mais importante do que teorizar sobre o humor e a ironia é saber usá-los no dia-a-dia. São formas terapêuticas, que tornam nosso cotidiano mais ameno. E, em especial, são úteis nos momentos mais agudos!
    Beijuuss n.c.

    Sil, amada!
    É fábrica gratuita de fazer doido rsrs
    Beijuuss n.c.

    Manuel, poeta, amado!
    Só mesmo você para nos brindar e acrescentar com esse Fernando...Pessoa única! Acrescento então: "Porque eu sou do tamanho daquilo que sinto, que vejo e que faço, não do tamanho que as pessoas me enxergam."Carlos Drummond de Andrade.
    Beijuuss n.c.

    Ô Rui, amado!
    Assim vou ficar envergonhada rsrs OBRIAGADA!!! Acabei de ser atacada pela Síndrome de T.M.A. (TÔ ME ACHANDO)rsrs
    Beijuuss n.c.

    Vitor, amigo, amado!
    A gente nem se dá conta, não é mesmo? Somos chamados, definidos, enquadrados em tantos, que só mesmo quando um escritor, como esse, escreve algo assim, paramos para refletir!
    Beijuuss n.c.

    Isabel, diva, amada!
    E esse re-encontrar do EU é o meu ganha pão...Pode? Trabalho difícil, mas gratificante!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  11. "Eu que me aguente comigo e com os comigos de mim..." (Fernando Pessoa)

    E são inúmeros comigos de mim, não é?

    Moça, sobre aquele selo que você gentilmente me achou merecedora, eu já havia recebido um de uma amiga, o qual inclusive já está na minha página. Sou meio tonta no ato de lidar com a blogosfera, portanto adoraria que você me ajudasse a elucidar se devo ou não colocar outro. Ou melhor, outros, já que tenho também outro presentinho desse.

    Rsrs... estou me sentindo importantérrima.

    Beijocas carinhosas.

    ResponderExcluir
  12. Pétala Rosadinha, amada!
    Sou tão ou mais tonta que você nessas coisas da blogosfera. Penso que você, talvez possa, se quiser, mencionar todos os selinhos que recebeu. Se deve ou não colocá-los em sua página, isso é com você. Para mim, o importante é vc aqui no nosso Divã e foi isso, sua presença amiga que me fez homenageá-la!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  13. Esse texto todo me deixou 'fora de si', rs, tambem nem sei mais quem eu sou. Um otário que sustenta uns párias em Brasilia, um poeta de linhas tortas que presenteia os amigos com singelas palavras, um louco jogado ao vento que nesse momento adoraria uma água de côco, uma rede e o toque suave do vento... Fui! Bjs!

    ResponderExcluir
  14. André, amado!
    Deixei procê um escrito enoooorrrrme, se não entender, se quiser saber mais, manda um email, ok? Se é louco, somos dois então rsrs Tem uma vaga nesse momento seu? TÔ DENTRO DESSA EXCURSÃO rsrs. Eu ando dizendo um cadim diferente docê: Pára o mundo que eu quero descer!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  15. Fernando Verissimo é perfeito... AMEI essa crônica, nunca tinha lido, e me apaixonei...

    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
  16. Carlos Augusto, amado!
    Apaixonar por esse homem é fácil messsmo!!! Que booommmm que amoooouuuu a crônica...eu também, muitas vezes, amooooo de viverrr coisas que leio, escuto, vejo.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  17. E não é que fica cada dia mais difícil se saber quem se é??? Razão teve a Cecília Meireles: "Em que espelho ficou perdida a minha face?"
    Evoé!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget