Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

DIA D... DECISÃO

Estive numa reunião e ouvi um amado dizendo que já fazia dois anos de blog e que não tinha tido retorno financeiro.  Você teve? Perguntou-me ele. Não criei o Divã para tal e nele nunca fiz propaganda do meu trabalho, respondi. Algumas vezes relato minhas expervivências profissionais, outras tantas de minha vidinha chinfrin e quase sempre montes  de divagações. Ele se tornou um meio, onde além de encontrar pessoas maravilhosas e suas vivências, histórias incríveis, aprendizagem. Fiz dele o meu divã diário.  Descobri mundos sem fundos. E gosto de o simples escrever.  
Participando da conversa, uma irmiga afirma: Ah, mas a Rê dispensa muito tempo com o dela. Não sei quantas horas gasta por dia. Responde todo mundo. Virou uma obrigação!
A pergunta dele agregada à afirmação de que agora vai conduzir seu blog mais light e a palavra obrigação remexeu mais com minha - instalada - bagunça interior. Sentimentos contraditórios que venho vivendo faz tempo.
Uma vez Rike, em um dos seus comentários, disse-me que era uma “mulher máquina de escrever”.  Talvez seja essa a definição. Vou dedilhando. Escrevo o que vivi, compartilho minhas angústias tanto quanto as alegrias que colho ao longo dos dias. Nada além. Tenho sim, o cuidado de escolher uma imagem, música, citação e claro que isso demanda horas. As visitas faço com prazer e leio, realmente leio, toda a postagem para tecer (quando tenho algo) um comentário. Horas e mais horas. Muita e muitas vezes em madrugadas insones ia deixando fluir e quando percebia, o dia amanhecia e tinha ali algumas postagens que me permitiam deixá-las programadas. Mas, como na vida não há programação que a sustente, as intercorrências me faziam escrever outras coisas. E passavam-se os dias. Todos os dias postando. Desde o final do ano passado afirmei, para mim mesma, que esse ano seria diferente. Estava me sentindo viciada. E como uma adicta ficava louca com a abstinência das horas sem visitar, conhecer os novos amigos, ler os comentários aqui deixados.
Bem no recheio dessa confusão comecei a sentir um esvaziamento de palavras, os dedos parados diante do teclado e até mesmo uma apatia preguiçosa. Vocês já me conhecem o suficiente para saber como gosto de visitá-los e recebê-los aqui. Meus amigos de convivência sabem que quando não estou “inteira”, de bem comigo mesma, nem adianta que não saio nem na janela. Fico quieta. Encasulada.
 Divido tudo isso com vocês por não saber que rumo darei ao Divã. Preciso implicar comigo mesma, desenrolar esse emaranhado de emoções e dar seqüência na vida. Lech lechá (assim convoca D’us a Abraão) vá a si, até a terra que te mostrarei.
Não vivo do Blog. Bem que gostaria. Venho me alimentando sim, com o carinho, amorosidade de muitos de vocês e por isso – sempre – o meu OBRIAGADA!  Mas isso, infelizmente, não paga minhas contas e não coloca o pão na mesa. Depois de muito pensar vou tentar estar aqui as terças, quintas e domingos. Como ando perdida nesse caminhar nem isso sei se vou cumprir... Quem sabe assim encontro minha "terra prometida" e posso andarilhar - desobrigada - pelas terras de todos vocês com o coração descalço de premências. "Sei que realmente nada sei"... Espero que compreendam. E claro, nunca se esqueçam: AMO VOCÊS DE VIVERRR! (RR)
Imagens: Internet

38 comentários:

  1. Será que consegues? Mas é biom mesmo ter tempo pra outras coisas,é verdade!O blog toma bastante tempo se formos dedicados ao nossos leitores.beijos,lindo diam,chica

    ResponderExcluir
  2. Re
    toma tempo sim, e muito.
    Vicia sim, e muito.
    Já estou pensando em montar o BA (Blogueiros Anônimos) pra ajudar as pessoas a se soltarem um pouquinho e...claro serei uma participante ativa.
    Quem será que pode nos ajudar com isso, nos conduzindo para um blogar mais suave, leve?

    Sério, precisamos respirar.
    Há vida além dos blogs e ela precisa ser vivida.
    Te compreendo.
    Também amo você de VIVERRRRRR!!!!!!
    E agradeço, sempre, pelo carinho e força que vc me dá.

    Encontra tua Terra Prometida e segue
    em paz.

    Gratidão

    ResponderExcluir



  3. ai...taquicardia...boca seca...tremiliques no corpo todo..

    já estou pressentindo o que sua falta irá fazer em mim...

    mas entendo e aceito qualquer decisão sua!!!Não sem reclamar ...claro, senão não seria eu!!!


    beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  4. Olha, olha... Não dê ouvidos à oposição.
    Beijos de ternura imensa.

    ResponderExcluir
  5. Rêzinha, minha amiga, conheço de sobra a sua generosidade e entendo esse momento. Segue em paz. Também já tive as minhas dúvidas, tenho meus momentos de preguiça e resolvi só postar quando der aquela vontade irresistível de por os dedos nas teclas. Posso passar um tempo postando sem parar, mas me dou o direito de parar e caminhar para outras paragens. 'Realimentação': muito a propósito para quem tem um blog sobre comida...
    Luz, muita luz na jornada. Que Deus a abençoe. Beijinhos da Angelinha, sua amiga a quem você sempre deu tanto estímulo.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Rê, a gente vem falando disso já há um tempo, e sei bem como está/anda esse teu "coração descalço de premências"(ahhhh! essa vou imortalizar, tamanha a TUA beleza!), provavelmente pq nossos sentimentos se assemelham muito.
    A presença na blogosfera ilude muito, induzindo-nos a pensar que aquele que é visto é lembrado, logo, não dá pra se afastar, ou nossos amigos se mudarão para outros recantos...algumas amigas queridas tomaram a mesma decisão e a estão cumprindo, vez ou outra quebram o silêncio com uma postagem de saudade ou arrasam logo, rasgando os sentimentos que atendem ao apelo de escrever, ainda que descumprindo um calendário pessoal. O que vejo é o sistemático compartilhar daqueles que permanecem visitando esses cantinhos, onde privilegiam a pessoa, o conteúdo - desconstruindo a crença do que não é visto, não é lembrado.
    Esse discurso todo...rs...é pra te dizer que teu destino é carregar estes amigos no coração descalço, que permanecerão, brindando as terças, quintas e domingos - e os dias transgressores!!!

    TE AMAMOS DE VIVER, e tuas expervivências são indispesáveis, e vc, incomparável - ou esta "mistura" inexplicável é ao contrário, não importa...indispensável é sentar neste Divã, ao lado da incomparável Diva Rê!

    Um beijo especial, e meu carinho de sempre, irmigamada de viveeeeerrrrr!!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Regina!
    Entendo você perfeitamente. Essa coisa de blog vicia mesmo, às vezes te faz perder algumas coisas por ele, em nome da qualidadede. Ainda mais quando se tem amigos com blogs interessantes e comentários inteiramente relevantes.
    Fiquei uns dez dias afastados pra "desintoxicar" um pouco. Tinha horas que ficava em frente ao computador, e memos com as infinitas possibilidades da internet, não tinha nada pra fazer!
    Meus posts estão todos programados até julho, mas a partir do mês que vem (março) passarei a escrever um dia sim outro não. Num mês nos dias pares, no outro nos ímpares. Vai dar pra pensar melhor e fazer mais coisas. Mas continuo escrevendo no meu caderno!
    Assim como você, também nunca ganhei um centavo com o blog, também o faço por prazer, uma necessidade de expressão!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  8. Querida Rê, bom dia.
    Nós que te amamos compreendemos perfeitamente as correrias da vida. Eu que já estou aposentado, às vezes não tenho tempo para ler seu blog, quanto mais escrever!!!
    A fotografia, a família, agora uma reforma em casa, deixa tudo mais difícil.
    Vá e volte quando der e/ou achar necessário, que estaremos por aqui, aguardando.
    Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
  9. Rê querida !!
    Claro que todos nós temos momentos que estamos mais ou menos por aqui. Sem "obrigações" NUNCA !!!
    Esse canto é pra nos dá prazer e preencher horas de ócio produtivo.
    Você é uma querida e como sempre estarei - quando a vida corrida também me permitir - por aqui me deliciando com suas postagens.

    um beijo enorme

    ResponderExcluir
  10. Entendo perfeitamente.
    Se for assim terças, quintas e domingos.
    Tudo isso vai aumentar ainda mais a minha ansiedade, eu me conheço.
    Temo, pela Segundas, Quartas, Sextas e Sábados.
    Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz.
    Antoine de Saint-Exupèry
    Tudo isso para dizer uma única coisa.
    Seja feliz, Regina,é só isso que importa.
    Obrigada até aqui.
    Beijos
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Rê, para mim, o blog é uma atividade prazeirosa e descompromissada, pois já estou aposentado e isso é o meu lazer.
    Realmente não me dá nenhum lucro material, mas já me deu muita satisfação.
    Entretanto, se está tomando o teu tempo a ponto de interferir com o ritmo ideal de tua vida, é melhor mesmo moderar o ritmo.
    Só a lamentar se a tua presença marcante nesta blogsfera se tornar escassa, pois as tuas postagens são sempre interessantes, alegres e agradáveis.
    Mas, creio que eu e a maioria desses seres deste mundo virtual/real ainda estaremos aqui, quando quiseres expressar tuas ideias e conferir alguma opinião!
    Ou apenas jogar conversa fora...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Olá Regina,

    Que peninha saber que desgustaremos menos dessa delícia de divã, mas é compreensível: Blog toma tempo e a vida é, por si só, corrida demais!

    O mais importante é não nos abandonar de vez...

    Grande beijo para ti!

    http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. A programação das "terças, quintas e sábados" parece um tipo de reorganização. Uma atitude metódica da Terapeuta.
    Tudo flui naturalmente, como as águas do rio.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  14. Rê minha querida...
    Qualquer decisão tomada será
    aceitada.. SÓ não podes sumir
    não faça isso , venha uma vez por semana
    que seja mas venha...

    beijos meus ah vc linda minha..

    ResponderExcluir
  15. Oi Rê!

    Totalmente apoiado! O blog tem que ser um prazer, não uma obrigação, não é mesmo? Só sei que adoro esse espaço, e vou continuar visitando-a sempre, aprendendo contigo, chorando e rindo com seus posts incríveis e mágicos.

    Beijão

    Carla

    ResponderExcluir
  16. Regina,

    Guria querida, a vida corrida de hoje em dia está a trazer toda essa tortura a muitos blogueiros.
    O blog deve ser algo bom na nossa vida, se está nos atrapalhando por qualquer motivo temos que dar um tempo, e isto tem acontecido com diversos amigos blogueiros.
    Eu estou na mesma situação que o Leonel, já estou aposentada. Então posso fazer do meu blog uma diversão, não importa quantas horas eu com ele gaste.
    Sentiremos a falta da tua presença constante, mas o que puderes dar de teu tempo será sempre recebido de braços abertos pelos amigos deste mundo virtual!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. - Pouse, gaivota... pouse e descanse um pouco.
    - Mas não se esqueça de mim...
    - Beijos (já) saudosos...
    - Até o próximo voo!

    ResponderExcluir

  18. Faça o que seu coração mandar,mas saiba que vou sentir muito sua falta, seu carinho! Força, paz e luz minha amiga! Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  19. ai ai ai, RÊZINHAA, tudo bem, mas se você sumir eu juro que eu te busco onde tu estiver e dou-lhe uma surra e ainda chamo o xipan zeca, sabe, aquele peludim? pois é, ele me ajuda e a gente te pega.
    Beijosssssssssssss

    ResponderExcluir
  20. Ei Regina!
    Entendo perfeitamente tudo o que disse porque também já passei por isso. Tive que fazer um certo controle do meu tempo de blogagem, mas agora realmente faço o que quero e blogo quando dá, pois blogar é para mim uma atividade prazeiroza, principalmente depois de um dia de trabalho. Posto quando tenho coisas para escrever e comento quando realmente tenho algo para falar.
    Precisamos encontrar nosso ponto de equilíbrio não é?
    Você deve fazer o que você acha correto e o que seu coração mandar.
    Gosto muito de vir aqui, leio a maioria das suas postagens, mas não comento todas porque ás vezes o que vou dizer exige uma elaboração e a preguiça fala mais alto.
    Sou de escrever pouco, mas como quase já fiz um post, vou ficando por aqui.
    Deixo abraços de solidariedade e digo que sempre estarei por aqui.
    gd beijo

    ResponderExcluir
  21. Ei, Regina! Às vezes me pergunto porque continuo postando no meu blog já que não tenho milhões de seguidores, nem ganho nada com isso, mas sabe, tenho alma de escritora, amo escrever e compartilhar meus pensamentos sem sentido e esse momento angustiante que tenho vivido e se ajudar pelo menos 1 pessoa, posso morrer feliz!!! Continue escrevendo no seu tempo, faça por prazer, porque gosta, nao é uma obrigação! Abraços

    ResponderExcluir
  22. Ói minha querida Rê! Tocou no ponto certo !
    Eu sinto o mesmo : Toma muitíssimo tempo, afasta da família, rouba nos afazeres pessoais, vicia e muito mais.

    Eu faço questão de responder a cada comentário. Se juntarmos a isso, as visitas aos amigos, com ou sem comentários, arranjar novos posts com a criatividade e interesse possíveis, quase se vive para o blog !

    Tenho comigo uma vantagem muito grande que é a de nunca ligar antes das 10 da manhã e encerrar sempre antes da meia noite.

    Vantagens encontrei muitas: amizades virtuais e principalmente (você é psicóloga) uma transformação muito positiva na minha personalidade. Até antes, era demasiado introvertido ; após, sinto-me completamente diferente, encarando as relações pessoais de um modo muito mais aberto, positivo, alegre e à vontade, com qualquer desconhecido !
    Isso, para além de manter a cabecinha a trabalhar, escrevendo, pesquisando, estudando !
    Não me dá um cêntimo a ganhar e no entanto estou-lhe muito grato !

    Beijão minha querida !
    .

    ResponderExcluir
  23. Querida amiga, adoro vir aqui e ler os belos textos que você escreve. Mas sei que com certeza não nos abandonará, venha quando puder, estamos sempre à sua espera. Beijocas

    ResponderExcluir
  24. OI REGINA...

    EU TE APOIO TAMBEM...SABE EU DISSE UM DIA PRA CARLA DO PIB...QUE SE FOSSE PARA MEU BLOG ME DEIXAR TRISTE..ME FAZER INFELIZ..EU DARIA UM TEMPO OU ATE DELETARIA..FIQUEI UNS DIAS SEM ELE E ME FEZ FALTA...DEPOIS APRENDI A CONVIVER COM O BLOG...APRENDI MUITA COISA AQUI ;;..E TAMBEM ME DOU DIREITO DE OUTRAS SABE?ADORO SEU BLOG..COMO JA DISSE É UM DIVÃO MESMO CHEIO DE ALMOFADAS E AINDA NAS NUVENS ..EU VENHO QUI TODO DIA...AS VEZES PELA MANHÃ NÃO TENHO COMO COMENTAR MAS SEMPRE TO LENDO ...POR QUE SEI QUE ENCONTRAREI COISA BOA COMO EM OUTROS POUCOS QUE SIGO...ESSES DIAS ESTAVA PENSANDO QUE NÃO SIGO MUITOS POR UM MOTIVO SÓ..NÃO VOU CONSEGUIR SEGUIR VERDADEIRAMENTE SABE?NÃO VOU TER FORÇAS FISICAS PARA LER E RESPONDER A TODOS POR ISSO TENHO ALGUNS ...QUE MESMO ASSIM DEIXO DE RESPONDER E ISSO ME DA UMA TRISTEZA..SABE AQUELA HISTORIA DE RETRIBUIR?ENTÃO..MAS OLHA FIQUE TRANQUILA NOS ESTAREMOS AQUI NAS TERÇAS NAS QUINTAS NO DIA QUE VOCE QUIZER...E MESMO QUE VOCE NÃO ESTEJA AQUI...AS VIBRAÇÕES BOAS QUE NOS JA TEMOS ..E O ELO...NÃO TEM QUEM APAGUE...QUERO TE DIZER QUE EM MUITAS VEZES VOCE SEM SABER ME RESPONDEU MUITA COISA...E QUANDO EU FALO ANJA..NÃO É ZOANDO NÃO EU FALO SERIO..POR QUE VOCE TEM ATIDUDE DE ANJA MESMO..APAZIGUA..ACALENTA ACALMA..E DA AMOR SEM PERCEBER ...VAI LA QUERIDA DESCANSE ..PROGRAME SEU TEMPO E VIVA FELIZ,,
    RE VOCE ESTANDO FELIZ PRA MIM JA BASTA


    BEIJOS

    FIQUE COM DEUS E BEM....
    OTILIA

    ResponderExcluir
  25. Oi RÊ,

    Amada, só posso desejar toda a sorte que tem neste mundo afora.

    Escrevi um email a você.

    Te amo muito e obrigada por tudo.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  26. Oi Regina,
    Para mim o blog é uma necessidade de antes de nada, da escrita terapêutica. Foi por isso que eu comecei e o mantenho...os comentários e amigos como você foram uma agradável e inesperada surpresa, mas me impor o compromisso de comentar, dentro do valioso tempo, a cada post que alguém coloca dos blogs que eu sigo e gosto...isso eu não faço não. Gosto de comentar quando algo realmente me toca ou sinto vontade de contribuir como agora:antes de passar aqui, eu estava revisando um treinamento que darei amanhã sobre administração do tempo, sendo que a internet pode ser sim um grande ladrão do tempo de outras coisas também importantes para você. Por isso planejamento sem rigidez é fundamental. Acredito que a sua preocupação é muito lúcida. Para alegrar sua neurose um video que diz tudo: A Vida de um desorganizado!rsrsrs Beijo
    Bia
    http://www.youtube.com/watch?v=PMoINjIgE3o
    Ps: escrevi para caramba neste comentário, mas o tempo para dedicar meu carinho a você valeu a pena!

    ResponderExcluir
  27. Quando criei o blog um amigo vivia me azucrinando com esse negócio de faturar com ele. Nunca quis. Nunca vou querer... Espero continuar me divertindo por aqui como agora, sem pressão pra postar ou comentar os amigos. Sinceramente não consigo levar tão a sério ao ponto de achar que está interferindo na minha vida "real"...

    Que pena que isso te incomoda agora e estar no blog não te é mais tão prazeroso. Lamento porque vou sentir falta. Lamento porque você dá vida a isso aqui. Lamento porque você é minha amiga e ler teu diário virtual é uma maneira, de certa forma, de estar acompanhando tua vida, teu dia-a-dia.

    Não vou dizer que compreendo de jeito nenhum! Nesse momento estou te achando muitíssimo chata, feia e boba.

    Inté!

    ResponderExcluir
  28. Rê querida, sinto que atravessamos momentos parecidos...estou viciada no blog e com isso deixo de viver a vida real. Não consigo mais visitar todos os amigos que desejo...Meus livros demandam tempo para revisá-los, lê-los trocentas vezes, tirar, acrescentar...quando vejo, estou insone, madrugada a fora, com mil afazeres me esperando na casa e na vida...Aí, me pego pensando: isso não é vida! Por mais que adore meu bloguito, mas continuar assim, vai me deixar com problema de vista rsrsrs, entre outros....Te entendo e apoio, tb eu preciso dar um jeito no meu viver....beijão,

    ResponderExcluir
  29. Não Milene, não mesmo... O Divã não está interferindo na minha vida "real". É a minha vida "sonhada" que anda interferindo no divã nosso de cada dia. Não minha minina-ternura, é absolutamente prazeroso estar aqui e em suas casas...desprazer é estar assim: voando kamicaze!
    Não vou embora...só quero voltar a sentir a boa hora de quando pousar.
    Agradeço a todos vocês, amados meus, por compreenderem e estarem aqui, ali, em qualquer lugar comigo!
    Beijuuss no coração

    ResponderExcluir
  30. Lembras-te de me dizeres que o meu delicado som esta por demais silêncioso?
    Já pensei no mesmo que tu, o blog deve ser o espelho da nossa alma, logo se não o direcionar-mos no sentido contrário ao da obrigação, vamos acabar por escrever só por escrever.
    Dá um tempo, vai visitando os outros e espalhando o teu charme.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  31. Querida Regina,

    Há pouco tempo desabafei no meu blog sobre esta questão blog x tempo e você deixou estas palavras:

    "...Tenho tentado me "policiar" rsrs, mas como um vício que tentamos largar, tenho recaídas, atrás de recaídas rsrs! Estou repensando o Divã faz tempo e quero (hei de conseguir!rsrs)até o final desse ano dar um outro rumo!..."

    Então, percebi que essa já é uma vontade sua bem antiga. Pois é, só você para saber o momento de repensar como levar o blog sem comprometer as outras atividades ou vice-versa.

    Mas, já vou avisando Re: por mais que você se organize e estude a melhor logística, acabará voltando à rotina de hoooras aqui no blog, sabe porque? Porque além dele ser a nossa terapia, é uma delícia compartilhar nossas idéias e obter respostas!!!

    Um beijo!!!!

    ps.: deixa eu te indicar o link de uma postagem escrita pela querida Erika Saab do blog Chá das Cinco. Nele, ela relata seu dilema blog x tempo. Muito bacana! Link:

    http://chadascincodiariovirtual.blogspot.com/2011/02/internet-amor-e-odio.html

    :)

    ResponderExcluir
  32. Eu penso assim,,,escrevo faz muito, muito tempo, um dia sem entender nada de nada, entrei nesse maluco blog mundo, nunca pensei em ganhar dinheiro com ele, a primeira ideia era apenas organizar meus texto, que moravam em bagunçados manuscritos,,,,não postava todo dia, e ainda sem entender muito, comecei a receber amigos,,,virou um vicio que adoro,,,é um vicio do bem, pois é sempre boa essa troca de ideias, de maluquices,,,de entender, ou tentar entender as pessoas e a si mesmo,,,,continuo não lucrando nada,,,mas amando isso,,,e bem perto de completar seis anos,,,,mas por fim,,,me rendeu um livro....grande beijo de bom final de semana pra ti querida.

    ResponderExcluir
  33. "Lech lechá (assim convoca D’us a Abraão) vá a si, até a terra que te mostrarei."

    AMEI!!! Que lindo!!!
    Re amadamiga, que bom que vc bem ao nosso Blog, teu comentário no meu Simples Assim foi tão belo que me deu vontade de fazer um post sobre ele.
    Vc nunca poderá deixar de blogar, viu? Pois a Vida fica sem cor, sem graça!
    Concordo tanto com o que vc escreveu.
    Quem se ilude sobre ganhar $$$ é desinformado mesmo. É infima a quantia que se recebe e o sujeito tem que postar diariamente. No final ganha uma "merreca".
    E , sinceramente, nehum dinheirim vale, um blog todo feio, intermeado de anúncios esdruxúlos"
    Imagina, entrar um anúncio de Viagra num blog espiritualista? ;)))
    Para ganhar dinheiro, é melhor trabalhar.
    Querida minha, vc me perguntou se estou melhor, ontem fui ao sexto "ista".
    Este especialista de coluna.Conceituado. Disse para eu esquecer tudo que me disseram antes. Eu estva muito preocupadapois há um edema e um edentamento para o canal medular todos diziam q se eu me mexesse, ele entrava mais.
    Como cirurgião que é, me mexeu de tudo qto é jeito e me mandou voltar pra hidroginástica.
    Que o osso já está calcificado, e não entra mais. O que me falat é fortalecer os músculos entorno. Ora, me mandavam nem andar!!??? vou começar... dispois te conto o causo. Se eu morrer, adeus! kkkk
    Beijos amada, neste iluminado coração.
    AMO TU!

    ResponderExcluir
  34. Regina amiga de corpo e alma,
    Vi seu dilema hoje e te respeito. Sua competência para gerir um blog não lhe falta e muitos vão sentir falta da sua forma de comunicar. Mas concordo com uma leitora qdo diz que blogueira se ilude muito.
    Dê um tempo,se retire de cena .Volte renovada.
    Já dizia Lulu Santos "há tanta vida lá fora e vc aí dentro .........."
    Respire,avante companheira !
    bjos

    ResponderExcluir
  35. Querida amiga Regina!

    Conheço bem essa fase da "fobia" "dependência" o que lhe quiserem chamar.
    Aqui passo o mesmo com o marido e os familiares que não se cansam de me dizer o mesmo...
    Já argumentei que se estou mais tempo aqui com os amigos virtuais é porque eles são menos interessantes...
    Levaram a mal e agora eu também já prometi, a mim mesma, reduzir e estou a fazer isso mesmo, tal qual tu.
    Venho só quando posso e não fico nunca mais do que, no máximo duas horas.

    A outra coisa que fiz e que está a resultar muito bem, foi dizer ao marido, que em vez de me criticar, me viesse buscar...
    Ele assim tem feito :)))))))
    Já não me perco madrugada dentro :)))
    Experimenta!

    Beijão

    ResponderExcluir
  36. Que pena! Agora que te encontrei...não te encontrei?
    Mas espero um dia, trocarmos boas conversas...boas idéias....bons fluidos.
    Uma noite feliz.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  37. Oi Regina!
    Esta é boa, nova para mim, isto de também poder haver retorno financeiro com os blogues.

    Deve estranhar eu vir comentar num post antigo, mas sabe, adquiri o hábito de vir aqui ao «to fora to dentro» procurar (não sei se fica bem dizer isto) algum alivio para um estado de angustia. Estou certo que compreenderá, não direi que faço dele o meu divã, mas não andará muito longe. Descanse, não sou nem estou doente, apenas passo por momentos de dolorosa solidão, mas nada de preocupante, acho que é uma fragilidade de velho. Rsrsrsrs
    E como acho que fica bem deixar um comentário de vez em quando e se gosto de todos os posts, fica num mesmo que antigo.

    Já me esquecia de lhe agradecer as visitas e os simpáticos comentários no «Meu Blogue»
    Obrigado. Tudo do melhor para si

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget