Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 11 de setembro de 2010

COMO É POSSÍVEL????

Não canso nunca de dizer que essa blogosfera é dimaiiiissss da conta!!! Ao ler o comentário do Miguelito, na postagem anterior a essa, me deparo com uma interpretação de Roberto Carlos e música que desconhecia por completo! E que, por completo (?), traduz o inexplicável desses mistérios da vida... Miguelito, duplo-anjo, amado: OBRIAGADA!!! Valeu mais que possas imaginar! O vídeo que encontrei ,com todas as imagens..., parece que foi gravado prá euzinha...

7 comentários:

  1. Que lindo Regina,

    a blogosfera depara-nos muitas surpresas!

    O vídeo é lindo!

    Um beijo enormeeeeee e oxalá já estejas bem.

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga, essa música é muito linda...Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Oii, eu não conhecia esta musica, mas adorei, como todas as outras do Rei!!!
    beijos
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Regina, linda música! Muito bom para que façamos uma reflexão! Obrigada pela visita ao meu blog e por palavras sempre encorajadoras. Fica com Deus e bom domingo! Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Amélia, amada!
    Estou ótima. Brigadim pelo carinho de sempre!
    Beijuuss n.c.

    Marilu, amada!
    A letra não é maravilhosa? Fiquei, realmente, "abestalhada" rsrs pois traduz o que não há explicação...só sensação!
    Beijuuss n.c.

    Luna, amada!
    Nós aqui, agarradinhas no Rei e não conhecíamos (não é o tipo de música comercializada, né?)E foi meu querido Miguel, do outro lado do Atlântico, que nos apresenta.
    Beijuuss n.c.

    Cris, amada!
    Se há alguém para agradecer, sou eu. Você é de tirar o chapéu!!! Um domingo ILUMINADO procê.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  6. Rê querida guerreira,

    ... saudade, é amasso outras vezes suavidade de uma brisa cálida a atenuar nossa alma.
    ...Por vezes... é dor lancinante.

    Saudades do que não se viveu, é possível e é sofrido.
    Essa é a capacidade que nem todos têm.
    Sentir como vivido o que apenas se desejou e repleto de intensidade.

    ...quem sabe, se viveu noutra dimensão.

    Beijo e kandando a atravessar tanto mar.

    ResponderExcluir
  7. Kimbanda, feiticeiro, amado!
    Tens sempre poesia prá traduzir o que carregamos na alma... mas tenho certeza que só mesmo alguém, com sua sensibilidade e vivência de uma saudade assim, entende o que falo.
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget