Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

HEAL

Essa é uma palavra que faz parte do meu dicionário de vida. Nunca precisei buscá-la, saber seu significado. Escolhi há anos como uma das minhas bandeiras. Sempre fui só mastro, tradutora, intérprete, aprendiz, mais um - entre tantos - simples instrumento DAQUELE que realmente operacionaliza  - amorosamente - a cura, melhora, cicatrização de feridas no corpo, na essência. Temos uma longa jornada pela frente para fazermos por muitos. Sempre escrevi aqui e ali que nosso trabalho é de formiguinha, de gota na imensidão de oceanos de tanta miséria. Mas o que seriam deles se não houvessem formiguinhas inisistentes, persistentes, que sonham com e por "um mundo melhor"? Nunca tive pretensões gigantescas. Tenho noção da minha insignificância na proporção idêntica e real de que posso fazer sempre mais. Quando acreditamos que chegamos no nosso limite, a linha se estende e percebemos que podemos mais, mais e mais. Eu posso, você pode, nós podemos. Conjugação no plural sempre me agradou, encantou, envolveu mais e mais do quê singular.
Sou NÓS cheia de nós que se desfazem quando comungo, conjugo e transformo em laços - de ação, emoção e amor - que nasce singularmente de plural. Este vídeo foi produzido por empresas voluntárias à causa do HEAL , inclusive o ator Jonas Bloch. É um laço que também faço parte. (Regina Rozenbaum)
P.S:" O HEAL é um hospital que cuida da saúde mental, capaz de atender as necessidades de diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde mental. Ao mesmo tempo, é uma instituição hospitalar de vanguarda, que dispõe de recursos tecnológicos e humanos": http://www.heal.org.br/


(Imagem: Foto de Geroge Portz/Laço Fonte:Internet)

14 comentários:

  1. Rê amada,
    eu conheço e tb faço minha contribuição de formiguinha.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Me emocionei com seu texto. De verdade.
    Ah! Nós e nossos trabalhos de formiguinhas, gotas no oceano... Que lindo isso!


    A saúde mental... Causa dada a sociedade que não enxerga.Sinto isso no dia a dia e sei na pele quando [que] alguém recebe um diagnóstico de "loucura" perde-se a identidade.
    CAPS nosso de cada dia... O tempo urge. O socorro pede!

    Amiga linda do coraçao, valeu meu dia seu post.
    Maravilhosa, voce!
    Beijo enorme...

    ResponderExcluir
  3. Oii eu não conhecia esse hospital..vou passar lá no site deles p\ra conhecer!! ótimo texto!!!
    beijuuu
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Talvez por não ser brasileira, não entenda, mas hospital e espírita, são duas palavras que juntas,não me soam bem ;)

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Regina amada.

    Hoje quando escrevi sobre os crimes da internet após postar fiquei pensando que o assunto poderia ir mais além, talvez este mundo virtual apesar de tantos fakes tenha os bons de coração, claro, e chegando aqui descubro que informação é tudo, quando se busca no lugar certo na blogosfera, vou me informar antes de dar qualquer opinião.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Me informar quanto ao HEAL, beijos e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  7. HEAL, Interessante Regina.
    Eu desde cedo convivi com o irreal, mas sem dramas, de uma forma muito natural, tão natural que quando meu Pai, falava com os homens que tinham no lugar da cabeça uma enorme abóbora, na minha curiosidade infantil, não havia tristeza e sim uma enorme curiosidade.
    Cresci, e conheci homens/mulheres, ditos sadios e lúcidos mental e material, mas com tanta maldade no coração, que eu posso jurar que são da família dos cabeças de abóbora do meu Pai.
    Trabalhei, por um bom período no HEAL de Guarulhos-SP, como voluntária.
    E hoje quem não tem essa visão humana, para o doente mental, pra mim é um cabeça de abóbora.
    E sigo cantando porque, mas louco é quem me diz e não é feliz, eu sou feliz.
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Querida Rê, lindo texto, amei! Belíssima imagem. Grande causa. Conheço a instituição: meu filho já foi atendido lá; uma pessoa da fraternidade espírita já estagiou lá, a irmã de um amigo já ficou internada lá e por aí vai...
    Divulgar é preciso, já que a vida é cheia de imprecisões. Valorosa contribuição. Beijos

    ResponderExcluir
  9. Fatinha, afinadora de minh'alma, amada!
    As formigas, de todas as espécies,são verdadeiramente sociais...Se aprendermos/agirmos como as operárias em suas várias funções (escavação e limpeza do ninho, procura de alimento,alimentação das larvas e rainha(s), alimentação de outras operárias, defesa da colônia, etc.) faremos um mundo melhor. Não tenho a menor dúvida que vc é uma GRANDE formiguinha!!!
    Beijuuss n.c.

    Minina-essência, amada!
    Instante de ver, tempo de comprender, momento de concluir... conclusão em ações nossas de cada dia, verdadeiro ato analítico, para não sucumbirmos a acting-out!
    Beijuuss n.c.

    Luna, amada!
    Vale a pena conhecer... é desenvolvido um trabalho maravilhoso, onde o sofrimento psíquico é tratado com dignidade.
    Beijuuss n.c.

    Isa, amada!
    Posso lhe assegurar (se é que vale rsrs) que hospital e espiritualidade caminham "par e passo" em qualquer lugar do mundo!
    Beijuuss n.c.

    Renatinha, amada!
    Ainda bem que deixou tudo bem explicadim rsrs Se informe sim, minha linda, vale a pena!
    Beijuuss n.c.

    Wilma, amada!
    "Cabeça de abóbora" ainda não tinha ouvido e olha que conheço muiiiitos tipos de cabeças!rsrs
    Beijuuss n.c.

    Ângela, iluminada, amada!
    Brigadim amiga. É realmente um trabalho ADMIRÁVEL. Desde os tempos acadêmicos (bota tempo nisso hein?rsrs) lá foi o estágio - hospital psiquiátrico - que mais me "identifiquei" (será pq causa de quê?rsrs)e nem fazia a menor idéia dos caminhos que iria seguir...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  10. Seu texto é tocante, lindo! Me lembra solidariedade! Em pensar no outro, em amar o outro e querer vê-lo pleno!
    gd beijo

    ResponderExcluir
  11. Gil,amada!
    Brigadim colega. A gente vai fazendo..."formigando"... esperança, sempre, de um mundo melhor!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  12. Regina minha linda, formigando e levando solidariedade aos que esperam tão pouco de suas próprias possibilidades, lindo isso.
    Faço um trabalho de formiguinha em uma instituição chamada " Casa André Luiz",onde certamente eu mesma é que sou a mais enrriquecida, pois a cada dia me surpreendo com as lições de vida que ali vivencio, o que me faz ver que temos muito mais a agradecer que a pedir não é!

    Quero saber de você minha amiga, dos exames e de como está passando. Tenho incluido você em minhas preces diárias, e fico muito feliz em ver que está disposta e na ativa,o otimismo é fundamental.
    Agradeço seu carinho, adoro.

    Beijinho no coração.

    ResponderExcluir
  13. Tens um coração de ouro.

    Beijinho minha querida.

    ResponderExcluir
  14. Fátima, amada!
    Sabe, tem pessoas que mesmo "conhecendo-as" através dessa telinha sinto algo absolutamente diferente: verdade em seu fazer e em sua essência! Você é uma dessas... LINDA DE VIVERRR!!!
    Minha amigamada, estou ÓTIMA (quase zero bala rsrs)aguardando, ainda, o resultado final (nunca vi tanta demora... mas minhas coisas sempre foram assim: fogem as regras vigentes rsrs)Só falta ser liberada pra retomar meu fitness... enquanto isso não ocorre, vou esbanjando EXUBERÂNCIA OTIMISTA rsrs!!!
    OBRIAGADA por suas orações que não dispenso nauuummm!
    Beijuuss n.c.

    Manu, poeta, amado!
    É com os olhos de seu coração, amigo e poeta que me enxergas.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget