Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 18 de setembro de 2010

FALA SÉRIO...


 Eu brinco falando sério e falo sério brincando... O humor dá leveza. Nas coisas do coração é brincadeira séria. Criança quando desperta, ouve sussurros inaudíveis. Ao sentir afagos - que dissestes só eu-fada, ser a chave desse decifrar - não volta mais dormir. Quer brincar, sem que necessário seja, esticar o braço prá te alcançar. E assim, fazer o que faz sentido...brincar de gente grande com a pureza de uma menina. (R.R.)

19 comentários:

  1. Ei, querida! Sumi por uns dias, caí na rua e fiquei com minha mão avariada, doendo até para digitar. Tenho lido suas postagens e vejo que vem saindo muita poesia deste coração sensível e apaixonado. Grande coragem para abrir a alma assim... Bonito demais! Que você continue sempre 'brincando de gente grande com pureza de menina'. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Regina!
    É por muitas dessas e tantas muitas outras, que adoro brincar com você!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga, o dia em que perdermos a inocência de criança, acho que morremos. Vamos brincar de ser felizes. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Oi Re, prazer em conhecer um pouco sobre você no seu blog, que aliás, é interessantíssimo.

    Cheguei aqui através do blog da Cris, mas já tinha visto você nos comentários de outras queridas blogueiras.
    Andei lendo algumas postagens e me identifiquei com algumas, justamente como você disse acima: "estou dentro ou estou fora".

    Fiz psicologia e minha irmã mais velha é Psicanalista. Talvez não a conheça porque você é de Minas e nós de SP.
    De qualquer maneira, vou deixar aqui o link do blog dela. Por uma agradável coincidência, ela também coloca neste blog suas experiências no divã. Talvez você queria acessar:

    http://psicanalise.blog.terra.com.br/

    Estou te seguindo pois acho super válido trocarmos experiências. Forte abraço!
    Flá

    http://flaviashiroma.blogspot.com/

    Ps.: Adorei o clip da Claudia Leitte cantando Roberto Carlos, também vi o da Sandy!

    ResponderExcluir
  5. Oii este clip é lindo, aliás todo este show foi perfeito!! amei!!
    beijoca
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Prezada Regina, shabat shalom!
    Eu tua homenagem posso dedicar esse poema?
    Retrato nele, uma de minha heroínas aqui neste plano.

    Estrela Menina
    (À Anne Frank)


    Uma estrela cintilante está no alto,
    Com tambores, com guitarras e canções?
    Com arcanjos, querubins e lindo palco
    Em um mundo esplendoroso de paixões?

    Pode ser que há tesouros aguardando
    Pelo quais em holocausto do terror
    Com a glória de uma luz irradiando,
    Com lembranças embaladas pela dor!

    A luta continua para nós seres mortais!
    Com bandeiras desfraldadas tremulando,
    Desfraldadas pelo sangue de quem for!

    Continua, pela paz, e a alma forte,
    Dos que ousam construir uma razão
    Onde reine para sempre o nosso Amor!


    Bjs. e que D'us continue te iluminando

    ResponderExcluir
  7. Olá querida Regina,

    que lindo!
    Não há nada mais lindo que amar com a pureza das cranças.

    Que continues melhorando.

    Um beijo e um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  8. Olá RÊ!

    A brincar se dizem por vezes coisa muito sérias, e muitas verdades menos agradáveis são por vezes ditas a brincar, e talvez por isso mais fáceis de aceitar...
    Adultos são crianças em tamnho grande, e quem não gosta de afagos...???

    Beijinhos amigos, Bom fim de semana
    Vitor

    ResponderExcluir
  9. Sonhei
    Com mares, com uma longa travessia
    Desfraldei uma vela alva
    Naveguei na chegada, na partida morria

    Sonhei que era um cavaleiro andante
    Por dias de inquietante perdura
    Avistei um vagabundo num espelho de água
    Era a minha alma talhada em pedra fria e dura


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  10. Estou dando uma volta pela blogsfera para conhecer novos espaços, interagir e porque não fazer novas amizades e foi assim que cheguei até aqui.

    Fica o convite para vc conhecer o meu espaço, será um prazer te receber.

    Bom domingo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  11. Ângela, iluminada, amada!
    Que é isso??? Pensei, por conta do sumiço, que tinha ido pro seu santuário...e vem vc com uma notícia dessas??? Não gostei nadica de nada (amanhã tento falar com vc) e quanto a coragem... não é assim? COR/AGEM = agir com o coração? Então, nada de novo...
    Beijuuss n.c.

    Rike, mininu, amado!
    Somos eternas crianças...por isso e muito mais, almas afins!
    Beijuuss n.c.

    Marilu, amada!
    Perder a gente nunca quer, mas às vezes esquecemos dessa criança maravilhosa que nos habita...e precisamos sempre resgatá-la. Um domingo abençoado prá vc!
    Beijuuss n.c.

    Flávia, seja muito bem-vinda! É ótimo ter mais uma colega por aqui...assim que der vou lá conhecer seu(s)cantinho(s). Enquanto isso, agradeço sua visita e saiba que já tens um lugar reservado, com muito carinho, aqui no nosso Divã prá quando quiser retornar! Não demore viu?
    Beijuuss n.c.

    Luna, amada!
    É realmente MA-RA-VI-LHO-SO!!! São intérpretes fantásticas cantando nosso Roberto...
    Beijuuss n.c.

    Antônio, amado!
    Me sinto honradíssima com essa homenagem... Essa minina foi e é exemplo de verdadeira guerreira!!! Lindíssimo poema! OBRIAGADA por partilhá-lo conosco.
    Beijuuss n.c.

    Amélia, amada!
    Desse lado não abro mão... mesmo que a vida insista em querer que eu assim faça. OBRIAGADA por seu carinho e amizade sempre presentes em suas palavras.
    Beijuuss n.c.

    Vitor, amigo, amado!
    É verdade...com esse jeito criança de ser podemos aparar arestas, fazer pontes amistosas.
    Beijuuss n.c.

    Profeta, seja muito bem-vindo! E que lindo poema nos brinda... Volte quando quiser pois já terás um lugar reservado, com carinho, para quando retornar.
    Beijuuss n.c.

    Que delícia! Vou lá te conhecer sim... e saiba que fiquei muito feliz de ser incluída nesse seu giro pela blogosfera!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  12. Rê, essa leveza da alma de criança é o que nos diferencia, alimenta e ilumina.
    Vc disse tudo em poucas palavras. E com a pureza dos sentimentos mais íntegros. Linao e repousante reflexão...
    Bjo grandão, de saudade grandona!

    ResponderExcluir
  13. Ai, sempre chego atrasada e vc nem me comenta... Buaaaaaaaaa...

    Um amigo blogueiro me falou certa vez que admira a forma como exponho coisas de minha vidas, fantasminhas meus, assim, sem frescura... Sinceramente, não sei ser diferente. E você, moça, faz isso com maestria. Incrível o jeito como se abre, se deixa desvendar, sem medo algum... Até porque, imagino que saiba que as pessoas te amam assim, em todas essas nuances, a menina, mulher, doutora, que deita no próprio divã.

    Aplausos meus!
    Beijos admirativos, como diz a maluquete da Simone.

    Ah, o único defeito do post foi a Cláudia Leite. A música é linda, mas essa galega é chata pra dedéu!

    ResponderExcluir
  14. Dê, moça linda de viverrrr, amada!
    Afff que euzinha tava vivendo de sôdades, doces, docê... Já fui lá dizer isso e um cadim maisss!!!
    Beijuuss n.c.

    Milene, minina-ternura, amada!
    rsrs Chora nauuummm! Semaninha meio destemperada... que também me reservo o direito de! Deito, rolo, caio, levanto e bato asas tumémmm rsrs. Divã bom é assim...podemos e devemos um cadim de um tudo!
    Minha perfumadora: tinha que ser uma mulher, mais jovem, mais minina de ser rsrs (sei que há muitas outras)prá interpretar...uma peninha que não goste da "moça", mas fiquemos com a leveza do coração!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  15. Rê querida e amada menina!
    Não é que encontro pedaços de mim por aí nesse teu jeito genuíno espelhado nesta postagem? Não é falta de humildade não, açambarcando teu saber escrever, que desta vez foi conciso, mas diz muito a todos nós. É que tem alturas que nos revemos no que lemos ou ouvimos. Serviu-me que nem uma luva! Como é bom sentir neste corpo de adulto, a criança que a todo o tempo me visita e faz feliz e sem filtros!
    Muita paz e kandandos meus a atravessar tanto mar...

    ResponderExcluir
  16. Menina, fala sério! Que texto lindão! Parabéns.
    Abraço do Amorim

    ResponderExcluir
  17. Kimbanda, feiticeiro, amado!
    Fico feliizz dimaiiss que conseguiu "rever" nessas palavras.Não tenho o dom poético de escrever como você. Transformar palavras em feitiço que nos cativa eternamente! Só escrevo, desse jeitim que já conheces bem.
    Beijuuss n.c.

    Amorim, amado!
    Assim tá me deixando vermelhinha quiném um tomate... Elogio vindo de um escriba como tu é a
    afago de amorosidade. Nem preciso dizer, mas vou: OBRIAGADA por visita que tanto me honra!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  18. Rê minha querida,está hoje testando seu próprio divã...e aí gostou!
    Gente grande para agir...criança para sentir,é assim que eu gosto.

    Beijinho no coração ecoando nessa alma linda.

    p.s. Do resto,tipo...saúde, tudo bem não é.

    ResponderExcluir
  19. Fátima, amigamada!
    Não só hoje...desde sempre...especialmente HOJE!
    Do resto...um dia de cada vez, um dia de cada vez.
    Beijuuss, minha querida, n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget