Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

DIFERENÇAS...

Nada machista... Mas quando li essa piadinha, fiquei pensando nas diferenças entre homens e mulheres. Não falo aqui do feminino e masculino, pois essa é uma outra história. Divergências que foram surgindo porque ambos deixaram de respeitar as peculiaridades de cada gênero. E isso diz respeito ao corpo físico, mental e espiritual e suas necessidades. Se homens davam importância ao trabalho, à competência, às conquistas, enquanto as mulheres gostavam de conversar para criar relações e compartilhar sentimentos, isso não cabe mais... Nada contra à mesclagem desses gostos! Fico só pensando nessa loucura que andam as relações e na "guerra de sexos" por coisas simples e diferentes que deveriam ser só respeitadas, aceitas e ponto. Conviveríamos muito melhor... e não gastaríamos o precioso  tempo de VIDA nossa de cada dia. 
"Um dia minha mãe saiu e deixou meu pai tomando conta de mim.
Eu tinha uns dois anos e meio. Alguém tinha me dado um “jogo de chá” de presente e era um dos meus brinquedos favoritos.
Papai estava na sala vendo o Jornal Nacional, quando eu trouxe para ele uma “xícara de chá”, que na realidade era apenas água.
Após várias xícaras de chá, onde recebia elogios entusiasmados do papai a cada xícara servida, minha mãe chegou.
Meu pai fez ela se sentar na sala, para me ver trazendo a ele uma xícara de chá, porque era “a coisa mais fofa do mundo!”.
Minha mãe esperou, e então, vinha eu pelo corredor com uma xícara de chá para o papai e ela viu ele beber todo o chá.
Então ela disse (apenas uma mãe saberia);
“Passou pela sua mente que o único lugar que ela alcança água é na privada?” (Fonte:Internet)
Os pais não pensam igual às mães..... Graças a D'US!!!

15 comentários:

  1. Ehehehehe ! ... Como é que isso me iria passar pela cabeça, RÊ ?
    Não há dúvida que também acredito piamente que a minha mulher terias a mesma reacção, dess mãe !
    :)))
    Que diferentes que somos !... e ainda bem, mesmo que sujeitos a esses "contratempos" ! rsrsrs
    Beijão
    .

    ResponderExcluir
  2. Vive la difference! kkkkkkkk Meio 'avoado' esse pai, bem pé-no-chão a mãe! E assim vamos nos completando, num é de vera? Beijos

    ResponderExcluir
  3. kkkkk...Ameiiii!!!Rê não conheço Tiradentes, mas ainda vou conhecer porque morro de vontade...acho que enlouqueço de tanta coisa linda não é?!Mas olha se você gosta de mandala, eu adoro.E se você quiser pode ser uma bem legal pra você...Vou te mandar as imagens por email você escolhe daí te falo o significado pode ser?
    Bjão e super feriado...
    Zu

    ResponderExcluir
  4. Pois, um engano básico segundo o ponto de vista das mulheres, mas não se esqueçam que levam décadas de avanço e nós só agora damos os primeiros passos nessa interacção entre os dois sexos e as suas diferenças.

    ResponderExcluir
  5. Mãe que é mãe é sempre muito sábia!

    ResponderExcluir
  6. História maravilhosa da subtileza de uma mãe!!
    Não somos nada inteligentes... se aproveitassemos ao máximo as particularidades de cada um... que relação perfeita! Haveria mais compreensão de parte a parte e penso que nos amaríamos mais!
    Beijos e um fds belissimo.
    Graça

    ResponderExcluir
  7. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Rê!
    Que me dera poder ir pra Tiradentes com cê!
    Amo a cidade!
    Traz uma lembrancinha pra mim!Rsrsrsrsr
    Bjs minha querida.

    ResponderExcluir
  8. É isso amigo Rui... VIVA A DIFERNÇA!!!
    Beijuuss n.c.

    Complementariedade... Ying e Yang convivendo harmoniosamente. Sabe Ângela, o dia que os casais que aparecem, "entenderem" que há vida possível (rsrs) na diferença...UAU! Enquanto isso... a gente vai trabalhando, vai trabalhando sem desistir.
    Beijuuss n.c.

    Zu, amada!
    Vai ficar doidona mesmo rsrs Combinado...ficarei no aguardo.
    Beijuuss n.c.

    Miguelito, amado!
    Temos paciência pois acreditamos... temos esperança que isso ainda há de ocorrer.
    Beijuuss n.c.

    Ana, amada!
    rsrs mas há exceções na categoria papais tb.
    Beijuuss n.c.

    Graça, amada!
    Também não tenho dúvidas... e todos economizariam um bom dinheiro nos analistas e advogados de família.
    Beijuuss n.c.

    Fatinha, amada!
    Pois vaobora... é só pegar o trem, sô! rsrs
    Se pudesse mandava Tiradentes e Bichinho intirinho procê.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  9. Na jugular...rsrs..
    bjos
    eidia
    www.oquevivipelomundo.blogspt.com

    ResponderExcluir
  10. Jajajaja

    me has hecho reír Regina.
    Tu texto es muy bueno.

    Ojalá estés mejor.

    Te dejo saludos,

    Sergio.

    ResponderExcluir
  11. Os homens são assim mesmo, desligados, aposto que bebia só pra ter paz...kkkkkkkkkkkk Um dia deixei meu marido com meu filho que ainda usava fraldas e ele fez aquele cocozinho molinho sabe?
    Isso amiga foi só enquanto eu tomava banho amiga, dai sai do banheiro e quando olhei ele estava com o rosto lambuzado de uma coisa amarela e meu filho com os dedinhos na boca...adivinhe?
    Bjos achocolatados e não engorde heim, vc é linda assim.

    ResponderExcluir
  12. Ieda, amada!
    Gostou nééé?
    Beijuuss n.c.

    Sérgio, amado!
    A gente ri prá não chorar...de rir! Estou, amigo, ÓTIMA quase EXCELENTE!!!
    Beijuuss n.c.

    Sandra,amada!
    E o melhor (pior) é que realmente acontece... mas o que seria de nós sem estes seres MARAVILHOSOS e sua distração/desligamento inerente????
    Beijuuss n.c

    ResponderExcluir
  13. Essa mensagem parece que andou em evidência pelos e-mails...ri muito quando recebi e agora, ao reler. Eu acho bárbaro o pai partcipativo, presente, que se encanta com as graçinhas dos filhos - nisso são iguais às mães...

    Senti saudade daqui...
    Bjo com carinho!

    ResponderExcluir
  14. Regininha do meu coração, sentiste saudades? Rrsrs... Eu muitas de ti.

    Andei ausente em palavras, mas venho ler você sempre... Estou de olho em ti, minha filha!

    E esse pai, que sem noção, tadinho! Os homens realmente sonham em algum dia ter metade da nossa senbilidade e perspicácia? Nem daqui a outro milênio!

    Beijos, querida! Amo sua presença no meu canto.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Regina!
    Um chá totalmente "natural e com paladar todo especial",kkk! O que os olhos não veem, o feminismo (e sarcarmos) da mãe entende!
    Bjs!
    Rike.
    P.s.: senti falta da sua assinatura no abaixo-assinado. Colocamos um banner no início do blog, é só clicar, depois na outra página, clicar em "assinar abaixo-assinado", pôr nome e e-mail e nascimento (outros ítens não são obrigatórios) e enviar!
    Não conseguindo, me informe seu e-mail e nascimento que faço pra você. Nosso e-mail: hobbyblogclube@gmail.com.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget