Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 27 de novembro de 2010

DIA DE: DEIXA ESTAR...

Ontem recebi do meu cunhado, bichechinho amado, Jorge uma mensagem linda (PPS). Não sei se é verdade ou mentira, mas pouco me importa. De importância tem o dia de hoje! Mesmo sendo contrária a dias de, faço dele meu mote para homenagear todas as mulheres: conhecidas ou não, amigas ou não, próximas e distantes, virtuais e reais, comuns ou raras, simples ou sofisticadas, clichês ou incomuns, lutadoras contra e vencedoras de, com essa mensagem, que lá estava, formatada por aninhaandrade e musicada pelos meninos de Liverpool. Para você Wilma, amadíssima, mulher de peito: FELIZZZZ NATAL!!! Para você Lucinha, amadíssima, a LUZ protetora, pulsante e constante de Mãe Maria e de todos nós trabalhadores da Casa (estamos juntos nessa luta)!!!
“Let it be, foi composta por Paul e dedicada à sua mãe, Mary Patrícia Mohin McCartney. Quando ele diz Mother Mary comes to me, dá a impressão que se refere a Nossa Senhora, Mãe de Jesus. Ele sonhou com a mãe vindo em sua direção e dizendo: Let it be: deixe estar ou vai ficar tudo bem. Quando acordou já estava com a melodia na cabeça.
A música existe em duas versões do solo de Harrison. Sem contar uma versão álbum Let it be... naked, onde Lennon toca o baixo.
Mary McCartney foi vítima de câncer mamário e faleceu em 31.10.56 quando Paul tinha apenas 14 anos. A morte da mãe o abalou profundamente.”

 
P.S: Hoje, 27/11, é o Dia Nacional do Combate ao Câncer de Mama. O meu é todos os dias...

17 comentários:

  1. Eu acredito sim na inspiração que venha através de sonho ou de insigts...A canção eternizada em sua voz ficará para sempre como obra prima do amor. Adorei amiga! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rê !

    Obrigada por compartilhar está música , é muito linda!
    Realmente parece uma prece...
    Mãe é mãe, não é mesmo. É um amor universal.

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Regina!
    Todo dia é dia, e a batalha (vitoriosa) não pode parar!
    Bjs e força sempre!
    Rike.

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo post, Regina!
    Let it be...
    Grata, querida, por dividir isto comigo!
    Abraço da
    Zélia

    ResponderExcluir
  5. Um beijaço mulher lidérrima e tudoooooooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  6. - Uma linha melódica singela, palavras simples, nada de rebuscado... e o resultado é uma música com alma e sentimento - agora sei o motivo. Linda história de amor filial você resgatou, moça. Força a quem está na luta! Parabéns e abração.

    ResponderExcluir
  7. A inspiração vem de todos os cantos da alma,,,beijos querida e um lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  8. lindo Regina.. e viva a inspiração..
    bjo bom fds.

    ResponderExcluir
  9. Que homenagem tocante, Rê - como só vc sabe fazer, e teu comentário no rodapé da postagem mostra a força que só compreende quem acompanha vc...
    Eu desconhecia de onde/como veio a inspiração desse menino, sempre parecia quase um apelo o que eu ouvia - agora parece a aceitação de quem crê em algo protetor muito maior que tudo...que Ele proteja tuas amigas e a todas as mulheres nesta situação difícil.
    Um bjo especial pra vc - de irmiga!

    ResponderExcluir
  10. FIQUEI SEM PALAVRAS DE NOVO...MEUS OLHOS NÃO CONTERAM AS LAGRIMAS POR MAIS QUE EU TENTASSE....PRA MIM TAMBEM TODO DIA E DIA DE CUIDAR DO MUNDO DAS PESSOAS DOENTES DOS NOSSOS SEMELHANTES ....AINDA NÃO SABIA SOBRE A MÃE DE PAUL...E NESSE MUNDO DOS BLOGS EU CRESCO A CADA DIA E A CADA DIA MEU CORAÇÃO MAIS SE ENCHE DE AMOR POR VOCES QUE ME ENSINAM TANTO.....A MUSICA SEM COMENTARIOS NEM PRCISA..E SEU DIVÁ CADA DIA MAIS VICIANTE SRSRS SE É QUE ESSA PALAVRA EXISTE RSRSRS ..AMEI LINDO ....RÊ FIQUE BOM..LET IT BE
    BJS
    OTILIA ,BOM FINAL DE SEMANA

    ResponderExcluir
  11. Linda música, inspirada numa linda história.
    Beatles 4ever!

    ResponderExcluir
  12. Essa música é tão linda...
    bom, é Paul McCartney e amigos né, nem preciso falar mais nada.
    Mas não sabia da origem dessa música!

    um bom fds pra vc,
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Rê cadê meus comments???Será que estou fazendo alguma coisa errada? bom tentarei denovo....
    Bjs
    e saudades
    Zu

    ResponderExcluir
  14. Regina querida, Beatles é sempre incrível. Let It Be é música para todos os tempos, bacana você nos ter contado a historinha.

    Aproveito a visita pra me desculpar contigo pela intempestiva exclusão do meu blog caçula, o Relicário. Sei que você era mais fiel ao primogênico, mas vez ou outra estava lá. Estou realmente incomodada por ter agido sem pensar que seria indelicada não apenas com as pessoas que me ofereceram coisas pra serem postadas lá, mas também com quem me seguia e prestigiava meus amigos. Aqui não há nenhum exagerado drama rosado, é verdadeiramente um pedido de desculpas porque acho que é o mínimo que posso fazer.

    Obrigada por tudo, sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Eu direi antes:hoje é realmente o meu dia do deixa andar.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  16. Acredito em todas as formas de inspirações.
    As trazidas pelos sonhos, dou o nome de intuição, não questiono sigo.
    As do dia-a-dia, nessa modalidade nova, vinda dos blogs, recebem um outro nome Carinho, não questiono aceito e me derreto.
    Um grande beijo.
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Que lindo isso,regina!E vim agradecer o carinho por lá em meu niver!beijos,chica

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget