Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A Droga da Alegria

Quando meu filho estava no ensino fundamental surgiu a primeira de uma série de drogas aqui em casa. A Droga da Obediência, A Droga do Amor, Droga de Americana. Livros de Pedro Bandeira, paulista e autor de literatura juvenil mais vendido no Brasil (vinte milhões de exemplares até 2006. Fonte: Wikipédia). Nunca os li, mas imagino que deveriam ser deliciosos para um menino de 10 anos. Num piscar de olhos ele já tinha terminado a leitura indicada pelo colégio e me pedia para comprar outro dos mais de 70 publicados. Com minha filha aconteceu o mesmo. E foi a partir de um bate papo com ela que fiquei pensando na Droga da Alegria.
Para estarmos alegres tem que se ter um motivo, já repararam? Para ela passar de ano sem recuperação, ir ao show do Black Eyed Peas, ganhar uma roupa que está babando, faz se sentir radiante de alegria. Sensação que se esvai quando se fecham as cortinas ou depois da estréia da dita roupa.
Com muitos de nós é também assim: a esperada promoção no trabalho, o carro novo, a viagem ideal, o namorado almejado, qualquer coisa palpável e que seja o porquê  -  bem expicativo - de tamanha alegria.
Não se pode estar alegre o tempo todo é bem verdade. Mas, se conseguimos rir das nossas tristezas, divertir com os inadvertidos acontecimentos diários, tenha certeza: há algo de muito errado com você!
Mais que necessário, fundamental é termos respostas para a pergunta de sempre: o que aconteceu para você estar tão alegre?
Alegria não contagia. Pura balela. Já a tristeza é vírus de imensurável solidariedade.
Alegria incomoda, incomoda, incomoda muita gente!
Se cantarmos no carro, no banheiro, na rua é porque temos motivos para tal. Ou seria mais provável, quem canta seus males espanta?
Minha filha estranha, e vai logo me lançando a pergunta quando me vê alegre. Pior é seu assombro quando ouve minha resposta: nada! É só meu compromisso com a vida, e com a alegria de vivê-la em suas “pequenas preciosidades banais”.
Alegria é mesmo uma droga.  Com tantas disponíveis decido por ela! O máximo que pode  acontecer é ter que conviver com seus efeitos colaterais. (RR)
(Imagem: Arquivo Pessoal)... Até a mulher-gato tá olhando abismada para a droga da alegria e se perguntando o porquê?!
  

26 comentários:

  1. Rê felina, sempre envolvida com seus semelhantes...
    Tira foto do lado da Mulher-Gato para provar que não é ela! Truque velho! O Batman já fazia, aparecendo "a paisana", enquanto o mordomo usava o seu traje!
    Alegria é uma droga que você sabe traficar muito bem!
    Continue assim!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Vamos então nos drogar
    Alegria espalhar
    Rir sem parar
    E se o fizer se seja pra Amar.

    Eita que contagiou.

    ResponderExcluir
  3. Jésus... que Droga.. Eu tbém tô Alegre "não de rapaz Alegre" e por conta disso estou contagiado pela sua Alegria... Com sérios sintomas de Largos e estridentes RISOS e acometido de uma sensação gostosa de Felicidade.... MeusDeuses!!!!! Macaco Tá Contaminado... hehehe...
    Que Droga é essa Mêu!!!! Viciei... tô mó doidão..

    Tá Ligada muié da Alegria....
    Bejô risonho
    Tatto

    ResponderExcluir
  4. SE TEM COISA QUE GOSTO É ALEGRIA ..SABE NEM SEMPRE ESTOU ALEGRE MAS PROCURO ESTAR E ADORO DAR AQUELA GARGALHADA ALTA E BOA...MINHAS IMRÃS COSTUMAM DIZER QUE ATE EM VLORIO E DIA DE FINADOS NO CEMITERIO EU ACHO GRAÇA EM ALGUMA COISA E ACHO MESMO...EU FICO FELIZ ALEGRE ..CONSIGO FICAR FELIZ E TRISTE AO MESMO TEMPO..DOU RISADA SOZINHA NO CARRO E CANTO MESMO INDO PARA O TRABALHO DE MANHA AS MUSICAS DO PADRE FABIO DE MELO E DA ALINE BARROS CANTO E ALTO..PARECE QUE AS COISAS RUINS SAEM DE PERTO E DÃO LUGAR A NJOS BONS QUE ALEGRAM MEU DIA E SE ESTOU APRRERIADA COM ALGUMA COISA LOGO FICO BEM....SER ALEGRE É SER RODEADO DE GENTE..TEVE UMA EPOCA EM QUE FIQUEI AMARGA MINHAS AMIGAS FUGIRAM DE MIM DRSRSRS SRSRSR ALGUMAS PERSISTIRAM ..MAS NÃO CULP AS QUE FUGIRAM TEM COISA MAIS CHATA QUE GENTE URUBULINA QUE TUDO CHORA TUDO É CULPA DESSE DAQUELE NUNCA DELA??TEM NÃO HOJE ME POLICIO E FICO PRESTANDO ATENÇÃO E SER FELIZ MESMO ESTANDO TRISTE..NINGUEM PODE SUPORTAR ALGUEM TRISTE CHATO CHORAÃO POR ANOS A FIO NINGUEM UM DIA A GENTE ACORDA SO E A CULPA FOI NOSSA ..RE A SUA ALEGRIA TRANSBORDA PELOS BLOGS VIU??SINTO ALEGRIA QUANDO LEIO SEUS COMENTS E QUANDO VENHO AQUI..SEJA ALEGRE MESMOOOO POR NADA....POIS A VIDA JA É UM MOTIVO GRANDE PRA SER FELIZ EU SOU...SOU DE VERDADE....BEIJOS
    OTILIA

    ResponderExcluir
  5. A droga da alegria é uma da muitas que queremos agarrar com força e mantêla bem viva todo o tempo.
    Só damos valor à alegria quando passamos por outras fazes menos boas.
    É muito bom estarmos de bem connosco próprios e dar aos outros uma parte dessa alegria e desse bem estar.
    A alegria é contagiante.

    ResponderExcluir
  6. Fico feliz de te ver assim minha amiga! Que esse alucinógeno chamado alegria de viver nunca te deixe "careta"!
    Ainda bem que meu "verniz" te aliviou, pelo menos um pouco!
    Vc foi uma das boas coisas que me aconteceram nesse ano que está se indo...e olha que não foi um ano nada fácil pra mim tb! Eu tb tenho a opção pela "droga da felicidade" ...tá ouvindo minha risada daqui?hehehehe..
    Olha amada, te desejo um Natal de luz e um 2011 lisérgico, com a droga da alegria direto nas veias!
    Com todo o meu carinho!

    ResponderExcluir
  7. - Alegria, alegria... sem lenço e sem documento...
    - Descobri, com o tempo, que alegria e felicidade são coisas completamente diferentes: uma mora no corpo e a outra na alma. Por isso a alegria contagia, sim, dona Rê, assim como a tristeza; mas a felicidade ou infelicidade são só nossas, a não ser que as queiramos compartilhar, o que não é o mesmo que contagiar. A alegria de um palhaço ou humorista contagia, mas não traz felicidade. A tristeza de uma criança faminta nos contagia, mas não nos faz sentir infelizes. Mas alimentar essa criança com certeza nos fará felizes - e abandoná-la é caminho certo para nossa própria infelicidade.
    - Desculpe a prolixidade, moça. Tenha um Natal alegre, mas principalmente... FELIZ!

    ResponderExcluir
  8. Tantos beijos felizes para você, menina de ouro.
    Feliz Natal!!!

    ResponderExcluir
  9. Re
    Agradecendo a acolhida neste divã tão confortável:

    Eu estou pensando em você hoje porque é Natal, e eu lhe desejo felicidade.
    E amanhã, porque será o dia seguinte ao Natal,
    Eu ainda lhe desejarei felicidade.
    Eu posso não ser capaz de lhe falar sobre isto diariamente,
    Porque eu posso estar ausente, ou nós podemos estar muito ocupados.
    Mas isso não faz diferença
    - Meus pensamentos e meus desejos estarão com você da mesma forma.
    Qualquer alegria ou sucesso que você tenha, me fará feliz. Me iluminará por todo ano.
    Eu desejo à você o Espírito do Natal.

    Van Dike

    ResponderExcluir
  10. Tô rindo a toa hoje. Costumo rir a toa todo dia. Faço piada com minha própria cara, pode? Mas hoje tem motivo. Depois de uma mamografia e um ultrassom garanto mais um ano sem doença! Iiiiiha! Tá tudo lindo hoje! Beijos. Angelinha

    ResponderExcluir
  11. És a rainha da alegria... A maior de todas! E a tua alegria contagia, maluquetezinha adorável! Acho que a Mulher Gato é daquelas que diz: Por que ela está tão feliz? Como pode alguem se sentir assim tão feliz???

    Que assim seja pra todo o sempre, amém!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. Ontem quando degustava um pão de queijo, bem mineirim, gostoso que só vendo, numa lanchonete, uma senhora iniciou uma longa e prazerosa conversa. Seria louca ? Ou não acreditamos mais na espontaneidade ? Ou a alegria agora é pieguice ?

    Grande abraço.

    http://www.vervida.blogspot.com
    Verde Vida

    ResponderExcluir
  13. Oiiiii

    Os livros da série Os Karas do Pedro Bandeira marcaram muito minha infância eu tinha uns 9, 10 anos quando li e olhe só já faz uns 15 anos !!!
    Um sucesso mesmo! E a droga da alegria...quem dera! rsrs

    Beijooooos

    Thaís

    ResponderExcluir
  14. - Rê, acabo de voltar de mais uma viagem no tempo (isso contagia...) lá nos primórdios do tofora-todentro, e me perdi nos meandros da prosódia e do vernáculo... não sei se estamos falando no mesmo dialeto, na mesma língua e nem mesmo da mesma coisa. Nem mesmo sei se nossos conceitos de alegria e felicidade convergem ou divergem (posto que não são idênticos - o que seria virtualmente impossível), ou se o termo médico "contágio", quando metáfora, tem diferente conotação entre nós.
    - Mas garsnto-lhe que sou feliz, e esse sentimento supera tristezas profundas... acho que você sabe disso. E sempre que tenho ocasião, deixo-me contagiar pela alegria dos outros, por efêmera que seja. Eu diria que aquelas pessoas que se sentem sistematicamente incomodadas com a alegria alheia não são felizes.
    - Mas já estou eu, novamente, querendo ensinar o Padre-Nosso ao Vigário, as Suratas ao Muezim e a Torá ao Rabino...
    - Felicidades e alegrias, moça... no Natal e SEMPRE...

    ResponderExcluir
  15. Certinha.
    Alegria contagia sim.
    Hoje eu ri muito de dois risonhos Roger Federer e Rafael Nadal, um rindo do sotaque do outro.
    Achei tão contagiante que comecei a rir também.
    Como é bom rir, com os nossos motivos, com os motivos alheios, é sempre muito bom.
    Beijos Natalinos para você.
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Ei Regina !
    Que a droga da alegria te contamine muito neste Natal, principalmente junto a seus queridos filhos.
    Feliz Natal!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  17. Muita droga pra vc!!

    Pra nós !!

    Beijos !

    ResponderExcluir
  18. Amiga Regina!

    Fiquei a sorrir e não durou mais do que um minuto para devorar este delicioso texto.
    É essa a atitude certa...
    Rir e rir até do infortúnio!
    Mias vale rir que chorar, embora eu faça ambas as coisas num ápice.
    Também se chora de tanto rir :)))
    Adorei amiga.


    Feliz Natal! Boas Festas!

    Beijinhos
    .

    Natal, Hoje!


    Todos dizem com certeza
    Absoluta,
    Tocante e rasante
    Que o Natal já não é
    O que era dantes.
    Perdeu o sentido
    Ganhou mais cor;
    Perdeu intimidade
    Ganhou vermelho e Pai Natal;
    Perdeu celebração de Jesus
    Ganhou o incenso do tempo,
    A mirra das vontades
    E o ouro nas relações…
    Todos os dizem
    Mas eu, que sei?


    2010
    Maria José Areal

    ResponderExcluir
  19. Dizem que ser sisudo, sério,impõe respeito e confiança, pois então, é bom que não confiem em nós, pois, somos desrespeitavelmente felizes, principalmente para esnobar as adversidades que insistem em bater me nossas portas.
    TO DENTRO! TEM UM LUGARZINHO AÍ PRA MIM?
    Beijos! EH NÓIS NAS DORGAS MANOLAAA!!!

    http://www.daletigre.com/wp-content/uploads/2010/08/dorgas-abeia.jpg

    ResponderExcluir
  20. Wilma, mulher de peito, amada!
    Passo a léguas de distância de sê-lo... faço minha parte, é bem verdade... somente no degrau do constante aprendizado! Sou politicamente incorreta, vomito sapos, rãs e ETs sempre que necessário, perco a cabeça e a língua quando percebo ironia, hipocrisia,palavras soltas que subestimem meus sentimentos imperfeitos... Viu meu lado mázinho de ser? Aparece fácil messssmo...
    Beijuuss, (in)certinhos de LUZ n.c.

    ResponderExcluir
  21. Rê querida, mas não tem droga melhor do que essa: a alegria!!!
    E, infelizmente é verdade, ela incomoda mais do que deveria...
    Xô mau humor e gente de mal com a vida. Bom mesmo é dar muita risada!!!
    To contigo e não abro :D
    Beijãozão

    ResponderExcluir
  22. amada minha perdoa Déya é tempo que num dá num ta dando não to em casa e o povo num deixa em paz ai quando vou ver nun deu pra ir onde queria..
    ficam no meu pé..doru ucê d+...
    eu volto semana que vem ai vc vai ver eu no seu pesinho(são) de novo..
    rsrs bjO e desiste da pessoa aqui não...
    ela lhe adora sua menina do zoio munito..

    ResponderExcluir
  23. Maravilha, Regina!
    Texto maravilhoso, num momento mais do que adequado: ano novo, vida nova!
    Vou fazer de tudo para seguir-lhe os passos!
    Enorme abraço para voê, com meus votos de Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  24. Venho agradecer de coração, o seu carinho, a sua amizade, todo esse ano dedicando sua companhia, sua paz, sua luz ao Livro dos Dias, trago uma rosa de agradecimento e a mais bela estrela do céu, a estrela de Belém, que representa o nascimento de Jesus, nosso único Salvador, que veio nos trouxe paz, amor, sabedoria, e ensinou a maior essência da alma ao ser humano, o perdão, o acolhimento, e principalmente, a certeza de um Deus maior que tudo, maior que nossos problemas, maior que o universo. Desejo um Feliz Natal, cheio de amor, paz, união, serenidade, que os ensinamentos do Menino Jesus estejam no coração de todos...

    Beijos na alma,
    Abraços apertados no coração.

    O Livro dos Dias/Everson Russo.

    ResponderExcluir
  25. Booom diiiia, Rê!!!
    Que imagem liiiinda, texto visceral, forte, impactante, arrojado e contagiante! Como tu!

    Do muito que vc escreve e põe de si no que compartilha, já me emocionei, me identifiquei, refleti, revi, chorei e ri de tanto chorar...um ano rico em emoções, em sentimentos que dispensaram palavras, em silêncios tão compreendidos quanto os explicitados. Te agradeço por essa maravilhosa possibilidade de troca e aprendizado, e pela amizade e amorosidade carece nauuummmm, né irmigamada?? Mas te sou grata, infinitamente, também por seres e existires, aqui e aí, esse tanque de guerra que se desfaz em lágrimas diante da docilidade que encontra.
    Você de fato é muito especial, e embora não haja novidade no que digo, faço questão de reafirmar e declarar que é recíproco e muito bonito o que temos entre nós. Deus abençoe a ti, todos os teus - bom natal queridona, repleto de amor, embebido no som da tua risada e no calor de teus abraços. Receba a chama luminosa de Sua presença e deixe que a intensifique e irradie, distribuindo de si o que tens de melhor: VIDA PLENA e muita força pra viver. Te admiro muito por seres quem és.
    Tenho dito, sendo prolixa siiimmmm, pq meus sentimentos transbordam e precisam de espaço pra se esparramarem até vc!! Sei que não estou sozinha nessa tietagem amorosa...rsrs
    FELIZ NATAL e mil beijos!
    Dê abraça Rê e a recebe com amor neste e em todos os natais!!!

    ResponderExcluir
  26. Rê, alegrias e tristezas fazem parte da vida, como duas faces de uma mesma moeda. A tristeza valoriza a alegria.

    Como é bom a alegria de uma viagem com os amigos ou a família, um cruzeiro.

    A alegria de uma tarde de verão na praia, ou a alegria de compartilhar uma piscina numa chácara, fazendo comidas juntos, tomando cerveja, ouvindo música, dançando e se divertindo.

    A alegria de ir numa igreja, cantar hinos de louvores a Deus, ou somente se conectar internamente e agradecer pela vida.

    Alegria de acordar com saúde, num dia ensolarado e ter disposição para fazer mil coisas, visitar amigos, parentes, ir a um parque, brincar com as crianças..

    Alegria de dar um abraço em seus pais, de ver seus irmãos, de conversar com seus filhos..

    Alegria de se reconciliar com quem você brigou, perdoar e recomeçar..

    Alegria de estar vivo, de sentir que está aprendendo sempre, nesta coisa mágica que se chama Vida.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget