Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

GATOS TÊM SETE VIDAS?

Conta a lenda que gatos têm sete vidas... Não sou chegada a bichanos de quatro patas, mas os selvagens de duas, misericórdia!
Esses últimos, de garras afiadas, não acreditam que nascem equipados com um incrível arsenal. Como os verdadeiros felinos conseguem viver em praticamente qualquer lugar até mesmo onde o deserto se fará, basta acreditar!
Seus sentidos aguçados os alertam - mais que qualquer sofisticado sistema suíço de segurança- para problemas ao seu redor. Por isso não se consegue apanhá-los de surpresa. São exímios velocistas a curta, médias e longas, longas distâncias. Sobem, rapidamente, em árvores, escadas altas e até na lua! Seu corpo flexível e fino, esportista o ajuda a passar em locais bem apertados, que nos dirá os que o espremem em angústia.
Tem o paladar apurado o que faz, diferentemente dos cães, não morrer envenenado com palavras sedutoras de sua única salvação.

Quando cai sete, levanta nove e endireita seu corpo ainda no ar para que tenha um pouso suave se é no chão duro - da realidade da vida - que lhe resta cair.
Mas gato selvagem não se domestica, não há vidros ou janelas que lhe prendam o olhar... Se for encurralado, não faz cerimônia para usar suas unhas!
Com todo esse jeito de ser ainda tem alguma dúvida de quantas vidas um selvagem gato tem? (RR)
(Imagem: Arquivo Pessoal e Karin Izumi)

30 comentários:

  1. Olá, Regina!
    Assim como você, também não sou muito fã de gatos, mas tenho que reconhecer seus valores.
    Adorei a segunda imagem!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  2. Ah, esses gatos selvagens de duas patas...

    Amei essa frase: "Tem o paladar apurado o que faz, diferentemente dos cães, não morrer envenenado com palavras sedutoras de sua única salvação."

    Haja malabarismo se encontrarmos com um desses por aí..rsrs

    Rê, você sempre nos brindando com textos de uma criatividade incrível! :D

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. E obrigada pelas letrinhas ausentes...kkkkk
    Valeu!! ;)
    Mais um beijão

    ResponderExcluir
  4. Sei lá,,,tem nada,,,esses de duas patas então,,,são frageis e morrem a toa...até por amor...rs..rs...beijos de bom final de semana pra ti querida.

    ResponderExcluir
  5. Formidável, Regina!
    Muito divertido!
    Esses gatos bípedes de que falas...Hum... São sabidos!
    Grande abraço, querida!

    ResponderExcluir
  6. Rê,
    Adorei a metáfora, e não é que é mesmo?
    Só caindo se vive mais, sete, nove vezes ...
    Morrer ? Que nada, fica é mais forte !


    Beijão

    ResponderExcluir
  7. EUZINHU,POR EXEMPLO,GATÍSSIMO E FUEFO,TE ACHO MARVARDA,POR ME ABANDONAR,TE PESQUEI ATRAVÉS DO ANDRÉ ,MINHAS PERNINHAS PARARAM DE FUNCIONAR ASSIM COMO O QUADIL,DESCOBRI PAINELISTA SENDO EM UM CONGRESSO,QUE NÃO MAIS CONSEGUIA EM PÉ FICAR,EM ETAPAS CIRURGIAS DE TRANSPLANTES ÓSSEOS FAREI,PARA RECONTRUÇÃO DE CORPINHO MIO,ESTOY PERMANNENTEMENTE EM DORSAL DECÚBITO,AMADA DOUTA TERAPEUTA DE BLENS BLENS

    BZUZ

    VIVA LA VIE

    SUA SUA ...MARVARDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  8. Brilhante!
    Meus parabéns e, cá entre nós, assino embaixo...
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. - Moça, você falou dos gatos... mas de propósito esqueceu-se das gatas! Isso se chama "corporativismo" - se não configurar "discriminação sexual".
    - Como bruxo juramentado (com carteirinha da CRB), eu tenho obrigação de cuidar bem de felinos - e dou preferência aos felinos bípedes do sexo feminino. Acredite (não... você já sabe isso), elas são bem mais espertas do que os machos...
    - Já se lambeu e ronronou hoje, gatona? Abraços!

    PS: Você dá de dez na mulher-gato, e tem a vantagem de ser "do bem"... E tem um incrível "cinto de futilidades", como acaba de demonstrar! Continue a usá-lo, Bat-Rê!

    ResponderExcluir
  10. Re
    Esses gatos vivem todas as vidas ao mesmo tempo.
    É só prestar atenção, rsrsrsrs
    beijinho

    ResponderExcluir
  11. Os gatos eu não sei, mas eu gatoso (gato idoso, hahaha) tenho apenas uma que adoroooooooo!
    Rsrsrsrsrsrsrsrsrs!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Acho, no sob o meu ponto de vista que anda totalmente açucarado ao contrário, que há bem mais que 7 vidas e muito de sagacidade nesses seres.

    Corroboro com a Regininha Laura... Ufa! Que as marditas letrinhas que não servem pra nada escafederam-se daqui. Mereces até que eu passe sem te estapear até 01 de janeiro de 2011.

    Beijos ácidos, porém cheios de amor.

    ResponderExcluir
  13. Misericórdia... Nem sei que dialeto foi esse que coloquei no coment acima... Mas vou remover não. Com jeitinho e boa vontade dá pra compreender, né?

    Beijo de novo.

    ResponderExcluir
  14. Olááááá, bem, eu também não era amante de gatos até ter um, e apaixonei-me pela raça, pode crer, além de carinhosos são muito independentes e limpos, vivam os gatos pois então, e mais ainda vivam as "gatas", ahahah!!!
    Beijocas, Zé Maria

    ResponderExcluir
  15. Os de 4 ainda vá que não vá, nem sim nem sopas !
    Agora os de duas, cuidado com alguns (muitos)!
    Muito mais perigosos que muitos dos outros animais, mesmo que selvagens e com a vantagem de à primeira vista não meterem medo e pôr as "presas" de sobreaviso !
    .

    ResponderExcluir
  16. Rê, a Mary esteve ontem lá, uma verdadeira mensageira! Assim que baixar as fotos mando pra voce, ok. Tks pela energia, adorei!!
    me mande seu email em andrecharak@uol.com.br

    O mensageiro esta disponvel no site da livraria cultura e no blog do mensageiro, bjos e super obrigado once again!

    ResponderExcluir
  17. As gatas, tanto de duas como de quatro patas, tem muito em comum...são sutis, manhosas, insinuantes e rápidas no bote!
    As felinas americanas dizem que tem nove vidas, duas a mais que as nossas!
    E você vive mostrando suas habilidades felinas!
    Em qual telhado anda passeando agora?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Dá alimento a um gato, e logo aparece um segundo ...


    Beijinho e bom fim d semana.

    ResponderExcluir
  19. Olá, querida e amada Rê.

    Artigo muito criativo e inspirado.
    Mas essa de gato cair sempre de patas no chão, se vira, não é bem assim.
    Quanto ao número de vidas depende de quantas usou ao mesmo tempo, as que possam vir a sobrar.
    Comungo de que caindo, o melhor mesmo é levantar outras tantas pelo menos, se mais conseguir, ficam de reserva.

    O gato selvagem
    dizem em extinção.
    De quatro, passou a duas.
    Sempre que ouvia um prestenção
    de senhora sua dona
    ficava como quem amua
    perdia graça e veleidades.
    Lá de cima espelhado na lua
    enviava mensagem
    através de suas habilidades.
    Num dia de lua cheia
    o gato inventa
    e fez das suas.
    Levou reprimenda,
    ficou de ron-ron abafado.
    Tristonho voltou a quatro,
    vagueia agora pelas ruas
    sonhando com a dona no seu desiderato!

    "Esse gato vai ter de aprender, que amadurecer é saber lidar com as decisões tomadas"

    Beijos e kandandos meus a atravessar tanto mar.

    ResponderExcluir
  20. Regina....
    MACACOMIA.... MÊAU !!!!

    bejô no telhado de zinco...
    Tatto

    ResponderExcluir
  21. Queria que meu cachorro tivesse 7 vidas... Só de pensar que um dia vou me despedir dele eu choro... Ele é meu grande companheiro, Meu porto seguro, me ver chorar pega seu dado de brinquedo para eu parar de chorar e brincar com ele... Só dorme no meu quarto, e quando não estou ele fica me procurando pela casa e mesmo assim dorme sozinho no meu quarto.

    Bjuxxx minha linda...

    ResponderExcluir
  22. KKKKKK TEM MUITAS VIDAS NOSSINHORA SRSRSRS ADOREI MISERICORDIA RSRSR SRSRSR MAS TEM SIM RE....GATOS SÃO UNS BICHOS LINDOS MAS MISTERIOSOS NÉ??EU ADORO CACHORRO, NÃO MALTRATO GATOS MAS TAMBEM QUERO LONGE DE MIM...ELES SÃO MUITOS FRIOS E NÃO SE APEGAM NO DONO E SIM NA CASA OUVI DIZER SERA QUE É VERDADE??BELO TEXTO RE..COMO SEMPRE

    OTILIA

    ResponderExcluir
  23. Rê amada

    os bichanos de 4 tbem não gosto..e os de 2 temos que recear...

    beijocas de saudade


    Loisane

    ResponderExcluir
  24. Ei Regina!
    Sou das suas, não gosto de tocar em gatos, mas os admiro. Tanto a beleza, quanto a personalidade, se prestarmos atenção neles podemos aprender muito!
    Lindas imagens.
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  25. Re adorei a comparação, até simpatizo com os bixanos mas nunca tive sorte com eles ou fugiam ou morriam, acho que os meus não tinham as 7 vidas kkkkk bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi Regina!

    Nem sempre a gente toma as decisões corretas. Mas o fato é que passamos o dia inteiro, a vida inteira tomando decisões. E o correto é assumir essas decisões que são nossas, e fazer com que valham a pena. Eu tenho pensado muito nisso, sabe? (E já que estou no divã, posso falar do que eu quiser, né, doutora?)
    Eu tenho pensado sobre as minhas escolhas. As minhas escolhas fazem a pessoa que eu sou. E as minhas derrotas ou vitórias também. Quando eu perco, é quando mais aprendo. E é isso que as pessoas que estão comigo precisam ver em mim. Eu aprendo, Rê, nas derrotas, muito mais que nas vitórias. Veja você, a derrota foi tão grande que continuo falando dela...
    Mas eu sei lidar com as minhas derrotas! Com as minhas decisões e escolhas. E daí advém a força, eu acho. Porque tudo o que resta, na verdade, dentro da gente, quanto tudo o mais já era, é a força e é a coragem... Pra continuar no dia seguinte...

    Bom estar nesse divã que me entende...

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  27. Há bichanos danados...e que garras....ufa!
    Não é completamente verdade que têm sete vidas, pois diariamente os encontro mortos na estrada.

    Aqui em casa tenho vários e saiem-me caros pela comida, mas eles são uma delicia.
    Todas as tardes me acompanham quando levo as cabras a pastar.

    Primeiro o cão, depois as cabras seguidas dos gatos e das galinhas que que também vão comer as ervas do campo.

    Votos de um Santo Natal e um bom ano de 2011

    ResponderExcluir
  28. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO.. SEGUE-ME

    LUCRE COM SEU BLOG:
    www.psdesigner.com.br/entretenimentos

    Seu blog é divulgado aqui após cadastrar-se

    SIGA-NOS:
    www.psddesigner.blogspot.com

    OBRIGADO!
    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  29. Nem vou comentar... De gatos selvagens entende você... rsrsrsrs E olhe: aprenda a andar pelos telhados, a usar os olhos como armas de sedução e a miar bem antes... rsrsrsrsrs. Adorei a gataria! Beijos e miaus, ui!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget