Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 5 de dezembro de 2010

PAPAI NOEL EXISTE?



The New York Sun: Terça-feira, 21 de setembro de 1897
Nós temos o prazer de responder a carta abaixo, expressando ao mesmo tempo, nossa gratidão por sua autora estar entre os leitores fiéis do The Sun. Virgínia O’Hanlon.

Prezado Editor,
Tenho 8 anos. Alguns dos meus amiguinhos dizem que não existe Papai Noel. Meu pai costuma falar: “Se estiver no The Sun, então será verdade.” Por favor, me diga a verdade. Papai Noel existe?
Virgínia O’Hanlon

Virgínia,
Seus amiguinhos estão errados. Provavelmente foram afetados pela descrença de uma época em que as pessoas acreditam em poucas coisas. Só acreditam naquilo que vêem. Eles acham que o que não compreendem com suas cabecinhas não pode existir. Todas as mentes, Virgínia, sejam as dos adultos ou as das crianças, são limitadas. Nesse nosso grande universo, o homem é um mero inseto, uma formiguinha, quando seu intelecto é comparado com o infinito que o cerca ou quando medido pela inteligência capaz de entender toda a verdade e conhecimento.
Sim, Virgínia, Papai Noel existe. Isto é tão certo quanto a existência do amor, da generosidade e da devoção, e você sabe que tudo isso existe em abundância trazendo mais beleza e alegria à nossa vida. Ah! Como seria triste o mundo sem Papai Noel! Seria tão triste quanto não existir Virgínias. Não haveria então a fé das crianças, a poesia e a fantasia para fazer a nossa existência suportável. Não teríamos alegria nem prazer a não ser com os nossos sentidos: seria preciso ver e tocar para poder sonhar. A transparente luz das crianças, com a qual inundam o mundo, seria apagada.

Não acreditar em Papai Noel!... É o mesmo que não acreditar em fadas! Você poderia pedir ao seu pai para contratar muitos homens para vigiar todas as chaminés na véspera de Natal e assim pegar Papai Noel; mas, mesmo que você não o visse descendo por elas, o que isso provaria? Ninguém vê Papai Noel, mas não há sinais de que ele não existe. Ninguém pode conceber ou imaginar todas as maravilhas do mundo que nunca foram vistas e que nunca poderão ser admiradas.
Se quebrarmos o chocalho de um bebezinho, poderemos ver o que faz aquele barulho lá dentro, mas existe um véu cobrindo o mundo invisível que nem o homem mais forte, nem mesmo toda a força de todos os homens mais fortes do mundo reunida, poderia rasgar. Somente a fé, a poesia, o amor e a fantasia podem abrir essa cortina e desvendar a beleza e a glória celestiais que existem por trás dela. Será que tudo isso é real? Ah, Virgínia, em todo este mundo não existe nada mais real e duradouro. Se existe Papai Noel? Graças a Deus ele vive e viverá para sempre. Daqui a mil anos, Virgínia, e ainda daqui a dez mil anos ou dez vezes esse número, ele continuará a fazer feliz o coração das crianças. (by Francis P.Church)

Termino de ler "A magia do Natal" para minhas crianças quando ouço da minha Preta:
- Mãe, e a menina de 8 anos entendeu tudo isso???
Ah, minhas crianças, meus pequeninos amados, por que será que crescem assim, tão depressa?!





19 comentários:

  1. Claro que Papai Noel existe!
    Senão, já era a esperança.
    Bjs.
    _________
    Inclusive, entre tantos pedidos no sapatinho, um em especial eu peço: "Papai Noel peça a Regina Rozenbaum que continue me visitando". Ho! Ho! Ho!

    ResponderExcluir
  2. Esta resposta teve trechos que lembram o final do filme Peter Pan, de Walt Disney.
    Tudo o que a mente humana é capaz de criar existe no universo dos sonhos daqueles que querem acreditar.
    E o universo da mente também é infinito!
    Saudações, Regina!

    ResponderExcluir
  3. Lindo e comovente e ele existe sim.Deve estar sempre em nós e podemos ter e ser os melhores p.noéis...beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Regina,
    O mundo infantil é tão mágico e imaginativo...
    Da peninha mostrar o mundo duro e sem sonhos pra eles.


    Beijo grande, bom domingo

    ResponderExcluir
  5. Rê Amada

    Ah! Como seria triste o mundo sem Papai Noel! Seria tão triste quanto não existir Reginas.

    Minha cartinha para o bom velhinho incluí te-la sempre por perto...

    P.S. A Deya costurou seu mimo..ficou lindo

    beijocas

    bom domingo

    Loisane

    ResponderExcluir
  6. O que seria do natal sem o papai noel??perder-se-ia a magia e o brilho nos olhos das crianças!! E haverá coisa mais linda???Não me parece...

    ResponderExcluir
  7. O Pai Natal existe, sim !
    Como negar a sua existência se ninguém nega a existência do amor, da alma, da saudade, da esperança, dos afectos ?...
    O Pai Natal existe, sim e que ninguém se atreva a admitir que não !
    .

    ResponderExcluir
  8. - O que causa essa confusão toda é que o Papai Noel que existe tem um irmão que não existe.
    - Peraí! Se o irmão não existe então o Papai Noel não pode ter um irmão!
    - É... é complicado, mesmo. E não dá pra explicar num comentário... esperem sair o Natal VI nos Sete Ramos... e Rê, desculpe o SPAM. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Lindo,,,ele existe sim, tá dentro de nós, da nossa alma, do carinho que temos pelas pessoas, da sensibilidade da epoca,,,do amor,,,da paz,,,de Jesus...um beijo querida...boa semana.

    ResponderExcluir
  10. - PS: A sua Preta tem a quem puxar... diga a ela que um velho bruxo, que conhece o Papai Noel, mandou uma beijoca.

    ResponderExcluir
  11. Bundinha menina do zóio masi lindo...
    cholei cholei.... (lá em casa e aqui)

    Eu ando assim mais sensivel que sempre, ultimamente tudo me faz chorar, e um texto desses então, alimenta o que estava com fome sabe? (esperança)

    Outro dia uma amiga disse pra mim que natal é época de milagres onde tudo que não vemos pode de repente acontecer..

    Eu disse a ela que ja não acreditava em mais nada que ja tinha desistido de tudo até de mim mesma...

    "Ela me disse então que eu devia acreditar um pouco mais pois tudo pode acontecer até mesmo aquilo que não podemos ver"...

    Ops!parei e disse pra ela...

    "ta me copiando ééé?"

    Por que eu sempre acreditei em tudo.

    E de repente me vi incredula sem fé sem animo sem vontade de viver,e hoje aos poucos tenho voltado a ser eu.

    E esteja certa que o motivo são pessoas assim como vc que nunca vi mas fazem um bem danado a quem passa os olhos por suas letras, ainda que não seja autoria própria mas tem a sensibilidade da escolha...

    Um bjo gigrande no seu coração...

    ResponderExcluir
  12. Oi Rê!

    Quisera eu saber porque é que eles crescem tão depressa... Fico me perguntando porque a magia termina tão rápido hoje em dia, e cada vez mais. Adorei a carta do editor do The Sun. Mostra que ainda há pessoas que conservam dentro de si a magia, a mágica, a iluminação...
    Assim como você o faz, aqui neste Divã

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  13. Uffa!! Ainda bem. Pois eu fui criada nessa atmosfera lúdica de Papai-Noel, fadas, piratas, graças ao meu pai, o "seu Manel" que já foi céu e por causa dele ainda tenho um pouco de Peter Pan, Sininho e todos os garotos perdidos dentro do mim.

    Virgínia, eu também acredito em Papai Noel, Amor e outras coisas que o mundo teima em dizer não existe.

    Lindo, lindo, lindo demais esse texto!

    Beijo você!

    ResponderExcluir
  14. Rêzina da Grória.. rsss
    Querida amiga do escrevinhamento bunito, Quero gárdecê de ocê fortalecê a idéia de que esse véinho "écquiziste" ... foi munitu issu... rs
    Quero lhe informar-te.. rss de que surpresas virão pra todos que querditam no Santa Claus...
    Vou além ainda.. tem um montão deles ( os de verdade.. não aqueles que se fantasiam pra mór di presentiá os fius ) .. ME AGUARDEM !!!

    Não pódo dizê mais senão perde o encantamento... rss

    Déussssssssssssssssssssssskiajudeê
    Bejô
    Tatto

    ResponderExcluir
  15. Olá, Regina!
    Também acredito, e muito!!!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  16. RE VOCE VIU A MAGIA DO PAPAI NOEL...??/PRA MIM ELE EXISTE SEMPRE EXISTIU...E FOI COMO O TEXTO DISSE...EXISTE EM PESSOAS QUE CONSEGUEM OLHAR ATRAVES DO INVISIVEL...ELE EXISTE SIM POIS ELE FOI CULTIVADO NOS CORAÇÕES DAS PESSOAS QUE TIVERAM A ALEGRIA DE TER UMA FAMILIA QUE SOUBE FAZER NASCER ESSE SENTIMENTO NELAS..TENHO PENA DAS PESSOAS QUE NÃO CONSEGUEM VER A MAGIA..NÃO CONSEGUEM PELO MENOS SENTIR A MAGIA ..EU SINTO MINHAS IRMÃS SENTIRAM..MINHA FAMILIA SENTIU EMBORA HOUVESSE TANTOS MOTIVOS PRA NÃO ACREDITARMOS NELE ..MAS MESMO ASSIM AMAGIA SUPEROU A REALIDADE E ACREDITAMOS NELES..ELE EXISTE TANTO QUE MESMO QUEM NÃO ACREDITA NELE..MUDA E PASSA ACREDITAR
    BJS
    OTILIA

    ResponderExcluir
  17. Rê, se os sonhos não morrem, pq têm a magia - deve acontecer igual com o Papai Noel. Pensa...acho que no imaginário infantil muito mais do que a imagem do velhinho de vermelho e seu Ho-Ho-Ho, permanecem vivas todas as criações que a mente de criança é capaz de produzir - e o que fixa essas sensações e "viagens" infantis, parece ser o encantamento que provocam essas infinidades de emoções e criações mágicas. Aí essa criança cresce, e fica garradinha nela essa imprevisível gama de lembranças/vivências/sensações...os adultos que somos assumem o comando, maaaassss o coração não tem idade, e a gente sai se encantando com as decorações natalinas e os Papais Noéis que recebem milhares de crianças no seu colo para uma foto (tirada por nós e vibrada por nossa criança interior?!!) - e quando é teu neto que vc fotografa, o mundo fica em miniatura, igualinho ele naquela foto que vc revela, ampliada, como está a emoção renovada para mais um, mas tão especial e diferente, natal!

    Estava com saudade...rs
    Bjãozão, irmiga amada!

    ResponderExcluir
  18. Tem tanta coisa tão mais difícil de acreditar... Prefiro acreditar em Papai Noel. Minha criança interna viverá para sempre e, com ela, todas as fadas, bruxas, grilos-falantes, terras-do-nunca, papais-noel e um sem fim de lindezas... Beijinhos. Ho, ho, ho!
    Angela
    http://noticiasdacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Papai Noel existe sim, claro!!!! Está dentro de nós, junto daquela criança que insiste em não crescer e viver para sempre na Terra do Nunca...
    Mas também, como já postei no Sete Ramos, podemos nós nos tornar um Papai Noel "de verdade". Basta passar nos Correios e pegar uma das tantas cartinhas para o bom velhinho e fazer a felicidade do remetente - e a sua também.
    Ah! e vc pode sentar, ler quantas quiser até escolher a carta que vai levar.
    Um FELIZ NATAL para todos.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget