Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 25 de março de 2010

VAI ENTENDER!!!


Escrevi, em fevereiro do ano passado, o começo de tudo, explicando as razões que me levaram a iniciar esse blog. Ao longo desse um ano de existência, muitas coisas mudaram e por conseguinte, é claro, o blog. Descobri nessa blogosfera gigantesca, pessoas maravilhosas, escritores fantásticos, poetas de primeira grandeza. Na medida que os meses avançavam, percebia que haviam interesses dos mais diversos: propaganda de si mesmo e do trabalho exercido, forma de "ganhar dinheiro", publicidade e que vários se tornaram livros, seriados na TV, clubes, agremiações de afins, meio de vida e ocupação, e mais um milhão de outras coisas. Todo blogueiro iniciante apanha mais que cachorro sem dono, suplicando em como e o quê postar,  ter seguidores, encontrar o eixo que o norteie, em ouvir comentários,  ser lido por esse mundão de D'US, enfim bombar como dizem os mais jovens. Agora um pouco de pesquisa: "Um weblog, blog ou blogue é uma página da Web cujas atualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente de forma inversa (como um diário). Estes posts podem ou não pertencer ao mesmo gênero de escrita, referir-se ao mesmo assunto ou ter sido escritos pela mesma pessoa. A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs, ou os blogs como uma comunidade ou rede social, cresceu em ritmo espantoso. Em 1999 o número de blogs era estimado em menos de cinqüenta; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para algo em torno de 2,5 a 4 milhões. Atualmente existem cerca de 70 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente, de acordo com o estudo State of Blogosphere[1]. O estudo revela que a blogosfera aumentou em 100 vezes nos três últimos anos e que atualmente ela tende a dobrar a cada seis meses. Esse aumento significativo no número de blogs ao longo dos anos, fez com que a grande mídia desse maior importância ao fenômeno." Fonte(s)http://pt.wikipedia.org/wiki/Blog
Bem, voltando às minhas elocubrações... O blog pertence ao seu autor, cabendo a ele decidir o assunto, se vai ou não responder aos comentários, se quer ou não aceitar selinhos, se vai colorí-lo de rosa, roxo ou azul, a frequência que vai postar e por aí vai. Nesse tempo, sem buscar muitas explicações, fui criando afinidades com leitores/seguidores/perseguidores que se transformaram em amigos, amados, como se nos conhecêssemos há tempos... Me emociono com os escritos como uma criança, diante de presente esperado ou inesperado. Tento, todos os dias, nortear não só meus posts, como também minhas respostas e comentários com afeto genuíno, respeito e dignidade. Não sei ser de outra forma... Então não consigo compreender quando há fechamentos de blogs porque A se ofendeu com aquilo que B disse, por exemplo. Não temos o direito - "liberdade de imprensa blogueira" - de escrevermos o que pensamos, sentimos? Se há uma ditadura ou censura nesse espaço, peço que me informem.  Se esse diário virtual se transformou num espaço cheio de regras, metodologias e outros critérios acadêmicos, façam o mesmo: me informem. Porque se assim for, vou mudar de praia... Essa rigidez, necessária e exigida, reservo para minhas publicações profissionais que estão bem distantes desse  "diário virtual". 
O que me move, aqui, é a leveza, a alegria, o bom humor e vocês!
(Dedicado a você H./K. amado!)

adj (lat motivu) 1 Que move ou serve para mover; movente, motor. 2 Que é princípio ou origem de alguma coisa. sm 1 Causa, razão. 2 Escopo. 3 Psicol Fator de impulsão e direção do comportamento animal ou humano. 4 Mús Pequena frase musical que constitui o tema de uma composição. 5 Bel-art Assunto de composição, elemento ornamental. Dar motivo: ser causa de.

14 comentários:

  1. Estamos a falar em sintonia.
    Na passada semana publiquei duas coisas sobre estes temas.
    Nada mais posso acrescentar ao que já foi dito, mas apenas posso dizer que eu nunca me aventuraria nesta estrada sem o apoio de todos os seguidores ou simples leitores.
    Os comentários bons ou maus são sempre motivo de reflexão.
    Nem sempre tudo é como desejaríamos fazer e muitas vezes não conseguimos agradar a todos.
    Só posso dizer que tenho aprendido muito a escrever, a ler e a descobrir pessoas fantásticas...MARAVILHOSAS.........

    ResponderExcluir
  2. Ora tudo pode virar, mas o meu blogue é Meu e serve para me divertir, reclamar ou que me Apetecer, quem gosta é bem vindo, quem não gosta, não faz falta ;-)
    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. E também se alguém não gostar dos meus comentários é só dizer, faço a mala e tenho mais 69.999.999 blogues, para ir visitar :-D

    ResponderExcluir
  4. Quem escreve assim não é coxo...

    Completamente de acordo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Eu sou completamente de acordo com todas as suas "elocubrações".
    Infelizmente existem práticas blogueiras que nem sempre são compreendidas por todos.
    Mas como a nós nos pertencem tal blog e seu caminho, diria então que, somos donos e senhores do que nele consta independentemente de quem goste ou não...se não gostar que vire a página, e pronto.
    Mas existem várias outras razões para que se acabem/fechem/ estagnarem blogues.
    Já presenciei alguns.
    Já vi blogs fecharem porque a sua razão de existência era a de, por exemplo, escrever um livro. Objectivo concluído pelo bloguista, sem o conhecimento dos seus seguidores, só no dia é que mencionou, e por e simplesmente, fechou, capute, acabou.
    Outros fecham porque já não têm paciência ou inspiração para continuá-lo..ou porque o trabalho conciliado com a vida particular já não permite... ou porque a imposição e vontade de alguém, seja ela por prepotência, ciúmes, pura implicância, whatever, são forçados e privados de o continuar.
    Existem outros blogs parados, desde data de 2005 e que até hoje lá estão, ricos de forma e conteúdo, mas que até á data nada mais disseram. Vamos entender isto??? Porque não fecharam logo?
    E outros em que por estas e outras razões, que desconhecemos, nos fazem parar no tempo e aguardar tranquilamente por aqueles dias iluminados, de contentamento, de muitas alegrias e emoções, porque felizmente não fecharam, estão mesmo é para férias ;)) mas um dia destes regressam para nos animar XD
    A vida é feita destas situações.
    Quem é que pode dizer que é dono de si e das suas coisas? Até o podemos mil vezes afirmar e com toda a convicção, mas pensando sériamente no assunto, não temos 100% da nossa tão querida liberdade.
    Cada passo que a gente dá, outras pessoas dão igual, mas em movimentos e tamanhos diferentes, e a nossa passada é sempre condicionada pelo ritmo e largueza dos outros, portanto, somos livres de andar, mas somos tb condicionados a um ritmo, movimento, obstáculos, manobras de diversão,etc, dos outros..." AMAR E RESPEITAR O PRóXIMO ".
    Querida amiga, existem tantos motivos que tentar perceber só dá porrada entre o "Tico e o Teco", lool.
    Espero que aquilo que escreveu não seja verdadeira intenção, VOCÊ NÃO PODE IR EMBORA NÃO, OUVIU?
    Mas se algum dia pensar nisso, vou perseguí-la, e ainda a encontro num cantinho por aí, ihihihih ;) " EU SEI QUE SIM"
    Xinhos grandes, sempre cheios de muita amizade e desejos de melhoras rápidas.

    ResponderExcluir
  6. Matéria bem interessante e esclarecedora. tenho alguma curiosidade em descobrir quais os países que mais aderem a este recente fenómeno mas acho que tanto Portugal como o Brasil devem estar bem representados, cada um à sua escala, claro. Eu criei o meu blogue sem pensar em visitantes, apenas como forma de me distrair e desabafar, começando depois essa guerra sadia de me encantar com o número de visitas, de procurar mudar cores, colocar música etc etc, numa busca de tudo que fosse novidade. Passados mais de 4 anos sei que dou bastante do meu tempo ao blogue hoje em dia, especialmente tentando comentar todos os outros por onde gosto de passar e não são poucos, ou não fossem os amigos que fui fazendo por aqui o que de melhor o meu blogue me trouxe. Regras? Tenho no trabalho. Um beijo, amiga. Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  7. Olá Regina!
    Está só a pensar alto, ou será mais do que isso?

    E quanto a blogs e bloguista, este é de facto um mundo aparte, com uma "fauna" muito própria, que sendo muito diversificada, tem igualmente muito em comum.No fundo, toda a gente aqui estará por uma razão, consciente ou inconsciente, e elas são tantas quantas as pessoas que aqui vão cultivando, com maor ou menor dedicação, o talhão que aqui "adqiriram".
    Este é de facto, e à sua maneira, um enorme palco onde toda a gente poderá representar, melhor ou pior, o seu papel - ou simplesmente ser espectador.

    Beijinhos; tudo a correr bem!
    vitor

    ResponderExcluir
  8. Rê, esse espaço é uma extensão do seu ser e, como tal, voce coloca nele o que bem entender. Se alguem nao gostou, se sentiu ofendido ou algo do genero, so sorry, certeza que não foi intencional. O ato de criar um blog passa por dar vazão a pensamentos, princípios e ao interesse comum em partilhar, entrando em sintonia com outros que trafegam na mesma frequencia. Assim se criam micro redes, se conhecem pessoas e intensfica o conhecimento. É muito bom estar por aqui!

    ResponderExcluir
  9. Luis,amado!
    Eu li seus posts também...Tudo é válido para refletirmos, só não concordo quando vejo amigos, agregadores de valores "fechando" seus blogues por conta de "vaidades alheias" ou dito à minha maneira: neuróticos que precisariam de muitas horas de divã!
    Beijuuss n.c.

    Falô e disse Isa! Assino embaixo!!!
    Beijuuss n.c.

    Brigadim Manuel...e espero que esse elogio chegue ao destinatário correto.
    Beijuuss n.c.

    Eyala, moça linda de viverrr, amada!
    Não, não pretendo, por enquanto, fechar meu blog...essas elocubrações na realidade foi um desabafo por e para um amado, amigo, que sinto sua ausência. Mas como vc sabiamente disse "somos livres a caminhar".
    Beijuuss, minina linda, n.c.

    Miguelito, duplo anjo, amado!
    UAU, seu blog já tem quatro anos???? Vida mais e mais longa a ele, amigo.
    Beijuuss n.c.

    Vitor, amado!
    Pensando bem alto... como disse, foi um desabafo em função de saudades... Por enquanto vocês vão ter que continuar a me aguentar rsrs.
    Beijuuss n.c.

    André, mensageiro, amado!
    Brigadim...Mas até hoje, e só tenho um aninho de blog rsrs tá tudo caminhando de acordo com o meu desejo! Como já escrevi, é uma tristeza por alguém que espero, momentaneamente, não está mais postando...mas vai passar.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  10. Querida RÊ!

    Concordo com tudo o que você escreveu. Como a gente falava láááá nos anos 70:
    FALOU e DISSE!!!

    Isso tudo é tão pobre e tão pequeno que só posso te dizer: TO FORA!

    E você, amada, nem pense em fechar o boteco, viu?
    Ora onde já se viu... onde irei bater o ponto todos os dias?

    Você está melhor?
    Já tem algum resultado dos exames?

    Mande notícias...boas!!

    Beijos

    Lia♥

    ResponderExcluir
  11. Lia,amada!
    Já viu mineiro fechar buteco??? Nãnãninãninha!!! Apesar de estar numa fase apertada de costura e não estar dando conta de, como gostaria, visitar todos vocês com regularidade mais que britânica rsrs, vou seguindo com esse meu cantinho...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  12. Resistir sempre! Achei muito oportuna a sua postagem, afinal, liberdade de expressão em uma mídia democrática é, no mínimo, fundamental. Concordo com tudo e nem ligo se tenho muitos ou poucos seguidores (meu blog é jovem), se não posso postar todo dia, se meu blog não é todo charmoso. O que me interessa é poder me expressar dentro de um tema - saúde e alimentação -, para prestar informação útil a quem estiver a fim. Os poucos que me seguem fielmente também são amigos queridos e adoro essa troca saborosa com eles. Continuo na área. Muitos beijos e parabéns pelo manifesto. Angela

    ResponderExcluir
  13. Querida Rê, amiga,
    Puros estados de alma, dissertações, livros, artigos de opinião, seja o que for, num blog o que se quer é transparência, saber estar e conseguir através dele escrever com liberdade, sem filtros. E porque a amizade e o carinho que se partilha através dos blogs, o conhecimento em aprendizagem contínua, demonstram, que nada nem ninguém tem o direito de censurar. Criticas venham e sejam aceites e nos façam pensar, para melhorar-mos e nos fazer-mos seres melhores.
    O que seria sem a tua pessoa através deste espaço cativante? Eu falo por mim, sentir-me-ia menos rico.
    Bem-hajas e ao teu grande coração, OBRIGADO RÊ
    Beijo e Kandandos a atravessar tanto mar

    ResponderExcluir
  14. Ângela, amada!
    É isso mesmo, fazer o que se gosta, quando e como puder e quiser... E é tudo uma construção diária messsssmo.
    Beijuuss n.c.

    Kimbanda, AMIGO, amado!!!!
    Que emoção ler novamente um comentário seu, aqui nesse meu divã, que é nosso, a cada dia!!! Estava com muiiiiiitas saudades... Só sei ser assim mesmo: transparente, pura emoção. Obrigada por retornar, sua amizade, através dos seus comentários já fazem parte de mim!
    Beijuuusss cheios de alegria n.c. do lado de cá do Atlântico sem escalas

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget