Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 9 de março de 2010

VIDA NO VAREJO

Dizem, quando tudo está correndo bem em nossas vidas, que os anjos conspiram a favor. Venho aprendendo que a vida se define no varejo, não no atacado. Não adianta traçar grandes metas, nem selar compromissos com o futuro. São as miudezas do cotidiano que nos ocupam, que definem a pessoa que somos e traçam o nosso destino. E chega uma hora em que a gente tem que acreditar que o futuro já chegou... não é amanhã, nem ano que vem: é hoje, aqui e agora, todo o dia!

10 comentários:

  1. Olá Regina!

    Primeiro, tenho que confessar que não estava a entender lá muito bem o que significava "varejo"no contexto desta história -mas agora já sei; já aprendi alguma coisa graças a si!.
    E acho que tem razão no que diz; não há, nunca, uma data para inaugurarmos o noso futuro.Ele não surge por atacado; é antes o resultado do que foi o passado e do que vamos fazendo, ou deixando de fazer, no dia a dia - o "tal varejo".O futuro é agora, como alguém disse-e acho que muito bem!

    Beijinhos:
    Vitor

    ResponderExcluir
  2. Viva!!! Tão simples e a gente complicando tudo, né Rê? Nada de ficar adiando, esperando, planejando e não realizando, sempre na expectativa de algo grandioso - ah, essa nossa megalomania! O dia é hoje e o extraordinário é 'extra'. Cada minuto é um milagre e a vida é pra lá de muito boa. Viva!!! Superbeijo, Angela

    ResponderExcluir
  3. Eu é que diga, lutamos tanto e ajudamos para nosso amigo realizar o sonho dele e, agora perdemos o amigo e ficamos só com os sonhos dele.
    Volto a lembrar: "Há muitos planos no coraçao do homem,mas somente a vontade de Deus se realiza."
    Viver cada dia e nada mais. Bjus molhados pelas lágrimas.

    ResponderExcluir
  4. Amiga.

    Penso que tudo o que possuímos
    chamamos de presente.
    Não existem futuros.
    Não existem amanhãs.
    O hoje é tudo o que nos resta.
    Viver é tudo o que se quer.

    Vida intensa para ti.

    ResponderExcluir
  5. Isto resume-se no famoso "carpe diem". Há que gozar o momento presente, nunca deixar o que podemos fazer hoje para amanhã, porque amanhã pode ser tarde demais...um bj minha inspiradora

    ResponderExcluir
  6. Chérie, creio que sonhos devam existir, um planejamento bem de leve e ir fazendo acontecer a cada dia.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Para mim é como uma viagem de automóvel, mais ou menos programada, mas sem data obrigatória de chegada, vai-se andando, apreciando a paisagem, podem-se até fazer uns desvios, para ver e fazer, coisas novas, voltamos novamente à estrada principal ou aproveitar, para experimentar umas estradas secundárias, sem abusar demais na velocidade, para não apanhar demasiadas multas e depois, logo se vai vendo o que se encontra e até onde conseguimos ir. Esta viagem termina no dia em que morremos.Em que sítio do mapa ficámos, não será tão importante, como o que fizemos e aproveitámos ao longo do caminho.
    Acho que já estou a divagar demais, deve ser do sono (na viagem não esquecer, as sestas, as sonecas e os cochilos ;-)). Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Vitor, amado!
    Impressionante como, falando a mesma língua, temos tantas diferenças...também tenho recorrido ao google e a vocês para me explicarem muitos termos e expressões que não entendo. Assim, sem nenhum "acordo ortográfico" (coisa burricida essa que nos inventaram)vamos nos entendendo maravilhosamente bem. Amém!
    Beijuuss n.c.

    Ângela, instigadora de minha gula, amada!
    A gente não é brinquedo naummmmm...Êita exercício esse difícil de fazer. Mas a vida, realmente, vai nos ensinando, diariamente, a saboreá-la no varejo.
    Beijuuss n.c.

    Mariza, mestra amada!
    Fica assim naummmm...Se pudesse estava aí, nesse pedacinho de céu dando-lhe meu colo! Mas saiba que envio, todos os dias minhas orações e energia.
    Beijuuss n.c.

    Aluisio,amado!
    É isso, amigo...hoje, agora, nesse instante.
    Beijuuss n.c.

    Isabel, diva amada!
    Essa é uma lição, como já disse, difícil de fazer...Fomos educados a planejar muito, criar as tais das expectativas e nos frustarmos. Mas eu tento, todos os dias, a fazer, refazer, fazer, refazer essa lição.
    Beijuuss n.c.

    JC, amado!
    Num abro mão de sonhar naummmmm. Só tenho o cuidado de não viver neles em tempo integral rsrs
    Beijuuss n.c.

    Isa, amada!
    Bacana dimaiiisss moça. Viagem assim tôdentro!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  9. Salve o varejo! E, além dele, a prestação, outra figurinha que vai se fazendo necessária em boa parte das situações existenciais... :-)
    beijinho

    ResponderExcluir
  10. Yessss, Zé, amado! Super bem lembrado: as prestações...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget