Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 29 de agosto de 2010

BATE-PAPO DE FIM DE MÊS

 Não estava com nenhuma vontade de conversar. Queria continuar no meu silêncio. Sem convite, penetra de primeira instância invade a ausência de som fazendo o maior barulho:
- Uma tarefa importante precisa ser concluída o mais rápido possível. Depois você poderá reduzir o ritmo completamente, ficar parada durante algum tempo e relaxar. Sim, eu disse relaxar. Você é capaz de se lembrar de como é sentir-se assim?
- Não estava tensionada!?! Pensando bem... Só um pouquinho.
- Em estado de relaxamento, você será capaz de recordar, realisticamente, tudo o que aconteceu durante este ano, especialmente dentro dos seus diversos relacionamentos. Você também perceberá até que ponto chegou; quantas velhas emoções eliminou do seu corpo e da sua vida; e quanta coisa nova passou a compreender.
- Gosto tanto dos meus chinelos velhos! São confortáveis, já estão acostumados a acolher meus calos.
- Já faz um bom tempo que você vem aprendendo a governar o seu próprio navio e se aproximou de muitos novos interesses, ideias, pessoas, lugares e sentimentos. Você fez muito bem. Agora está na hora de se dar um pouco de descanso. Está na hora de contemplar a sua vida e entender a sua relação com tudo e todos os que fazem parte dela. Certos relacionamentos podem causar muita preocupação, mas não deixe que isso ou alguma outra coisa abale sua confiança.
- Preocupação é como cadeira de balanço: vai prá frente, vai prá trás e não saímos do lugar.
- No último mês ficou claro que só você é capaz de fazer os seus sonhos se tornarem realidade. Agora você precisa descansar e procurar se revitalizar, pensar nas outras pessoas da sua vida e refletir sobre o próximo passo a ser dado. Há muitos detalhes a cuidar, incluindo as questões importantes que precisam ser tratadas com calma, paciência e confiança.
- CALMA? PACIÊNCIA? CONFIANÇA? Posso comprar em algum lugar esses ingredientes?
- É preciso dar tempo e espaço para que uma meta importante se desenvolva no seu próprio ritmo. Você também precisa de tempo para repor suas energias físicas, emocionais e mentais. Qualquer movimento agressivo da sua parte resultará em atrasos, frustração, ressentimento e perda.
- Estou me lembrando daquele ditado alemão: “Enquanto o órgão estiver tocando, o serviço religioso ainda não terminou”.
- Quer você perceba, quer não, agora você faz parte de uma equipe. Você aprendeu como cooperar com os outros e se aproximar das pessoas sem se perder nos problemas delas e sem permitir que o comportamento negativo das outras pessoas sugue a alegria da sua vida. Cuide da sua alegria. Proteja-a!
- Atualmente??? Só se for fazendo seguro...
- Logo você saberá que a espera acabou e que VOCÊ tem o pleno controle da sua jornada.
- Esse papo já começou a me irritar... Essa história prá boi dormir de que tenho pleno controle... Está me fazendo perder o controle...
Segurança, segurança, quer fazer o favor de retirar esse penetra daqui? (Regina Rozenbaum).
P.S: Mesmo que a vida nos imponha constantemente que olhemos para nós mesmos e nos preocupemos com nossas realizações, é preciso não esquecer que somos parte de um todo e que há responsabilidades que nos competem!  









14 comentários:

  1. "Qualquer movimento agressivo da sua parte resultará em atrasos, frustração, ressentimento e perda".

    Grande verdade, Regina. E, acredite, quanto mais cedo a percebemos, mais avançamos.

    http://www.vervida.blogspot.com

    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. A vida e os seus mistérios, nós e os nossos!
    É uma constante esta escola, não tem férias, apenas exames ... muitos exames e depois somos nós a fazer a verdadeira avaliação (pese embora haja muita gente que o tenta fazer por nós ...nâ, nã, isso não!!).
    Bjs Rê, vejo que estás a recuperar bem, que bom!

    ResponderExcluir
  3. Ola Rê

    é... Ter um equilibrio as vezes é complicado
    sempre pendemos a pesar para um lado só,
    ou nos preocupamos com os outros e esquecemos de nós, ou nos preocupamos com a gente e esquecemos dos outros, isso é algo muito dificil de administrar, aquele que consegue administrar isso, conserteza é bem mais feliz.

    grande bjo

    ResponderExcluir
  4. Estamos aqui para aprender a fazer melhor paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  5. Hola Regina,

    espero que estés mejor...

    Sí, es dificil mantener el equilibrio, pero vamos intentándolo...

    Me gustó tu texto.

    Te dejo saludos,

    Sergio.

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga, tem dias realmente que nada está bom, nada nos agrada, mas fazer o que? amanhã será um novo dia, e temos a chance de consertar o hoje...Tenha uma linda semana...Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Oi Regina.

    Muito obrigada por deixar seu recado no meu blog.
    Apesar de; no momento o "Sagitário de Mama", tem ocupado grande parte do meu tempo.
    Procuro não perder o trem da vida.
    E deixar o problema apenas no peito, não transferi-lo para o umbigo.
    E tentar seguir o Gonzaguinha cantando.
    A beleza de ser um eterno aprendiz.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Gosto tanto dos seus textos Regina!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. É interessante como nos chegam os recados lá do Alto! São como invasões mesmo, mexendo com nossa aparente acomodação, bagunçando nossa cabeça num primeiro momento para, ao final, chegarmos a conclusões maravilhosas, como esta de que fazemos parte de algo maior. Só muito amor... né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Cláudio, amado!
    É vero, amigo... Quanto mais cedo percebemos e atuamos, mais degraus galgamos para nosso crescimento.
    Beijuuss n.c.

    Urbano, amado!
    Nã, nãni, nãninha messssmo. Não há como o outro fazer nossas lições e nem adianta também querermos "colar" das respostas alheias... elas são pessoais e intransferíveis!
    Beijuuss n.c.

    Marcos, mininu-amado!
    A busca desse equilíbrio é exercício diário e como disse... nada fácil. Aprendizado mesmo que doloroso. Mas a gente continua fazendo as lições!
    Beijuuss n.c.

    Lisette, amada!
    Que bom "Rê" vê-la aqui... Ainda mais nessa postagem que tento ALERTAR a mim, a todos nós que é preciso não esquecermos que somos parte de um todo e que há responsabilidades que nos competem. Coisa que faz, de maneira admirável, no seu ONG ALERTA!!!
    Beijuuss n.c.

    Sérgio, amado!
    Como mi madre sempre dizia: um dia de cada vez...um de cada vez. E com a intenção de encontrarmos esse equilíbrio vamos tentando todos os dias...
    Beijuuss n.c.

    Marilu, amada!
    Sabe, minha querida, para mim todos os dias, milagrosamente, renasço e não faço consertos do ontem... construo, com o material que ELE me dispõe no dia que nasce... mesmo que construção dê mais, muito mais trabalho que consertos. Uma semana doce procê.
    Beijuuss n.c.

    Wilma, mulher de peito, amada!
    OBRIAGADA por sua visita... muito me honra messsmo! Tenho absoluta certeza que você está longe de perder o trem da VIDA e que sabe, com essa garra, não só peitar o problema, como deixá-lo muito bem localizado. E cantar... cantar a beleza de todo esse aprendizado. FORÇA NA PERUCA!!!
    Beijuuss n.c.

    Fatinha, afinadora de minha'lma, amada!
    Fico feliiizzz dimaisss que gostes das minhas "divagações"... é a VIDA que "é bonita, é bonita"...
    Beijuuss n.c.

    Ângela, iluminada, amada!
    Chegam, como chegam... invasores amados! Diferentemente de ET careço que fiquem bem garradim nimim rsrs
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  11. Regina minha linda, nem sabe como seu carinho me aqueceu,agradeço de coração, e espero que tudo esteja correndo bem com você e sua recuperação, viu querida.

    Sou uma pessoa agraciada por Deus, pois não espero nada grandioso e espetacular, tão pouco me privo de nada esperando para ver se no momento seguinte algo melhor me acontece.
    Absorvo tudinho que me é dado de bom, vejo com bons olhos e otimismo o mais leve acenar de uma possibilidade, vivo com todas as migalhas, até mesmo as quase invisíveis, pois o momento seguinte, não sabemos sequer se chegará.
    A cada dia buscamos encontrar esse tão desejável equilíbrio, e depois ainda descobrir como mantê-lo , impossível...pois o cenário é mutante, os fatos são surpresos e inesperados, portanto só mesmo a lição de cada dia , passo a passo, não esperando por uma grande apoteóse, e sim por belas e intensas cenas.
    No final, terá sido sim o filme da nossa vida UM GRANDE ESPETÁCULO!!!!

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia (de novo!!)...entre um e outro, ó eu aqui tráveiz!!...rsrs

    Esse conversê carece "apenas" pensar - dizer, mais nada nauummmmm....rsrs

    Fica um bjo...e o desejo de uma unicidade, uma inteireza que desfragmente o indivíduo e o faça parte - de um enorme todo!

    ResponderExcluir
  14. Fátima, amada!
    ESPETÁCULO de depoimento, partilha de VIDA... Vou caminhando bem, bem messsmo. Agora só aguardando o "famigerado" resultado anátamo-patológico (demorando um cadim mais que o usual) para sacramentar o veredito e aí... aí é só correr mais ainda pró vere dito abraço!!!
    Beijuuss n.c.

    Boaaaa Tarrrde Flor da Tarde rsrs
    Então tá, né? Vamo que vamo... fazendo a parte nossa nesse todo que é de todos!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget