Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 8 de agosto de 2010

DIA DOS PÃES

Como homenagear a ausência de sua presença? Foi minha/meu Pãe que verdadeiro presente, sempre, se fez: sem laço de fita nem papel. Desembrulhada, ela/ele ensina que a vida é para ser celebrada. É com Elle/Il que apreendo o quê não compreendo. Foi com She/He a mais linda lição de transformar desgosto no mais puro gosto. Ouço seu sussurro duplo, firme e constante sempre dizendo: vai conseguir, sim! E é através dessa voz, constância de amor, que grito: AMO VOCÊ DE VIVERRR!!! Feliz Dia dos Pães! Saudades...
PS: Lembra-se da gente dançando nos embalos de todos os dias da Vida? E você dizendo: a vida é rosa, azul, verde, laranja, e preta também! Faça dela seu arco-íris com as cores que tem...

11 comentários:

  1. "a vida é rosa, azul, verde, laranja, e preta também! Faça dela seu arco-íris com as cores que tem..."

    coisa mais linda isso... e você aprendeu direitinho a fazer seu arco-íris, né moça?

    Plagiando um amigo: FELIZ DIA DOS NOSSOS PAIS...e pãe!

    Beijos especialmente doces.

    ResponderExcluir
  2. Rê !!!Obrigada, saiba que você já está no meu coração também....
    Bjs
    Zu

    ResponderExcluir
  3. Oi Regina, então feliz dia dos Pães.
    Um abraço afetuoso deste leitor que tanto aprecia estar aqui.
    Um beijo também.

    ResponderExcluir
  4. Pai valente tem o coração forte
    e quente!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Olá Regina,

    Feliz Dia dos Pais.
    Cá em Portugal celebra-se no dia 19 de Março, mas eu trato de fazer com que seja todos os dias... com o meu pai!

    Um beijo e bom domingo.

    ResponderExcluir
  6. Rê, minha querida
    Desejo um muito feliz Dia dos Pais.
    Em Portugal o Dia do Pai festeja-se a 19 de Março, dia de S.José. O meu, infelizmente, encontra-se já noutra Dimensão, mas não passa um dia sem que me lembre dele. Portanto... continua comigo.

    Bom final de domingo e feliz semana.
    Beijinhos mil

    ResponderExcluir
  7. Que beleza que você tem a quem prestar homenagem, mesmo que seja póstuma. Eu já não tenho a menor vontade... Já o perdoei, mas prefiro não me lembrar... Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ah! que texto mais lindo, Rê! Tuas emoções andam em plena ebulição, não é minha amigamada???

    Ausência/presença...tema difícil...

    A gente é um pouco pai, eles são um pouco mãe...essa composição equilibra tanto nossos filhos. Cada um pinta seu arco-íris, é bem verdade. E a cada dia novos tons podemos acrescer na paleta da vida. Isso sim faz uma diferença enorme em nossas vidas, podermos decidir que cores usar, e que intensidade imprimir...a soma delas é o branco, lembra?...que paz!!

    Bjos, queridona, e uma semana de muita cor e luz intensa!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Regina (ou a mulher que não para de escrever)!
    Mais um de novo outra vez novamente, como sempre, belo post!
    Bjs!
    Rike,

    ResponderExcluir
  10. Pétala, minina-ternura,amada!
    Ando tentando não decepcioná-la/lo, mas confesso que o quê sempre foi parto normal, anda meio-cesária de ser.
    Beijuuss n.c.

    Zu, amada!
    Com essa imaginação santa de ser só messsmo "acompanhada" daquelas lindezas.
    Beijuuss n.c.

    Antônio, amado!
    Obriagada pelo carinho e amizade aqui sempre presente.
    Beijuuss n.c.

    Manuel, poeta, amado!
    E que coração...
    Beijuuss n.c.

    Amélia, amada!
    Faça sim... todos os dias enquanto eles estão agarradinhos a você. Depois, quando eles vão para uma outra dimensão são esses dias que minimizam nossa saudade.
    Beijuuss n.c.

    Mariazita, amada!
    Como és uma amiga recente aqui no Divã explico-me: meu pai foi para outra dimensão quando eu tinha dois anos...minha mãe se tornou assim pai e mãe, uma verdadeira pãe a criar seis filhas. Há um ano ela foi se encontrar com meu pai... E é como escreveu: não passo um dia sem estar com ela!
    Beijuuss n.c.

    Ângela, iluminada, amada!
    Sou realmente abençoada, pois PÃE assim é raridade... Que bom amiga que já o perdoou menos peso para carregar na alma e no coração.
    Beijuuss n.c.

    Fatinha, amada!
    OBRIAGADA.
    Beijuuss n.c.

    Dê, moça linda de viverrr, amada!
    Ebulição quase se tornando só vapor rsrs Não me esqueço nunca dessa mistura, pois foi também com ela/ele que aprendi como é maravilhoso estarmos, gerarmos e sermos PAZ. Obriagada V.F. rsrs por esse carinho e amizade.
    Beijuuss n.c.

    Rike, mininu, amado!
    E os seus???? Amei tooooodos como vc deve ter lido e só posso agradecer pelas risadas dadas e lágrimas escorridas de emoção.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget