Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

VOCÊS AQUECEM MEU CORAÇÃO

Como nos últimos tempos venho vivendo de maneira mais intensa, ainda, os dias de minha vida, decidi subverter as regras desse mimo que recebi do Miguel para agradecer.  Jamais conseguirei explicar, por palavras nesse carinho, amizade, amor recebido de cada um de vocês. Nunca terei verbos suficientes em meu vocabulário, para descrever a energia sentida através das orações, da torcida vibrada, dessa corrente do bem que recebi e continuo recebendo diariamente. Sempre questionei o que acontece através desse mundo virtual: como nos aproximamos, nos tornamos íntimos, amigos, apaixonados, amantes, sofremos, vibramos, torcemos, aguardamos notícias, rimos, choramos, enfim vivemos... Nesses dias, minha alma, coração, foi aquecido, acalentado, mais que mimado, por vocês, com vocês! Foram  xícaras e mais xícaras de sabores diversos, aromas únicos que degustei lentamente. Cada um que aqui esteve, em qualquer hora, como algo tão simples como preparar uma xícara de chá (com um pouco de água, sensibilidade e paciência) foi capaz de refrescar ou aquecer meus sentidos, acalmar meu espírito e criar um momento de sofisticado compartilhamento... O compromisso de partilhar uma filosofia de vida, talvez um estilo de vida: BEMQUERÊNCIA!
Como ainda estou em fase pós-cirúrgica - não deveria nem estar digitando essas postagens - não posso responder a cada um (como sempre fiz e farei), nem visitá-los em suas casas e deixar meu comentário... peço-lhes desculpas. Junto a isso vivo mais um delicado e inexplicável som de dor, misto de amor. Mas acima disso, sobretudo lhes agradeço: OBRIAGADA!!!
À propósito, meu chá predileto? ALECRIM! Tinha alguma dúvida? (Regina Rozenbaum)
P.S. As "regras" para o selinho estão lá no blog do Miguel e minha doação é para todos vocês, amados meus.


6 comentários:

  1. Minha querida, sabes que os sentimentos que inumeras, acima, são recíprocos, puros e verdadeiros. Muitas vezes dou comigo a pensar, como é possível, tornarmo-nos tão íntimos Amigos, vivermos tão intensamente os problemas dos outros (que nem conhecemos pessoalmente) como ficamos tão próximos, até, sim, apaixonados.
    Como é possível uma amizade apenas virtual ultrapassar quantas vezes as amizades reais ?
    Fica bem, querida amiga e que recuperes rapidamente.
    O susto já lá vai :)))
    Beijão
    ... e fica tranquila quando aos comentários e visitas que todos nós compreendemos. Tu estás sempre presente !
    .

    ResponderExcluir
  2. Olá querida Regina,

    Como entendo o que dizes...!

    Quando passei momentos muito duros com a perda do meu sogro querido..., aquecia a alma ler os comentários e ver a amizade que se estabelece e que de virtual não tem nada!

    Minha amiga, diz-se que as dores partilhadas doem menos e eu creio que sim...

    Mando-te deste lado do Atlântico um abraço e um beijo assim de grandeeeeeessssssssssss...

    Rápidas melhoras...

    ResponderExcluir
  3. Hola Regina,

    me alegro de leer tus letras...

    Y me alegro que salgas adelante, porque eres una mujer fuerte...

    Que lindo es ver la amistad que se genera, no?

    Que te mejores pronto.

    Te dejo saludos argentinos,

    Sergio.

    ResponderExcluir
  4. Minha amada Rê a amizade é o amor sem asas .
    Um beijo na tua alma.

    ResponderExcluir
  5. Oi Rê, acho que perdi alguma coisa nesses dias que fiquei sem aparecer, tem cido dificil mais sempre que arrumo tempo eu apareço, melhoras pra vc amiga, lindas palavras e saiba que o sentimento é reciproco, muito merecido o selo que recebeu, Deus te abençoe sempre e ilumine seus caminhos bjos no coração

    ResponderExcluir
  6. Espuletinha, sossega neh?
    Fica teclando muito não amiga, fica mais quietinha...
    Te cuida pra ficar boa de tudo bem rapidinho tá?
    Não te quero dodói não viu?
    Bjos e fica com a proteção divina.Estou sempre orando por ti.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget