Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 16 de janeiro de 2011

QUE TREM É ESSE?


Pedi vinte e quatro horas de sua vida
Ganhei cento e vinte e mais
Eram só interrogações
Você transformou em exclamações
Louco já era eu
por resolver este mistério
Eu sou prosa
Você é verso
Maldito nó que me aperta
ora no peito, ora na garganta
mas me mantém vivo e alerta,
é esse amor que em mim manda
É selvagem, gato
Sou leoa, domesticada
Mulher, menina, meu encanto
Alegria de viver
Preciso dessa tua alegria para acreditar que é possível e vale a pena contar em ordem decrescente o tempo que falta para ACONTECER...
De batismo rainha
De presente um anjo
Entreguei a alma reversa
Pintou sua essência coração
“Tudo muda, tudo parte
Tudo tem o seu avesso.
Frágil a memória da paixão...
É a lua. Fim da tarde
É a brisa onde adormeço
Quente como a tua mão”

Quero dividir
Precisa, carece somar
Maldito nó que me aperta
ora no peito, ora na garganta
mas me mantém vivo e alerta
é esse amor que em mim manda
Prefiro saber-te, mesmo não te tendo
a perder-te por um segundo... Amor!
(RR/HR)


24 comentários:

  1. Olá Regina,

    que lindo!

    "Sou leoa, domesticada..."
    Eu também... jajajaja

    E tu não és prosa, és poeta!

    Um beijo, amiga linda.

    ResponderExcluir
  2. Ráááápt-ME Camaleoa Adapt-ME à essa marvada escrevedora... rssss

    Deusssssssskiajude de munitinho isso RÊzininha..

    Bejo
    Tatto

    ResponderExcluir
  3. Deuskiabençoeospoetasmetidosabesta se essa moça resolve mesmo escrever poemas, 'tamo tudo lascado', não sobrar ninguém.

    Eu sou apenas uma frágil e sensível passarinha, mesmo...

    Beijos pra lá de embasbacados.

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh eu vi que foi em dupla heim... ce não é fraca, não,moça, não é fraca, não....

    ResponderExcluir
  5. Super legal versos que se encaixam, como sentimentos dos que se amam,,,se desejam,,,adorei a leoa domesticada,,,o mais puro exemplo da entrega ao amor...beijos de otimo domingo e otima semana.

    ResponderExcluir
  6. - Assim num tem pra ninguém... a gente poetiza com a imaginação e essa poetisa poetiza ao vivo, em cores, com cheiro, tato, sabores...
    - Arrêgo! Purisso quela nem ligou pras minhas remexidas redondilhas... tava dividindo asas para um vôo duplo.
    - Demais, Rê... demais! Abraços poéticos para o anjo e beijos escondidos para a anja... e parabéns aos dois!

    ResponderExcluir
  7. AMOR...ESSE QUE ENGLOBA TODO SENTIMENTO...É ASSIM...DEIXA A GENTE DOIDO,SEM TER O QUE FALAR..E ESTA MUSICA FALA POR NÓS,QUANDO ELE DIZ"
    Prometo te querer
    Até o amor cair
    Doente
    Doente
    Prefiro então partir
    A tempo de poder
    A gente se desvencilhar da gente
    Depois de te perder
    Te encontro, com certeza
    Talvez num tempo da delicadeza
    Onde não diremos nada
    Nada aconteceu
    Apenas seguirei, como encantado
    Ao lado teu
    DOMESTICADA FOI OTIMO ..EU TAMBEM FIQUEI HA 25 ANOS ATRAS.COMO DIZ MEU MARIDO""NÃO DEU DOMA AINDA ,NÃO TOTALMENTE SRSRS SRSRSR""
    ADORO CHICO,ADORO AMOR,ADORO SENTIMENTOS,
    ADORO VOCE

    OTILIA
    BEIJOS EM VOCE E NO MAX...

    ResponderExcluir
  8. PS: Henrique? Heitor? Herberto? Precisa dizer, não... deixa eu botar pilha nova na bola de cristal...

    ResponderExcluir
  9. Olá, Regina!
    Adorei! Forte, inteligente, sensível! E tudo num só poema!!
    Bjs!
    Rike

    ResponderExcluir
  10. Eita, que essa leoa de domada não tem é nadinha, pelo menos não na poesia.
    Que massa, heim? E fica aí cheia de frescurinha dizendo que não é letrada, que sei mais lá o que. E isso é o que, minha filha?

    Tome tento, viu?

    E que maravilha esse voo, que maravilha!

    Abraços compartilhados ao Humberto, Hiago, Hermes, Hugo... Nome lindo ele tem.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Lindo demais...
    Versos de amor...Coração e paixão...Adoro.
    bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  12. Muito lindo, Regina!
    Lindo demais!
    Que delícia ler algo assim, neste domingo...
    As notícias ruins estavam me dixando muito down...
    Abraço apertado, querida!

    ResponderExcluir
  13. Alma escancarada. Muito booooooom! Quanto amor! Viva tudo, curta tudo, enamorada que está. A gente fica aqui torcendo e lendo, lendo, lendo... tanta beleza! Beijinhos, Angelinha

    ResponderExcluir
  14. Parabéns, amiga, pelos versos que me encantaram!!

    Rê, venha buscar um "mimo personalizado" que fiz pra você. Está no meu blog de scraps:
    http://botoeseanjosmimos.blogspot.com/

    Desculpe a ausência, estou resolvendo 'hosts' particulares...
    Um abraço grande,

    Graça Lacerda

    ResponderExcluir
  15. Escondendo o jogo, hein, felina?
    Aqui só tem fera mesmo, incluindo uma leoa!
    Beleza de parceria!

    ResponderExcluir
  16. Amiga vou tomar bomba do seu blog. Situação tá obama porraqui. Sem tempo de perseguir. Tomei birra de Paris. Pode apedrejar.
    bjins
    eidia
    www.oquevivipelomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá,RÊ!

    "Love is in the air!!!", e pelos vistos até encoraja à escrita de poema: pois então que prosa e verso façam um lindo casamento!

    Beijinhos amigos.
    Vitor

    ResponderExcluir
  18. Ai amiga leoa amansada pela vida...
    quenem que eu fui sendo de pouquinho, e ainda estou...
    que lindo, verso e prosa tem tudo haver, então é só apreciar nénão?
    beiJO na alma!
    e uma semana de paz...

    ResponderExcluir
  19. Um beijo querida amiga e inicie feliz esta semana.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Que pode uma criatura, senão entre criaturas, amar? Amar e esquecer, amar e malamar, amar, desamar, amar... Sempre, e até de olhos vidrados, amar!!!!

    Beijocas românticas a ti!!!!

    ResponderExcluir
  21. Imenso beijo de linda semana pra ti querida amiga...

    ResponderExcluir
  22. Olá... Querida e amada Rê!

    Impossível conter a emoção neste "dialogo poético".
    Poema que ainda estão escrevendo
    a cada batida do coração.
    Ele inspira, Tu expiras,
    o amor em crescendo.
    Amar assim, é poema que uma vida,
    não chegará para completar.

    Beijo e kandandos meus a atravessar tanto mar...

    ResponderExcluir
  23. Linda poesia a duas vozes. A dois sentimentos, em comunhão.
    Também já fiz alguns, uns em diálogo, outros em contraposição.
    Gostei imenso do vídeo.
    Paris! Vou lá voltar no princípio de Março.
    Desta vez vou ficar mesmo perto do Louvre, para poder me "perder" lá dentro com muito mais tempo.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget