Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

COMO PEDIR UMA PIZZA EM 2015


Estou sem telefone na minha casa fazem dois dias... Fui ligar para a prestadora de serviços para saber o que estava acontecendo. Antes, rezei um pouco, pedindo calma, prudência, discernimento, e principalmente que eu colocasse em prática, o exercício da paciência. Todos sabem a quantidade de dados que temos que fornecer para simplesmente pedir uma informação, cancelar uma assinatura, fazer uma reclamação... Sem contar o tempo que gastamos com o tal telefonema. Nem adianta me dizer que agora tem lei, para o tempo de espera na linha, por que a existência dela para os SACS, é a mesma que a das filas em bancos. Preciso contar que ainda estou sem telefone? Que o meu exercício prático de PACIÊNCIA foi pró espaço? Quando abro minha caixa postal, vejo essa msg enviada pelo meu amado Richard! Foi um "presente" para que eu resgatasse minha paciência. Confesso, ainda, que me deixou bem preocupada com toda essa modernidade (assunto para outro dia). Então vocês podem, a princípio, achar gozado, mas é a pura realidade. Eu preciso, eu quero ficar http://www.tofora/ disso... Terá jeito meu São Jorge?


- Telefonista: Pizza Hot, boa noite!


- Cliente: Boa noite! Quero encomendar pizzas....
- Telefonista: Pode me dar o seu NIDN?
- Cliente: Sim, o meu número de identificação nacional é 6102-1993-8456-54632107.
- Telefonista: Obrigada, Sr.Lacerda. Seu endereço é Avenida Paes de Barros, 1988 ap. 52 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302 e o seu celular é9266-2566.
- Cliente: Como você conseguiu essas informações todas?
- Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
- Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas, uma de quatro queijos e outra de calabresa...
- Telefonista: Talvez não seja uma boa idéia...
- Cliente: O quê?
- Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Senhor sofre de hipertensão arterial e tem taxa de colesterol muito alta. Além disso seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde.
- Cliente: É você tem razão! O que você sugere?
- Telefonista: Por que o Senhor não experimenta a nossa pizza Superlight, com tofu e rabanetes? O Senhor vai adorar!
- Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?
- Telefonista: O Senhor consultou o site 'Recettes Gourmandes au Soja' da Biblioteca Municipal,dia 15 de janeiro, às 4h27min, onde permaneceu conectado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão...
- Cliente: OK está bem! Mande-me duas pizzas tamanho família!
- Telefonista: É a escolha certa para o Senhor, sua esposa e seus 4 filhos, pode ter certeza.
- Cliente: Quanto é?
- Telefonista: São R$ 49,99.
- Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?
- Telefonista: Lamento, mas o Senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu cartão de crédito já foi ultrapassado.
- Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco sacar dinheiro antes que chegue a pizza.
- Telefonista: Duvido que consiga! O Senhor está com o saldo negativo no banco.
- Cliente: Meta-se com a sua vida! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro...Quando é que entregam?
- Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos. Se o Senhor estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que tranpostar duas pizzas na moto não é aconselhável, além de ser perigoso...
- Cliente: Mas que história é essa, como é que você sabe que eu vou de moto?
- Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou as últimasprestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga,
e então pensei que fosse utilizá-la.
- Cliente: @#%/§@&?#>§/%#!!!!!!!!!!!!!
- Telefonista: Gostaria de pedir ao Senhor para não me insultar... Não se
esqueça de que o Senhor já foi condenado em julho de 2006 por desacato em
público a um Agente Regional.
- Cliente: (Silêncio)
- Telefonista: Mais alguma coisa?
- Cliente: Não, é só isso... Não, espere... Não se esqueça dos 2 litros de
Coca-Cola que constam na promoção.
- Telefonista: Senhor, o regulamento da nossa promoção, conforme citado no
artigo 3095423/12, nos proíbe de vender bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
- Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou me atirar pela janela!!!!!
- Telefonista: E machucar o joelho? O Senhor mora no andar térreo!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget