Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

NÃO É PIADA...

"Sapientia: nenhum poder, um pouco de saber, e o máximo de sabor..." (R.Barthes)
Pra quem não se lembra, apóstrofo é aquele "risquinho" que serve pra suprimir vogais entre duas palavras.... Ex: caixa d'água. A pergunta foi: qual a função do apóstrofo?

E a resposta (imperdível):
"Apóstrofos são os amigos de Jesus, que se juntaram naquela jantinha que Michelângelo fotografou".


Tenho vários amigos professores...Me sinto uma privilegiada. É uma das profissões que mais respeito. Num país onde a verba, destinada à Educação, vai parar, sabe-se D'US e nós em lugares diversos...todo dia sou brindada com "pérolas" como essa.
(Colaboração da amiga M.C.)

2 comentários:

  1. BOM DIA !
    Antes de mais nada estou aqui para agradecer a visita e seu comentário tão significativo para mim. Eu ando um pouco ausente, minha conexão anda péssima, lentíssima - perco muito tempo para abrir os blogs, os mais carregados eu até desisto. Como já havia dito, eu moro dentro de um pedacinho da mata Atlãntica e o sinal aqui é muito dificultoso. Além do mais, com toda essa chuva que tem caído tenho mantido o meu computador desligado por conta dos raios, já queimei uma televisão por causa disso, aqui não tem pára-raios ( agora vê, acostumada com cidade grande, achei que no mato poderia existir um pára-raio - só eu mesma). Espero que compreenda as diversas limitações de quem escolheu viver no mato.
    A medida do possível vou colocando as histórias, com a lentidão de sempre.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... agradece mais uma vez a sua visita esperando que volte sempre.
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sil
    Vamos ajeitando as coisas na medida do possível...No final tudo dá certo! Exercer a calma, paciência é uma prova e tanto de perseverança!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget