Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

HOMEM É IGUAL AVIÃO

Essa colaboração recebi da "Vó Ju", para continuar no espírito natalino de alegria e muitas risadas!!! Como escrevi no post anterior...é muita criatividade que o povo tem. Acho que é por isso que, além de sermos considerados o povo mais alegre do planeta, conseguimos driblar tantas "dificuldades" nesse nosso BRASIL AMADO.  


O Homem, até os 20 anos : se equipara ao Avião de Papel. Apenas vôos rápidos, de curto alcance e duração.


O Homem, Dos 20 aos 30: se equipara ao Caça Militar. Sempre a postos, 7 dias por semana. Ataca qualquer objetivo. Capaz de executar várias missões, mesmo quando separadas por curtos intervalos de tempo.


Dos 30 aos 40: Aeronave Comercial de vôos internacionais. Opera em horário regular. Destinos de alto nível. Vôos longos, com raros sobressaltos. A clientela chega com grande expectativa; ao final, sai cansada, mas satisfeita.



Dos 40 aos 50: Aeronave Comercial de vôos regionais. Mantém horários regulares. Destinos bastante conhecidos e rotineiros. Os vôos nem sempre saem no horário previsto, o que demanda mudanças e adaptações que irritam a clientela.



Dos 50 aos 60 : Aeronave de Carga. Preparação intensa e muito trabalho antes da decolagem. Uma vez no ar,manobra lentamente e proporciona menor conforto durante a viagem... A clientela é composta majoritariamente por malas e bagulhos diversos.



Dos 60 aos 70 : Asa Delta. Exige excelentes condições externas para alçar vôo. Dá um trabalho enorme para decolar e, depois, evita manobras bruscas para não cair antes da hora. Após a aterrissagem, desmonta e guarda o equipamento..




Dos 70 aos 80: Planador. Só voa eventualmente, e com auxílio. Repertório de manobras extremamente limitado. Uma vez no chão, precisa de ajuda até para voltar ao hangar.

Após os 80 : Modelo em escala. Só enfeite.











7 comentários:

  1. Regininha!!!!!

    Estou precisando de um Caça Militar!!!!kkkkkk
    Amei!!!!!
    Ah, seu cabelo está ótimo!!!!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Clarinha Amada
    Brigadim pelo elogio...Dá uma força aí votando,ok?
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  3. Adorei... muito bom...
    Gosto muito dos seus posts...
    Bjo grande!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada! Volte sempre...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  5. Amiga Rê,
    O seu toque na piada ficou fenomenal!!!!
    O abaixo assinado ficou muito legal . Obrigada bjos

    ResponderExcluir
  6. Vó JU
    Brigadim pela visita e "colaborações" pró Blog!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  7. Um amigo me enviou algo semelhante por e-mail...Não sei por que!
    Abraços de um "asa-delta"!

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget