Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sábado, 2 de janeiro de 2010

UM POUQUINHO DO PANAMÁ





Uma comida cheirosa, leve e saudável, que mistura ingredientes doces e salgados, temperados com especiarias de origem creóle, que chegaram ao país junto dos negros vindos do Caribe para construir o canal. Essa é a cozinha panamenha, em que não faltam arroz, castanhas, leite de coco e muita banana. Tem purê de banana, banana frita, assada, refogada, al dente ou soutée, como acompanhamento de carnes, aves e pescados. Nos restaurantes panamenhos, há desde banana recheada com carne, risoto de banana e até pamonha de banana, enrolada em palha de milho e tudo. Sempre banana verde, claro, que tem uma consistência parecida à da batata inglesa, porém, mais nutritiva e com gosto mais refinado. Afinal, banana tem vitamina, engorda e faz crescer.

Considerado pelos panamenhos como uma das maravilhas do mundo, o Canal do Panamá é uma obra de engenharia que impressiona tanto pela extensão, como pelo seu mecanismo de funcionamento. Em uma rápida visita, não se demora para descobrir porque o imenso projeto demorou dez anos para ser concluído pelos americanos.
Entre as atrações, o Panamá dispõe as águas mornas e transparentes do Mar do Caribe, paraíso dos mergulhadores, cruzeiros luxuosos e dos esportes aquáticos. As praias do Caribe têm as areias mais brancas e os resorts mais procurados do país. Portobello e Isla Grande são as mais famosas. A mais procurada para o surfe é Santa Catalina. Outra coisa são as lojas duty free e as compras. Mas sobre isso eu escrevo quando voltar. 
(Fonte: Internet/Folha On line)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget