Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 8 de junho de 2010

A MAIOR SOLIDÃO

"A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo, o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se, o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo.

Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre."
(Vinicius de Moraes)

12 comentários:

  1. Rê Amiga!
    Perdi-me com os xi-corações e... aqui estou.
    O isolamento pode ser a expressão da liberdade de cada um poder estar só e preparar as coisas para poder deixar de estar assim.
    Um xião,
    J

    ResponderExcluir
  2. Para mim, a maior solidão é ao morrer, mesmo rodeado pela família, vai ter de fazer sozinho, essa travessia.
    O resto, serão sempre opções.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Vinicius....amo ele!
    Verdadeiro poeta que me acalenta a alma..."eu sei você, não tenho porquê...."

    ResponderExcluir
  4. Era um filósofo-poeta, ou o contrário, não importa. Dizia as coisas com uma delicadeza contundente e sabia do amar e do amor. Foi generoso: amou muito e muitas. E partiu. Mas continua alimentando nosso imaginário amoroso.
    Lindo! Beijos. Até a volta.

    ResponderExcluir
  5. Vinicius tinha razão...o homem solitário é aquele que se divorciou do mundo...criou muralhas em volta das suas emoções e no fim...não sabe o que há-de fazer com a sua solidão...
    Beijo e boa semana
    Graça

    ResponderExcluir
  6. Acreditem sempre no amor.
    Não fomos feitos para a solidão...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Solidão forçada e solidão criada.
    Falou bem e este tema fará sempre parte do nosso dia a dia.
    A solidão muitas vezes é uma doença.
    Quanto mais a pessoa se fecha em si menos capacidade tem de se dar e se abrir assim como de se curar.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Rê!
    Passar pela vida sem nada, não é viver, é vegetar! Após a morte, só mesmo o céu dos inúteis, kkk!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  9. Jorge, amado!
    É verdade, amigo, que muitas e muitas vezes não estamos "preparados" para receber ou corresponder a um AMOR... só não podemos, na minha humilde opinião, ficarmos nos "preparando" até não poder mais! Tem que se fazer força para sair do "alto de sua fria e desolada torre."
    XIÃO rsrs no seu coração

    Isa, amada!
    Essa travessia nunca é sozinha (mas isso já é um outro assunto)e quanto as opções, escolhas, que cada um faça a sua e viva bem com ela!
    Beijuuss n.c.

    Isabel, amada!
    Poeta que viveu intensamente muiiiiitos AMORES e a cada vivência nos brindava com suas poesias, letras de música, tiradas especiais. Aguarde que teremos mais Vinícius "na veia" rsrs
    Beijuuss n.c.

    Ângela, amada!
    Acabei de responder prá Isabel... e tb não sei "definir" se ele era um filósofo-poeta ou o contrário rsrs Só sei que não me canso de ouví-lo e sentí-lo... e cada vez que faço novas leituras extraio... Volta rapidim, viu?
    Beijuuss n.c.

    Graça, amada!
    Eu comungo do que ele escreveu... Não consigo "viver" sem AMAR: "Eu possa me dizer do amor (que tive):
    Que não seja imortal, posto que é chama
    Mas que seja infinito enquanto dure." (V.M.)
    Beijuuss n.c.

    Manuel, amado!
    Eu creio messsmo...TÔFORA de solidão e mais ainda da tal de solidão a dois!!!
    Beijuuss n.c.

    Luis, amado!
    Quanto mais hermeticamente encasulado,mais difícil messsmo de virar borboleta e voar...
    Beijuuss n.c.

    Rike, amado!
    TÔFORA de vegetar e do céu quero partilhar com aqueles que como dizia o poeta:
    "Quem já passou por essa vida e não viveu
    Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
    Porque a vida só se dá pra quem se deu
    Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu" (V.M.)

    ResponderExcluir
  10. agora que percebi aquilo dos selinhos...amanhã respondo ao seu!;)

    ResponderExcluir
  11. Querida Rê:

    à alegria
    e envolvência dos amigos
    dou a mão.
    ao amor, carinho, ternura,
    que distância não esmorece
    dou a mão.
    Mas há momentos
    que com razão
    ou sem ela, ser humano é assim,
    não partilha seus tormentos
    e por vezes acontece
    dar a mão à solidão.

    Kandandos meus a atravessar tanto mar.

    ResponderExcluir
  12. Isabel, diva, amada!
    Então já "apercebeu-se"?????rsrsrs Preocupa em responder nauuuummm... fique a vontade...foi sou mais uma maneira de dizer que sua "mamis bloguística"rsrs não esquece nunquinha da "filhota"-DIVA que tem!
    Beijuuss n.c.

    Kimbanda,amado!
    Tá tudo muito bem explicado e sentido... Você, artista, poeta, homem fabuloso, sabe muiiito melhor que eu, como são essas coisas de ter que dar a mão à solidão e nem mesmo conseguir partilhar aquilo que nos invade... Tempo de recolhimento. O melhor é saber que vc não esmorece ao carinho, ternura, amizade e amor!
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlântico (onde sentes que tens minhas mãos)

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget