Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

QUEBRA DE ROTINA - 2º MOVIMENTO

Quando nova, sempre tive dúvidas entre orquestra sinfônica e filarmônica. Ficava numa vergonha de perguntar e demonstrar a minha ignorância, pouca cultura e ver, estampado e estupefato no rosto do entendido no assunto, aquela carinha de... Ô coitada! Ainda bem que a gente cresce e descobre sozinha, a resposta, ou melhor ainda que: “perguntar não ofende”! Vem do grego a expressão “orquestra”. Na Grécia antiga, o termo denominava o local do teatro onde o coro (khoros) executava as danças e cantava. Com o tempo, orquestra passou a significar o conjunto de vários instrumentistas que executam uma obra musical. E a partir de Wagner, ela adquiriu a conformação atual: cordas, sopros ou madeiras, metais e percussão. Afinal, há ou não diferença entre orquestra sinfônica e filarmônica? Não, não existe diferença nenhuma entre elas! Não existe diferença no repertório, número ou qualidade de instrumento. A única diferença é que a sinfônica é mantida pelo Estado, e a filarmônica, pela iniciativa privada. Foi assim que aprendi. Como escrevi ontem, muitas coisas aprendi. No tal livreto recebido, bem no final, havia uma resposta que agradei demais e partilho com vocês:
“... Isso porque se convencionou chamar filarmônica a orquestra mantida por uma sociedade de amigos admiradores da música (negrito meu), enquanto sinfônica era a orquestra mantida pelo Estado. Hoje não se pode mais fazer essa distinção seja no Brasil ou em outros países, já que ambas dependem do auxílio tanto da iniciativa privada como dos governos... Originalmente, a palavra orquestra vem da língua grega para se referir a um grupo de instrumentistas tocando juntos. Sinfônico quer dizer em harmonia e filarmônico, amigo da harmonia. Uma orquestra filarmônica é, portanto, sinfônica, pois seus músicos devem tocar em harmonia e ser capazes de executar as composições sinfônicas criadas pelos compositores de todos os períodos da música clássica, especialmente as mais complexas, a partir do século XIX.
Queremos que a nova orquestra de Minas seja de todos nós, amigos da harmonia, o que motivou a escolha do nome Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.”
Não é lindim dimaiiisss? E eu desejo todos os dias, que nós, músicos dessa gigantesca blogosfera filarmônica, possamos tocar corações e almas, sempre, sinfonicamente!

12 comentários:

  1. Por isso que gosto de ser sua amiga e seguidora!!!Cada dia aprendo um pouco...e como é bom ter conhecimento de coisas assim....
    Fim de semana com muuuita harmonia "procê"!
    Bjs Zu

    ResponderExcluir
  2. Marcelo Scheinbein4 de junho de 2010 10:22

    Oi Regina, tudo bem ? Hoje consegui acessar teu blog. Deu uma lida e gostei muito dos assuntos. Um beijão de seu amigo.

    ResponderExcluir
  3. Rê,
    vc sabia que eu estudei na Fundação Clóvis Salgado dos 14 anos até os 17? Fiz e ainda faço aulas de canto lírico, sou soprano dramático( já ouviu a Jesse Norman?) somos quase irmãs gêmeas.
    Amoooooooo música! Ma isso vc já sabe.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Temos de agradecer, muito, a todos os que fazem, cantam ou tocam porque um Mundo sem música era uma tristeza :)

    Será que os brasileiros diriam um autêntico saco? lol

    Beijinhos sonoros e musicais :)

    ResponderExcluir
  5. Não sei se no Brasil conhecem os "Coretos", ou se terão outro nome (?) Espécie de pequeno palco circular em cimento, elevado ums 2 metros do chão e com cobertura cónica.
    Idem, sobre "Romarias" (festas populares, em pequenas vilas ou aldeias) (?).
    Em miúdo deliciáva-me a ouvir as "bandas filarmónicas" nesses coretos. Toda a gente a pé em redor ouvindo ... Ainda existem, mas foi-se perdendo um pouco no tempo.
    .

    ResponderExcluir
  6. Regina.

    Não sei o que aconteceu, foi o seu e mais 04 comentários que sumiram, esse blogger tá horrivel, os seguidores que somem ou não conseguem comentar.

    Eu amei o elogio desaparecido.

    Beijo Renata

    ResponderExcluir
  7. Olá...!

    Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
    Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

    Obrigado pela tua presença...!

    Cumprimentos,

    SERGIO.

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga.

    A música tem a magia de nos fazer voar.
    Não importa como a definimos.
    O que importa são os sentimenos que nascem delas.
    Suas notas, seus sons, sua capacidade de tocar o coração.
    Fico imensamente feliz com sua amizade.

    ResponderExcluir
  9. Zu, amada!
    É sempre uma troca... Ser, se tornar amiga é um bem precioso dimaiiiisss prá mim! Tô tentando, amiga, ter um final harmonioso...Às vezes a orquestra está, toda, magicamente harmoniosa e quando menos esperamos um só elemento "descompassa"... quase ninguém percebe, só aqueles poucos que ouvidos bem treinados conseguem ouvir. Mas ela continua a tocar, e aquele que saiu do compasso, retorna magicamente, e a harmonia volta a reinar!
    Beijuuss n.c.

    Marcelo, amigo de infância, amado!
    Que delícia te ver aqui... pura emoção messssmo...sem explicação...SINFONICAMENTE HARMÔNICO! Se gostou, de verdade, volta. Vou ficar feliiiiizzzz dimaiiiissss!!!!!!
    BEIJÃO n.c.

    Fátima, amada!
    Não, não sabia messsssmo... Êita mundão pequeno esse nosso hein? Quando é que vou poder te ouvir??? Só de imaginar, minha alma arrepia... Que vc amaaaaaa música era a única parte já "sabida"rsrs
    Beijuuss n.c.

    Isa, amada!
    É vero... só SACAL tá de bom tamanho rsrs
    Beijuuss n.c.

    Rui, amado!
    Aqui em Beagá na Praça da Liberdade (linda dimaiiisss) temos um e ainda ocorre várias apresentações do jeitim que vc descreveu... Há outros tb (em outros bairros e praças) e nas cidades do interior, sempre...
    Beijuuss n.c.

    Renata, amada!
    rsrs adorar o comentário desaparecido é bão dimaiiiisss rsrs. Fico mais aliviada em saber que são coisas do blogger rsrs
    Beijuuss n.c.

    Manuel, poeta,amado!
    Melhorou um cadim???? Se veio me honrar com sua visita, imagino que sim. Mas continua a tomar os dois tipos de chás que essa amiga "receitou"...só não sei dizer qual deles faz efeito mais rapidim rsrs isso vc me conta depois.
    Beijuuss n.c.

    Sérgio, amado!
    Um ano! P-A-R-A-B-É-N-S e vida muiiiiito longa a EL PUENTE... cumprindo sempre essa missão: unir um ponto a outro, pessoas, almas e corações!
    Beijuuss n.c.

    Aluisio,poeta, professor, amado!
    Para variar, tem toda razão... Aliás sempre digo isso: em qualquer manifestação artística o que importa é quando nos toca a alma e o coração! Fiquei feliiizzz dimaiiiisss com sua visita!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  10. Ah, é lindim demais sim!

    Moça, lembra que vc me ofereceu um selo, e eu por pura ignorância, falta de traquejo em lidar aqui, acabei nem pegando? Pois é, giramundo e aqui estou eu, pedindo pra ir lá na minha pgina buscar um MEME, que nem sei o que é direito...rsrs...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Pétala, amada!
    OBRIAGADA, minha linda e mimo, meme (tb sei nauuummm)não recuso nauuuuummm!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget