Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

domingo, 27 de junho de 2010

SÓ CORAÇÃO: DEZESSEIS ANOS DE SO-COR

 
 
Hoje meu coração está de luto. Último dia -de tantos outros - de muitas noites, madrugadas, sábados, domingos e feriados onde aprendi, para além das quatro paredes de um consultório, que a vida é nosso bem mais precioso! Local onde um sonho concretizei... Ouvi muito mais que sinais e sintomas cifrados em corpos. Decifrei histórias, juntei pedaços, muitas vezes cacos, e construção outra, de mãos dadas e almas atadas, foi possível de se fazer. Fui nomeada doutora, dita louca, mas também chamada de anjo. Comprei brigas, batalhas enfrentei e até inimigos arrumei. Nessa guerra tive aliados, não tantos quanto imaginei... Mas desses, AMIGOS se tornaram! Ali, minha missão - quase impossível - se fez possibilidade, provando que do improvável somos capazes de provar e aprovar.
Sonho novo e de novo... Vou em busca de realizar, seja o tempo que demandar. Lá ,deixo um tanto do meu coração e carrego nele minha, eterna, GRATIDÃO. HOJE, SOU SÓ CORAÇÃO: UM JEITO ESPECIAL DE CUIDAR DA SUA SAÚDE!  (Regina Rozenbaum)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget