Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 10 de junho de 2010

PROCURA-SE UM AMIGO

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor.. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.

Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.

Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive. (Vinicius de Moraes)

14 comentários:

  1. Adoro Vinicius de Moraes :)

    Amiga, aproveito para responder à tua pergunta sobre o 10 de Junho que em Portugal é feriado por ser o:
    Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

    Beijinho Grande

    ResponderExcluir
  2. Rê Amiga,
    Texto único, com mérito, com... assinatura de um coração enorme e sensível. Revejo-me nele e... sou teu amigo.
    Um xião.
    J

    ResponderExcluir
  3. Rê querida amiga:
    Um amigo que olhe pela janela e espreite a Lua Cheia e não vê coelho mas sim gato. Que não tem relógio para não perceber que as madrugadas são dia nas noites solitárias, pintadas do colorido dos silêncios que respeitam o que as palavras não preenchem, só os os olhos nos olhos.
    E nos recantos do coração aqueles onde guardamos os sentimentos mais puros e com os quais não sabemos lidar pela imperfeição humana, se reflecte a ajuda do ombro de suporte que gostaríamos sempre presente, mas que a realidade pura dura nem sempre permite e melhor seria não conseguir rotular, para não parecer o que não é.
    Como gostava a cada passo de sentir que por tudo o que não se diz mas se sente, vale a pena viver!
    Querida e amada Rê, recebe o meu kandando apertadinho e amigo, com o carinho que as àguas imensas deste oceano Atlântico que separa continentes não é fronteira capaz de dissipar!

    ResponderExcluir
  4. Minha amada,
    falou em precisar de um amigo...vim correndo!!!
    Veja se preencho os requisitos.
    De qualquer jeito,
    mesmo "nem tão perfeita assim" ;))
    SOU SUA AMIGA e AMO TÊ-LA COMO MINHA AMIGA!

    Ah...publiquei o MEME que meu deu...
    na verdade foi um MEME - DESABAFO
    ( inovei!!!)
    ;))
    e tem muito a ver com a amizade!
    Beijos no seu coração, pessoa linda!

    ResponderExcluir
  5. Esse texto é maravilhoso...
    Pena que amigos assim não existem mais...
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto!
    Que bom misturar meu amor no amor do outro em amizade e aceitação.
    Um gde abraço, em divina amizade,
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  7. Amadaaaaaaaaa!!

    Sempre precisamos de amigos, difícil é encontrar os sinceros! Mas existem!

    Beijos
    Lia

    ResponderExcluir
  8. Regina...eu não procuro.

    ANSEEEEIO por amizades. Por um, dois...quatro...que lote a mesa, não importa, sento no chão se forem verdadeiros! Desses como descrevem Vinícius. Ontem, conversando com uma amiga, destaquei que antigamente, (é...antigamente é cruel...rs..)a turma de amigos, da escola mesmo, até o colégio (hoje ensino médio) era composta por mais de 2 dezenas de pessoas...35...40 ou mais. As domingueiras, ou mingaus, como eram chamados os bailes em clubes, para os menores, lotavam com a turma. Hoje...são mini grupos...no maximo 6...7 integrantes, quando muito...as vezes até 8..9, mas aí não há uma coesão ja de efeito.
    Porque digo isso...porque a amizade está ha muito se extinguindo....e se os jovens de hoje já estão assim....o que será logo mais? Com o advento do recem chegado 3d, que já começou até a ser usado de forma terapeutica...logo mais podera ser uma forma de contato...e é bem provavel que veremos comunicação holográfica... e a que ficarão reduzidas as relações humanas? a pixels...bites...fotons...? porque do jeito que vai...nem para procriação haverá mais contato!
    Parece ficção cientifica...mas, em 1980, não imaginavamos comunicarmos por telefone movel e tudo mais...gps...e não passou tanto tempo assim...

    Regina, pode ser que seja "de modê" mas...
    voce quer ser minha amiga?
    gravo em pedra e ponho no blog como um estatuto o texto do vinicius.
    Porque tudo que eu quero é continuar sendo a minha espécie: humano.
    Isso só me é possivel junto de meus iguais.
    um beijo humano, amigo e com carinho pra voce.
    e um abraço afetuoso.
    julio

    ResponderExcluir
  9. Belíssimo!

    Um abração prá você.

    Cid@

    ResponderExcluir
  10. Isa, amada!
    Brigadim pela resposta e por diminuir um cadim a minha ignorância rsrs Fui lá e li também! Valeu.
    Beijuuss n.c.

    Jorge, amigo, amado!
    Esse poeta tinha coração enoooooorme mesmo. E saiba, que mesmo distante, sinto-o como um amigo!!!
    Xião rsrs procê

    Fátima, amada!
    OBRIAGADA, moça que me ensina a "afinar meus instrumentos"!!!!
    Beijuuss n.c.

    Kimbanda, amado!
    Na lua cheia não tem mais coelhos...há muito, só gato (mesmo sabendo que só gosto do de duas pernas rsrs)Palavras, mesmo desses poetas maravilhosos, não traduzem o que sentimos em nossos corações... a palavra sempre escapa... só sensação. Tenha certeza que recebi e senti esse kandando apertadim, desse amigo que mora no meu coração! Mesmo com essa imensidão do Atlântico a separar, esse Kimbanda é amigo que "guardo do lado esquerdo do peito"!
    Beijuuss n.c. do lado de cá do Atlãntico

    Izabel, amiga iluminada, amada!
    Já fui lá e como sempre, aprendi... Os requisitos foram todinhos muiiiiiito mais que preenchidos... você sente!
    Beijuuss n.c.

    Sandra, poetisa que engorda minha alma, amada!
    Tenho que descordar hoje de você... Não são muitos (talvez nem dê prá completar uma única mão)mas posso lhe assegurar: sou abençoada por "ter" amigos assim!!!
    Beijuuss n.c.

    Eiii Sônia!!! Seja muito bem vinda ao nosso Divã e já chega fazendo parte desse AMOR que também tem nome de AMIZADE. Volte quando quiser, terá sempre um lugar reservado procê!
    Beijuuss n.c.

    Lia, moça linda de viverrr, amada!
    É verdade... mas, ainda bem que acredita, como eu, que eles existem!!!!
    Beijuuss n.c.

    Júlio C. amado!
    Pensei que já fosse rsrs Realmente sou tão DEMODÊ quanto vc: não abro mão dos meus amigos, que não são quantidade, são poucos e de uma qualidade que nem tem prazo de validade (uma média de 30 anos juntos!!!!) Não precisamos nos falar diariamente, muito menos nos ver, mas sempre fazemos isso face to face e tudo flui como se tivéssemos nos falado ou encontrado no dia anterior. Gosto e venho aprendendo muiiiiiito com essas modernidades todas, mas como já escrevi em postagens variadas, não abro mão do contato real... do olho no olho, do tato, olfato, audição e paladar!!!!
    Beijuuss n.c.

    Cida, amada!
    É lindo messssmo!!!!
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  11. Gostei de ler. Voltarei outra e outra vez.
    Gosto do teu nome.

    ResponderExcluir
  12. Luiz Filipe, seja muiiiiito bem-vindo ao Divã!
    Gostou mesmo? Então volte, volte, quantas vezes quiser... será, sempre, acolhido com enorme carinho. Gosta do meu nome???? Como assim???rsrs
    Vou esperar sua volta e maiores "explicações"rsrs
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  13. Oi Regina, sim sim...já 'eramos', mas quis apenas oficializar!rs...
    O que é realmente um tanto triste (veja bem...), até frustrante, é não poder ao final do dia encontrar algum dos amigos que tenho pelo blogger, pela distancia que estão. A isso, cabe meu telencefalo em adequar desenvolvimento frente a essa nova face da realidade, nesse formato de relações e emoções.
    O que poderá ser no futuro? um imagem holografica teleprojetada ao centro da sala?
    e assim...vamos tendo que nos adaptar aos novos estimulos (e provocações), como desde que o homem desceu das arvores e passou a andar ereto.
    beijuuuss n.c., querida.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget