Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

BRINQUEDOS: PARA CADA IDADE UMA NECESSIDADE DIFERENTE



Dia das Crianças já passou, mas como o Natal já ta pertinho e respondendo a alguns pedidos sugeridos a mim, dedico esse post às tias, dindinhas e afins que estão sempre de prontidão, na retaguarda das mamães!
Brincar é importante e necessário. O brinquedo é um instrumento que contribui para a descoberta do universo que cerca toda criança, ajudando a desenvolver sua criatividade e capacidade de percepção. Assim, a escolha de um brinquedo exige alguns cuidados e deve levar em consideração o gosto, o interesse, a habilidade e a limitação da criança. Não compre por impulso. Nem sempre os produtos “da moda” são os mais adequados. Sempre que possível, deixe que a criança participe da seleção e compra do brinquedo.
A escolha mais adequada: Conforme a idade, a criança vivencia um universo e sonhos distintos. Assim, o ideal é optar por um brinquedo que seja mais adequado ao seu desenvolvimento. Aqueles mais educativos, capazes de estimular a coordenação motora, a inteligência, a afetividade e a socialização devem ser o da sua preferência.
Até os 09 meses – é a fase em que as crianças vão, pouco a pouco, descobrindo a cor, o som e a forma das coisas. Os brinquedos devem ser leves, resistentes, sem quinas ou pontas, antialérgicos, ter sons agradáveis e não soltar tinta.
Dos 09 aos 12 meses – as crianças que engatinham gostam de pegar tudo que vêem. Aproveite essa fase para que elas conheçam materiais, oferecendo objetos de tecido, borracha, plástico, madeira, etc.
01 ano – as habilidades manuais e corporais devem ser desenvolvidas. Pode-se dar às crianças brinquedos de encaixe, abre-fecha, de empurrar ou que estimulem a coordenação motora das mãos: pegar, apertar, arremessar, etc.
02 anos – aproveite as habilidades manuais já desenvolvidas e a curiosidade própria dessa fase para oferecer brinquedos que possibilitem múltiplas combinações (jogos com peças de montar). Peças muito pequenas que podem ser engolidas ou aspiradas, JAMAIS!
Continua...

2 comentários:

  1. To doida pra chegar na minha faixa etária...tenho várias sugestãs....rsss
    bjins
    eidia

    ResponderExcluir
  2. Sabe que é uma ótima? Todos deveríamos continuar a brincar sempre...Vou precisar pesquisar com os amigos.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget