Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

FORÇA ESTRANHA


Existe uma máxima popular que diz “política, futebol e religião não se discute”. Não é à toa que ela saiu do povo... Não existe nada mais fundamentado que as experiências nossas de cada dia. Todo mundo tem seu próprio modo de lidar com as questões fundamentais da vida. Como chegamos aqui, pra começo de conversa? Qual é o relacionamento humano com a natureza? Essas questões me intrigam já faz tempo e para as quais estou tentando descobrir as respostas que também, já faz tempo.                                 



Sei que poderíamos explicar parte disso em termos científicos, mas eu não acho que essa resposta seja completa. Creio estar claro que alguma força superior existe. Não importa como chamá-la, mas é algo poderoso que, eu, chamo de D’US. A presença desse poder se fez clara, tranqüila e de forma definitiva, quando fiquei grávida há 22 anos atrás. Quando André foi colocado em mim, ainda na sala do parto, chorei por sentir um milagre que nenhuma
aula de biologia, anatomia ou mesmo os rituais religiosos deram, até então, conta de explicar. É mágico... De uma magia que quem é mãe, sabe do que estou falando. Desde então, passei a enxergar essa força superior no colorido perfeito das flores dos campos, cantos dos pássaros, som de rios e cachoeiras, amanhecer de um novo dia. Não importa qual a religião que você foi criado. Importa descobrir o que é divino, santo ou sagrado para você. Dedique-se a ele, cultue-o ao seu próprio modo e depois me conta se não existe essa força. Caetano lá nos anos 70 compôs FORÇA ESTRANHA:
“Por isso uma força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz tamanha”.

6 comentários:

  1. Fotos fantásticas...E como vc sempre disse, fé não tem nada haver com religião. Com certeza quando me tornei pai,repensei muitas coisas. Bjs nocê minha Rainha
    Freddy

    ResponderExcluir
  2. A primeira foto é de um óvulo emcima da cabeça de um alfinete, a segunda são espermatozóides tentando fecundar um óvulo e a última um embrião de 06 dias tentando se acomodar nas paredes do ventre... Mágica Divina! Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  3. Ré querida,

    Lindo demais! Adorei as fotos! O texto, nem se fala...

    Parabéns por escrever com tanta emoção, sou sua fã!

    Sinto, como você, essa "força estranha" sutil e ao mesmo tempo, avassaladora, ela só pode ser DEUS!

    E não é à tôa que chamam a NATUREZA de MÃE, só agora consigo entender...

    Mil beijos nc,
    KARLINHA.

    ResponderExcluir
  4. Karlinha Amada e tem gente que não crê no PAI! Pode? Quanto ao fã clube...é chumbo trocado desde quando vc era meu bebê Jonhson!rsrsrs
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  5. re, adorei o texto, assim como tudo que voce escreve, sente, fala, diz no pe do ouvido. Amo voce sempre...
    Depois agente se fala pessoalmente em Sta,ta?
    Beijos
    syl

    ResponderExcluir
  6. Syl, amada,obrigada!!! Tenho me esforçado... apesar da surra que levo, diariamente,dessa tal modernidade rsrsrs.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget