Não importa onde estamos, numa mesa de bar ou no divã do analista, nossa mente nunca para e nossos medos e desejos nunca nos abandonam. Nem por um instante nos separamos do que realmente somos e, por mais difícil que seja, não controlamos cem por cento nossas atitudes. Se Freud, após 40 anos de estudo da mente humana, continuou com várias dúvidas sobre o ser humano, quem sou eu ou você para julgar as “crises histéricas” da melhor amiga? Só Freud explica!?!
Coisas simples que todos vivemos,pensamos,sentimos e nem sempre conseguimos partilhar. Assuntos, temas, extraídos da minha experiência clínica e do meu cotidiano. Em alguns você pensará: tô fora... Em outros: tô dentro...

quinta-feira, 8 de julho de 2010

ROUBO DE CORAÇÃO


Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa.
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado.
Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.
Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança.
É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.
Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.
Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.
...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.
Uma metade de alguém que será guiada por nós e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria. Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que? Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.
Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.
... e é assim que se rouba um coração, fácil não?
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade, a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples... é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você. (Luís Fernando Veríssimo)

9 comentários:

  1. Lindo demais! Não conhecia esse.Conheço pessoas que nunca mais amaram alguém,parece que aquele amor separado muitas vezes por morte fisica,os alimentaram imaculados pra o resto de suas vidas.Acredito sim que um amor pode ser construido aos poucos conhecendo um ao outro no decorrer do tempo quando as máscaras caem e pode-se escolher se aceitam aqueles defeitos ou não.Agora a paixão é diferente ,tudo é mais imediato,ninguém vê nada, só sente o coração que dispara,é imediatista,as vezes se transforma em amor sim,na maioria das vezes vai rápido do jeito que veio,mas, mexe a estrutura.
    Bem...Não sou a pessoa mais indicada pra falar disso não. Só sei que adorei! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo Rê!
    Me fez lembrar da música:

    Ninguém Dá O Que Não Tem
    (não conheço o compositor)

    Sim, eu sei
    Ninguém dá o que não tem pra dar
    Mas e amor com amor alguém tem que pagar
    É você que está me devendo
    Porque não quer dar
    Ou porque nunca me dá nada
    E recebe tanto bem

    Sim, eu sei
    Quem espera também alcança
    Mas espera também cansa
    Estou cansado de esperar
    Mau amor é como um pobre
    Luta tanto pra viver
    Quando nasce, não se cria
    E se cria, é pra morrer

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Não sei como ainda não fui preso por roubar corações... Sério... Cuidado viu... kkkkkkkkkkkkk...

    Excelente post linda...

    Bjuxxx no coração...

    ResponderExcluir
  4. A cartilha do amor e roubar corações não será de todo impossível.
    Por vezes basta uma faísca do olhar.
    Com jeito vai... e com o tempo se cura...
    Difícil é roubar corações sem lhes retribuir amor.Andam por aí muitas libelinhas poisando de flor em flor.....
    O primeiro passo será a amizade e o conhecimento.
    Mais tarde surge o amor e o entendimento, o respeito e o querer mais do que a si próprio.
    Que faria se pudesse roubar corações...???

    ResponderExcluir
  5. Alguns roubam só um pedacinho, outros a metade. Vou confessar: meu filho roubou o meu inteirinho e hoje vejo e sinto o mundo através dele. Você sabe do que estou falando... As pessoas que eu amo também são amadas por ele, e as que me amam o amam também. Se não for assim...
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. "Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso,"

    A linguagem do coração é universal, só é preciso sensibilidade para entendê-la .

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Não sei se concorde de todo com esse brilhante escritor, porque nem sempre é preciso tempo para se roubar um coração, dependendo da abertura ou não desse mesmo coração face a qualquer tentativa de roubo. Por vezes estamos tão expostos, que rapidamente nos deixamos levar com consequências por vezes irremediáveis. O coração e todos os seus meandros dificilmente se deixam alienar a regras. Daí também o seu encanto, escondido em cada segredo, na sua maneira irreverente e intempestiva de responder, que nada tem a ver com o calculado e prevísivel acto-reflexo. Tudo de bom, amiga.

    ResponderExcluir
  8. Rê, amada!!

    Lindo texto!
    Ah! O amor! Nos prende sem correntes e nos faz voar sem asas!

    Ando sumida, amiga...um tantinho desanimada devido a uma pequena cirurgia. Imagine só, quebrei um dente comendo amendoim!!! Que saco viu? Por sorte não perdi o dente, mas incomodou bastante e qualquer procedimento odontológico é tão traumático não acha?

    Não te esqueci NÃO!!!
    Como poderia esquecer uma pessoa tão especial como você? NUNCA!

    Eu vou... mas volto! Sempre!

    Beijos e abraços carinhosos pra você, querida Regina!

    Lia♥

    ResponderExcluir
  9. Elaine,amada!
    Não é a pessoa mais indicada para falar sobre isso??? Quem é (se é que há)especialista??? Somos todos nós, seres viventes que nos apaixonamos, amamos e vamos aprendendo com o nosso coração e alma!
    Beijuuss n.c.

    Fatinha, amada!
    Como sempre você afinando com sua sabedoria musical, entre tantas, as postagens.
    Beijuuss n.c.

    Carlos, mininu-poeta, amado!
    Levado você hein??? Olha que qulquer dia você será perpetuamente "preso"...por um lindo coração. E vai voar mais ainda!
    Beijuuss n.c.

    Luis, amado!
    Se tivéssemos uma cartilha do amor, nessa não queria aprender... Não adianta messsmo: "amar se aprende AMANDO".
    Beijuuss n.c.

    Ângela, iluminada, amada!
    Pedaço, pedacinho, pedação...Ainda bem que nosso core é bem grandão rsrs. Será que com aqueles pedidos que ele me fez já sente que o amo tanto quanto a mamis dele? Achei o máximo!
    Beijuuss n.c.

    Manuel, poeta, amado!
    Não é a toa que nem precisamos falar a mesma língua, quando se trata de AMOR VERDADEIRO. Só sentir...
    Beijuuss n.c.

    Miguelito, duplo anjo, amado!
    Na realidade, gosto do jeito sapeca, maroto, irreverente que L.F.Veríssimo trata a questão. Talvez por "conhecê-lo" um cadim sei que ele está, de fato, nos dizendo que não há "fórmulas" para o AMOR. Adorei sua visita.
    Beijuuss n.c.

    Lia, moça linda de viverrr, amada!
    Espero que esteja, agora, tudo bem com vc. É assim, amiga, depois de uma "certa" idade dormimos de um jeito e acordamos de outro rsrs
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir

Passou por aqui? Deixa um recado. É tão bom saber se gostou, ou não...o que pensa, o que vc lembra...enfim, sua contribuição!

Ocorreu um erro neste gadget